segunda-feira, 21 de outubro de 2019

Comandante da 3ª Cia/Piancó rebate vereadores que pedem sua saída por causa de blitzes: "A Polícia Militar não é pau mandado, acabou o 'coronelismo'. Todos tem de cumprir a lei".

Resultado de imagem para Capitão C. Lima comandante da PM em Piancó
Chega ao Blog informação de um quiproquó danado lá no município de Piancó, que tá rendendo com a crise envolvendo vereadores de oposição (ligados a setores do governo) e o comando da 3ª Cia da Polícia Militar por conta da realização de blitzes determinadas pelo Comando Geral e o 13º Batalhão, sediado em Itaporanga, mas que os edis veem como perseguição à mando do prefeito Daniel Galdino. Justificativa tanto sem nexo. Vereador Pedro Aureliano diz que enviou ofício ao CG pedindo a saída do Capitão Ismael Cunha Lima (foto), comandante da 3ª Cia de Piancó. 
Blitzes estão acontecendo em todas as regiões do Estado com fiscalização de veículos para prevenir assaltos à agências de bancos e correios. Em Piancó motos foram apreendidas por irregularidades encontradas como estar atrasadas ou sem placas. Quando ouviu áudio do vereador Pedro, o Oficial da Briosa se viu no dever de esclarecer que cumpre a lei e determinação dos comandos e pontua que o vereador tenta "coagir" e "intimidar" a PM porque está com um carro atrasado e moto sem placa. 
Sobre ingerência política (do prefeito) nas ações da polícia, o capitão diz que é "pura mentira desse vereador, não conheço no Brasil aonde prefeito mande em Polícia Militar" e questiona a atuação dos vereadores de oposição: "Ao invés de ir atrás disso, deveriam buscar saber se a violência em Piancó aumentou ou diminuiu? Como tá taxa de homicídios? A questão das drogas? Roubos? Furtos? Piancó hoje é uma cidade mais segura, mais pacata e tem ordem", pontua o comandante. 
"Não vamos baixar a cabeça até porque não somos pau mandado. E todo mundo tem de cumprir a lei, inclusive, ele (vereador) que andava falando e escondeu a moto que circulava sem placa, assim que começou as operações. O problema é que algumas pessoas acham que a política, enquanto vereador e prefeito, tem interferência na Polícia Militar, como no caso do vereador Pedro que tenta coagir e intimidar a polícia em seu trabalho no dia a dia, verificando quem anda armando na cidade...", discorreu o capitão.
O comandante fez questão de afirmar que a lei será cumprida em Piancó: "Vivo do meu trabalho e da minha família, não de política. Agora a lei vai ser cumprida, não adianta o vereador tá fazendo ofício ao comando pedindo minha saída de Piancó. A preocupação do vereador é porque ele andava numa moto sem placa, pra cima e pra baixo, e agora não vai andar mais. Ele quer descumprir a lei e a polícia não vai permitir ele descumprir a lei. Não existe mais coronelismo nos tempos atuais". 
Capitão C. Lima sai em defesa da Briosa e efetivo de Piancó: "A Polícia Militar não é mais pau mandado de político como o senhor (vereador) que quer intimidar e menosprezar policiais da cidade. A pessoa do Comando Geral é honesta, honrosa, que está junto do seu policial em qualquer momento desde que este esteja cumprindo a lei. Vamos continuar combatendo a criminalidade e a população tem aprovado o trabalho da polícia em Piancó", disse. 
O comandante falou ainda sobre a total desorganização da eleição do Conselho Tutelar e que mesmo com apenas quatro policiais conseguiu dar conta da situação. O Capitão C. Lima é conhecido por onde atuou pela bravura, um militar linha dura, ostensivo, que faz cumprir tudo dentro da lei e de não atender a nenhum político independente de cores partidárias. 
Sobre a atuação dos vereadores de oposição em Piancó ele pontua como "covarde" e "traiçoeira": "O vereador Hermógenes, por exemplo, vai à João Pessoa para audiência em prol da implantação da UEPB em Piancó e lá se cala, se acovardou; o vereador Cícero de Zé Rico, que votou no deputado Taciano, sequer engrossou a comitiva piancoense nessa luta; a vereadora Cristiane não tocou na ausência (durante a audiência) da deputada Estela (em quem ela votou) um instante sequer, seja na imprensa local ou paraibana, ou mesmo na tribuna da câmara; enfim, os vereadores de oposição em Piancó fazem denúncia, perseguem servidores...mas, na hora agá se fazem de bons moços...se acovardam e se escondem", disse o comandante.

