segunda-feira, 23 de setembro de 2019

A novidade na praça dá conta da união da reaproximação de Luciano Cartaxo e Ricardo Coutinho para a sucessão municipal na Capital; "

Resultado de imagem para luciano cartaxo e ricardo coutinho
A novidade trazida ao meio-fio pelo comunicador Fabiano Gomes, neste domingo (22), dá conta da reaproximação entre o ex-governador Ricardo Coutinho (PSB) e o prefeito Luciano Cartaxo (PV) com possível aliança já para a sucessão municipal na capital. Ele revela que os detalhes do acordo está sendo firmado entre as duas partes e demonstra que o prefeito aguarda apenas os desdobramentos da Operação Calvário para agir. 
"Confirmando a possibilidade de Ricardo Coutinho ser eleito, o atual prefeito da capital embarca de mala e cuia", anuncia o comunicador revelando que nomes importantes da política municipal já estão de olho nessa iminente união. Por isso, Luciano não esboça nesse momento muita "preocupação" com sua sucessão. 
Segundo a fonte que passou a informação ao 'Gordinho' a proposta seria Luciano indicar sua concunhada Edilma Ferreira, atual secretária municipal da Educação, como vice na chapa encabeçada por Ricardo Coutinho para a Prefeitura. Prevê, ainda, que um ano depois, Ricardo deixe a Prefeitura com o grupo Cartaxo e sai para disputar o Governo contra João Azevedo, tendo o próprio Luciano como candidato a senador e a vaga de vice-governador aberta para indicação de Cássio ou Maranhão.

Compra de perfumes importados, cada um ao custo de R$ 529,00, pela prefeitura de São João do Tigre através do Fundo Municipal de Saúde escandaliza o Cariri

A cidade de São João do Tigre, localizada no cariri da Paraíba, tem sido, nos últimos anos, capa de manchetes de jornais da paraíba e até mesmo no cenário nacional pela falta de transparência na gestão municipal. O município é administrado atualmente pelo prefeito Celio Barbosa (PSB), que enfrenta na justiça uma série de processos.
A nossa reportagem recebeu uma denúncia grave e bastante inusitada na manhã desta segunda-feira (23). Trata-se de uma compra indevida e uso do dinheiro público para fins pessoais, onde se utilizaram de recursos do Fundo Municipal de Saúde do município de São João do Tigre para comprar perfumes importados para o uso pessoal.
A compra foi efetuada em uma farmácia na cidade de Campina Grande. Ainda de acordo com a denúncia, os documentos comprovam a veracidade dos fatos praticado e, segundo informações exclusivas, a Justiça deverá pedir imagens das câmeras de segurança do estabelecimento para identificar o autor da ação.
No comprovante que a redação obteve acesso com exclusividade, a compra ultrapassou mais de mil reais. Cada perfume comprado com o dinheiro do fundo municipal de saúde custou mais de 520,00 R$, somando um total de 1.058,48 R$. Como se não bastasse a ousadia, o próprio comprovante diz que o consumidor tem o CNPJ: 09.074.592/0001-60 e o comprador é o Fundo Municipal de Saúde de São João do Tigre, com endereço na Rua João Francisco Tutu, centro da cidade.
A situação do atual gestor do município deve se complicar ainda mais, já que o mesmo foi condenado, há poucos dias, às penas do artigo 12, III, da Lei de Improbidade Administrativa, podendo perder o mandato a qualquer momento.
Para se ter uma ideia da situação que encontra-se a saúde do município, a população quando precisa fazer um exame médico tem que realizar bingos para arrecadar dinheiro justamente porque a gestão nega a falta de recursos.
Enquanto falta medicamentos nas unidades de saúde do município, sobra dinheiro para praticar atos absurdos com a administração pública municipal. Dentre os fatos que justificam a prática abusiva, parece que o discurso de honestidade da gestão do prefeito Celio em São João do Tigre foi trocado por farra com o dinheiro público.
A pergunta que não quer calar na cidade: Quem comprou? Vejam com exclusividade as provas do crime. (Fonte: Blog Anderson Soares)