domingo, 20 de outubro de 2019

“É importante termos um espaço que nos orgulha e aumenta a nossa autoestima”, diz João na entrega da reforma do Santa Catarina

O governador João Azevêdo entregou, neste sábado (19), no município de Cabedelo, a reforma e ampliação do Teatro Santa Catarina, nas quais foram investidos aproximadamente R$ 5 milhões – 80% destes recursos foram aplicados este ano, com a realização da maior parte dos serviços. O equipamento cultural que volta ao circuito produtivo do Estado passou pela primeira grande intervenção desde a sua fundação, em 1987.  O local ganhou mais conforto e teve sua estrutura inicial parcialmente mantida.
A solenidade foi marcada pela encenação do espetáculo ‘Alegria de náufragos’, do grupo Ser Tão Teatro, pela apresentação do grupo Tambores do Forte e por uma homenagem ao grupo de Teatro Experimental de Cabedelo (Teca), criado no final da década de 1970 e principal responsável pela reivindicação da construção do espaço (que foi construído na década de 1980).
Na ocasião, o chefe do Executivo estadual ressaltou a simbologia da obra para o fortalecimento da cultura de Cabedelo. “É uma imensa alegria estar aqui. Cabedelo sempre teve um movimento cultural muito forte e é importante termos um espaço que nos orgulha e aumenta a nossa autoestima. Além disso, esse será um ambiente de formação que será utilizado para oficinas que serão ministradas o tempo todo, o que é essencial para a consolidação das atividades culturais”, frisou.

Após ataque de Eduardo Bolsonaro, Julian diz que já aguentou muita ‘molecagem’ e não será ‘humilhado’

O deputado federal Julian Lemos se pronunciou na tarde deste sábado (19) após ataque do deputado federal Eduardo Bolsonaro, ontem. Eduardo postou uma montagem de Julian em uma privada, e apagou a publicação horas depois. Aparentemente, Julian não gostou. O paraibano disse que já aguentou ‘muita molecagem’ e ‘engoliu muito sapo’.
 “Já aguentei muita molecagem, já “engoli muito sapo” Já ignorei usuários de Diazepan que se escondem atrás de redes sociais, não tenho nada haver com problemas familiares dos outros, mas quem fizer sofrer a minha pagará caro por isso, nem que isso custe minha vida”, postou.
 Ele disse ainda que  ‘não serei usado ou humilhado por “reizinhos” que nada sabem sobre a vida, não me relaciono com moleques, também não me intimido com covardes’. Veja, abaixo, a postagem na íntegra de Julian Lemos...
A seguir, a postagem feita por Eduardo Bolsonaro informando que na reunião com o presidente Bolsonaro, para decidir a destituição do líder delegado Waldir, o deputado paraibano teria pedido pra ir "cagar" e não voltou mais...

sábado, 19 de outubro de 2019

Eleição 2020 em Itaporanga: Com Izabelle certa de ir garantir reeleição no Avante, Taciano e Divaldo reúne vereadores pra ver quem fica no DEM e isolam Neném de Adailton que anunciou rompimento ao lançar nome pra prefeito...

Duvan, Hélio, Dean, Fábio, Damião, Jucivan, Divaldo, Taciano e Judivan...
As articulações entre os vereadores da "base" em Itaporanga, no Vale do Piancó, começam a tomar corpo com vistas às eleições do próximo ano. Cada qual querendo assegurar melhor time para tentar manter-se na câmara, a partir de 2021. A expectativa de 2020 é para eleição de ao menos 7 novatos e quem tem que garantir time pra tentar salvar a metade dessa turma é o prefeito Divaldo e o deputado Taciano, líderes da base.
Toda eleição a base do momento é quem perde. Um dos vereadores já tinha nos confidenciado a estratégia: "O deputado prometeu arrumar candidatos pequenos e dividir agente entre o Avante e o DEM". Até agora, tudo que nos chegou acaba sendo verdade. Aí vai ter aqueles que dizem que é mentira, blá blá blá... e no final acaba se concretizando.
Um dos casos já assegurados, mas ainda tratado com cuidado (e nos bastidores) pra não amedrontar os pré-candidatos do Avante, que servem apenas de escada, diz respeito a montagem do grupo pra assegurar a reeleição da vereador Izabelle Mendes (ligada ao ex-prefeito Djaci), pra sacramentar a adesão desse esquema. A decisão já foi tomada e em março do ano que vem será revelada. "Alguns deles (pré-candidatos pequenos) já sabem disso (filiação de Izabelle). Agora, falta arrumar (gente) pra servir de escada no DEM", disse.
O outro caso foi demonstrado na tarde de hoje (19) durante uma reunião do prefeito e do deputado com cinco vereadores: Duvan, Dean Caetano, Hélio do Bar, Jucivan e Judiva, além dos secretários Fábio Galdino (Chefe de Gabinete) e Damião Neves (Ouvidoria). O intuito foi acerta os ponteiros pra o evento de filiação do prefeito ao DEM, quando todos devem estar lá. Mas, a reunião também serviu pra ser mandado um recado ao vereador Neném de Adailto, de que sua pretensão de ser candidato a prefeito não tem credibilidade suficiente para assegurar o bloco de vereadores unidos.
 Na última quinta-feira (17), durante sessão da câmara, Neném anunciou rompimento com o deputado e lançou sua pré-candidatura dizendo que esta seria "independente da decisão do prefeito (em ser ou não)". O recado foi passado. O prefeito e o deputado falam que todos aí estão unidos, logicamente, neste caso não estão com Neném. Quem diz é o prefeito e o deputado. Vamos aguardar quantos destes vereadores vão se filiar ao DEM, o que vai acontecer somente em março.
Se Neném vai ser candidato aí ele mesmo é que pode concretizar, só não pode querer continuar sendo candidato e agradando o prefeito. Se é pra romper que seja definitivo, um meio termo acaba não tendo credibilidade perante a opinião pública. A candidatura de Neném é por demais salutar pra democracia, mas com a movimentação de hoje ele pode contar com quem? Se ele acaba dando uma guinada em tudo isso e se aliar a um outro grupo a população vai aplaudir e aprovar. Pode apostar!
 
A vereador Izabelle (primeira foto) aguardada pra ir pro Avante, que está sendo montado pra garantir sua reeleição. "Alguns deles (pré-candidatos pequenos) já sabem disso (filiação de Izabelle), eles só servem pra ser bucha de canhão. Agora, falta arrumar (gente) pra servir de escada no DEM", nos confidenciou a fonte.... 

Casamento da neta do ex-prefeito Will, Jéssica e Ítalo movimenta sociedade e classe política de cidades sertanejas em João Pessoa...

Uma festa simplesmente perfeita marcou o casamento dos jovens Jéssica e Ítalo, na noite desta sexta-feira (18), em João Pessoa, momento que movimentou a sociedade sertaneja na Capital Paraibana, reunindo empresários e políticos das cidades de Itaporanga e Patos.
Filha de Domingos Sávio e Amanda, Jéssica é neta do ex-prefeito itaporanguense Will Rodrigues (por dois mandatos), sempre ao lado da esposa a elegantíssima ex-primeira-dama dona Marisa Procópio, comandando o Clã Rodrigues.
Já Ítalo é filho do casal de empresários patoense Paiva e Glória, que levou muita gente da "Morada do Sol' para conferir o enlace matrimonial de seu rebento na Capital. Depois de trocarem alianças, no altar, os dois receberam seus familiares e convidados de prestígio numa celebração em alto estilo.
A recepção muito bem montada e os detalhes sofisticados da festa foram alvos de muitos elogios e a felicidade dos noivos contagiou a todos. Veja alguns momentos (clique nas imagens para ampliar) dessa noite inesquecível para as famílias:
Fotos acima com familiares juntos; o suplente de vereador Zé Armando, irmão da noiva, com a esposa Maira; abaixo, a ex-diretora do Hospital Regional de Itaporanga, Wilka Rodrigues com o marido Roberto, o filho Tiago e a esposa Larissa...

Tribunal de Justiça extingue cargos e destitui 29 chefes após fechar Comarcas na PB

O presidente do Tribunal de Justiça da Paraíba (TJPB), desembargador Márcio Murilo da Cunha Ramos, assinou duas portarias que dispõem sobre a extinção de cargos de confiança de 15 chefes de cartório e 14 chefes de centrais de mandados das Comarcas que foram fechadas no Estado. Essas portarias foram publicadas no Diário da Justiça desta sexta-feira (18).
O TJPB quer economizar R$ 13 milhões por ano com o fechamento das Comarcas. A estimativa é de que R$ 10 milhões sejam poupados ao se evitar a nomeação de magistrados para esses locais. Outros R$ 3 milhões de economia devem surgir de manutenção, custeio e segurança, que não acontecerão nas unidades fechadas.
O Plenário do Tribunal de Justiça da Paraíba aprovou, na quarta-feira (16), o fechamento das Comarcas, sob a justificativa de que isso vai agilizar o julgamento dos processos, além de baratear os gastos com manutenção da estrutura do TJ no Estado. Moradores, servidores, advogados e parlamentares já se manifestaram contra o fechamento das Comarcas.
Houve fechamento de Comarcas e extinção do cargo de chefe de cartório em Arara, Araçagi, Barra de Santa Rosa, Bonito de Santa Fé, Brejo do Cruz, Cabaceiras, Cacimba de Dentro, Malta, Paulista, Pilões, Santana dos Garrotes, São João do Cariri, Serraria, da 3ª Vara Mista de Monteiro e da 2ª Vara Mista de Princesa Isabel.
O cargo de chefe de Centrais de Mandados foi extinto em Arara, Araçagi, Barra de Santa Rosa, Brejo do Cruz, Cabaceiras, Cacimba de Dentro, Malta, Paulista, Pilões, Prata, Santana dos Garrotes, São João do Cariri, Serraria e São Mamede.

sexta-feira, 18 de outubro de 2019

Malotes do Gaeco expostos ao sol são sinal de que vem mais operações por aí...

 
Calvário, Xeque-Mate, Cidade Luz ou todas? Quem passou na manhã desta quinta-feira (17) em frente ao prédio do Ministério Público da Paraíba, onde funciona o Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco),  em João Pessoa, viu expostos, ao sol, pelo menos 20 malotes vazios. Os recipientes são utilizados com muita frequência para transportar documentos, dinheiro e outros objetos apreendidos durante operações realizadas pelo órgão. Há quem diga que “a retirada do mofo” é sinal de que vem operação por aí. O blog contou 20 malotes. (com Suetoni S. Maior)

João Pessoa sediará entre dias 24 e 26 a VII Convenção Paraibana de Contabilidade

O conselho Regional de Contabilidade da Paraíba através de sua presidente, Vilma Pereira de Souza Silva e demais conselheiros, realizará a VII CONVENÇÃO PARAIBANA DE CONTABILIDADE.  O evento acontecerá no auditório Ariano Suassuna (TCE/PB) nos dias 24,25 e 26 de outubro e contará com a presença de vários palestrantes que irão ministrar palestras com temas relevantes para profissionais da área contábil. 
A VII CONVENÇÃO PARAIBANA DE CONTABILIDADE terá início no dia 24 com credenciamento das 9hs ao 12hs, e a abertura do evento acontecerá a partir das 14hs. O evento mais esperado do ano além de realizar palestras, contará também com Talk Shows onde serão abordados temas da atualidade no setor contábil.

Romero celebra instalação laboratório da Rede 5G e destaca investimentos em Campina Grande

Resultado de imagem para romero lançamento 5g em campina 
Ao participar, na tarde desta quinta-feira (17), da apresentação do laboratório que desenvolverá a tecnologia 5G e suas múltiplas aplicações em Campina Grande, o prefeito Romero Rodrigues comemorou a conquista inédita em nível de Norte e Nordeste da instalação do centro de pesquisas resultado da parceria entre as empresas Tim, Nokia e a Universidade Federal de Campina Grande (UFCG). Comemorou, também, o fato de que a Prefeitura fez sua parte na conquista, ao conseguir, com apoio da Câmara de Vereadpres. modernizar e flexibilizar a legislação permitindo às empresas investirem no setor.
Romero Rodrigues fez um rápido pronunciamento na solenidade, no auditório do Virtus – Núcleo de Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação em Tecnologia da Informação, Comunicação e Automação da UFCG, no Centro de Tecnologia Telmo Araújo (Citta), em Bodocongó. Segundo ele, graças à iniciativa dos poderes Executivo e Legislativo local, Campina Grande ficou entre os três municípios brasileiros aptos para receber a nova tecnologia, em fase de teste, com a implantação do projeto piloto, quando passou a permitir a instalação das antenas capacitadas para o 5G.
Resultado de imagem para romero lançamento 5g em campina
Além do prefeito campinense, participaram do evento no Citta representantes da TIM, da Nokia, do governo federal, da UFCG, os deputados estaduais Tovar Correia Lima, Ranieri Paulino, Camila Toscano, Moacir Rodrigues e Inácio Falcão. Os secretários municipais Lucas Ribeiro (Ciência e Tecnologia) e Rosália Lucas (Desenvolvimento Econômico) e o vereador João Dantas, líder do Governo na Câmara, também prestigiaram o evento.
“Enquanto vários municípios ainda estão na tecnologia 2G, 3G e 4G, Campina caminha para a rede 5G. Campina Grande, não apenas nesse aspecto, tem criatividade e dinamismo desde a sua origem. É uma cidade vocacionada para o sucesso, inclusive exportando projetos e exemplos positivos para o Brasil”, destacou Romero Rodrigues.
Após o evento no auditório, autoridades e público presentes puderam constatar, na área externa do edifício, várias demonstrações práticas sobre a aplicação da tecnologia 5G.

Sérgio Moro autoriza envio da Força Nacional de Segurança Pública para Paraíba

Resultado de imagem para força nacional de segurança
O ministro da Justiça e Segurança Pública, Sérgio Moro, autorizou o emprego da Força Nacional de Segurança Pública em apoio ao Governo da Paraíba por um período de 90 dias. A determinação foi publicada nesta sexta-feira (18), no Diário oficial da União. Confira a publicação
De acordo com a portaria publicada, o objetivo  é prestar apoio técnico operacional em aviação policial, em consonância com os órgãos integrantes do Sistema de Segurança do Estado. A operação terá o apoio logístico do Governo da Paraíba que deverá dispor da infraestrutura necessária à Força Nacional de Segurança Pública
Ainda de acordo com a publicação, o contingente a ser disponibilizado obedecerá ao planejamento definido pelo Ministério da Justiça. O prazo do apoio prestado pela força de segurança poderá ser prorrogado, caso haja necessidade. Mas, caso não seja solicitado, o efetivo será imediatamente retirado após o vencimento da portaria. A portaria entra em vigor a partir da data da publicação. 

quinta-feira, 17 de outubro de 2019

Romero Rodrigues define com Ricardo Pereira ingresso do PSD no GI de Itaporanga visando às Eleições de 2020: "Vamos apoiar os candidatos do GI e a composição que o Grupo fizer, Ricardo tem carta branca pra construção do projeto", disse Romero.

Foto: Ricardo Pereira, prefeito Romero Rodrigues e o vereador Ronaldo
Direto de Campina Grande - A sucessão municipal do ano que vem em Itaporanga, no Vale do Piancó, projeta uma eleição bastante movimentada e muitas surpresas tendo em vista as articulações que acontecem visando o pleito vindouro. Mais uma demonstração de potencial para ser protagonista em 2020 foi dada na tarde desta quinta-feira (17) pelo Grupo Independente (GI) local.
Em conversa mantida com o prefeito de Campina Grande Romero Rodrigues, o jornalista Ricardo Pereira, coordenador do Grupo, recebeu a incumbência de integrar o Partido Social Democrático (PSD) ao projeto do GI: "Renova Itaporanga 2020". Os dois conversaram sobre os rumos do projeto quanto à disputa majoritária e a eleição de uma boa bancada de Vereadores em Itaporanga, que é a principal cidade da região. O vereador boaventurense, Ronaldo Alvarenga também estava presente no encontro.
Presidente estadual do PSD, o prefeito campinense pontuou a alegria de ver a inclusão da legenda em um projeto com consistência e histórico de sucesso em Itaporanga que vai ao encontro da expectativa de crescimento em todo o Estado com força e capacidade para ser uma das maiores siglas da Paraíba. "Estamos fazendo trabalho consistente no PSD e no projeto do amigo Ricardo Pereira, com o GI, chega pra fortalecer município-pólo como Itaporanga. Temos confiança no trabalho, Ricardo tem carta branca e o projeto que for construído terá nosso apoio", disse Romero.
Prefeito da segunda maior cidade do Estado, eleito e reeleito com ampla vantagem e aprovação acima dos 70% perante a população, Romero, inclusive, pré-agendou e deve estar em Itaporanga no próximo dia 1º de novembro participando de uma grande festa para o lançamento do projeto do Grupo GI, que vai reunir várias lideranças políticas do Estado. O prefeito está ultimando preparativos para entrega do Complexo Habitacional Aluízio Campos, com 4.100 casas e apartamentos, o maior do Brasil que aguarda apenas agenda do presidente Jair Bolsonaro.
O Grupo GI já tem no geral 38 pré-candidatos ao cargo de Vereador e o objetivo de aumentar sua bancada em Itaporanga, elegendo ao menos cinco Vereadores, além de buscar o protagonismo na disputa majoritária. O jornalista revelou que mais novidades estão à caminho.

Vereador Neném de Adailton acaba de anunciar rompimento com deputado Taciano e o prefeito Divaldo e lançou sua candidatura a prefeito de Itaporanga em 2020

O vereador Neném de Adailton (foto) acaba de anunciar, durante a sessão da noite desta quinta-feira (17), lançamento de sua pré-candidatura a Prefeito de Itaporanga em 2020 independente da decisão do prefeito Divaldo (sem partido) e, ao mesmo tempo, que está deixando também a base de apoio do deputado estadual Taciano (Avante). "Como o prefeito não se decide se será candidato à reeleição ou não, eu anuncio ao povo de Itaporanga que serei candidato a prefeito e também que estou deixando a base de apoio do deputado Taciano, fato que comuniquei a ele na tarde de hoje", afirmou o vereador.
Ex-presidente da Câmara Municipal de Itaporanga e que deve retornar ao comando da Casa em janeiro de 2020, dentro de acordo celebrado anteriormente, Neném já almeja essa candidatura há tempos e agora tomou coragem pra lançar seu nome. Disse que só desistirá se o povo assim quiser. Neném dá um passo importante e deve embaralhar mais ainda a confusão na base de situação em Itaporanga, que já tem Jr. Carnaúba (irmão de Taciano) se movimentando como pré-candidato e o prefeito Divaldo querendo construir um projeto de reeleição.
Neném de Adailton mostra que não segue uma possível candidatura de Jr. Carnaúba e, ainda, a possível postulação do prefeito pela reeleição. A decisão de Neném de Adailton deve ser seguida por cerca de quatro vereadores da base de situação do prefeito, que terá grandes dificuldades para reorganizar o terreiro de casa com vistas às eleições de 2020.

Tribunal de Justiça aprova fechamento de 15 comarcas no interior da Paraíba

Resultado de imagem para pleno tjpb
Os desembargadores do Tribunal de Justiça da Paraíba aprovaram a desinstalação provisória de 15 comarcas do Estado da Paraíba. A votação terminou com 14 votos a favor e 2 contra. A proposta de fechamento partiu do desembargador/presidente Márcio Murilo, e foi aprovada pelos comitês Orçamentário e de Priorização do tribunal. Ao defender o projeto, o presidente enfatizou que não se trata de extinção, visto que a medida a qualquer momento poderá se revista. 
O autor da proposta argumentou que a desinstalação das comarcas trará agilidade e economia ao Judiciário Paraibano. “Os jurisdicionados das comarcas a serem agregadas a outras terão de se deslocar, mas, com a certeza de que haverá a audiência, a presença do juiz e a celeridade do seu julgamento, ou seja, uma jurisdição mais efetiva”, arrematou.
A lista de comarcas inclui Araçagi, Arara, Barra de Santa Rosa, Bonito de Santa Fé, Cabaceiras, Cacimba de Dentro, Caiçara, Malta, Paulista, Pilões, Prata, Santana dos Garrotes, São Mamede, São João do Cariri, Serraria e Brejo do Cruz.
Márcio Murilo disse que o diagnóstico feito pelo órgão indica que o problema não é a falta de juízes, mas de estrutura adequada para o trabalho. “Nós temos mais de mil servidores a mais que Sergipe. Temos 150 juízes a mais e temos uma produção de arquivamentos de processos de menos da metade de Sergipe”, disse o presidente.

Confira a lista das Comarcas que serão desinstaladas:

Araçagi (deverá ser remanejada para Guarabira)

Barra de Santa Rosa (deverá ser remanejada para Cuité)

Brejo do Cruz (deverá ser remanejada para Catolé do Rocha)

Cacimba de Dentro (deverá ser remanejada para Araruna)

Malta (deverá ser remanejada para Patos)

Pilões (deverá ser remanejada para Guarabira)

Santana dos Garrotes (deverá ser remanejada para Piancó)

São Mamede (deverá ser remanejada para Patos)

Arara (deverá ser remanejada para Solânea)

Bonito de Santa Fé (deverá ser remanejada para São José de Piranhas)

Cabaceiras (deverá ser remanejada para Boqueirão)

Paulista (deverá ser remanejada para São Bento)

Prata (deverá ser remanejada para Sumé)

São João do Cariri (deverá ser remanejada para Serra Branca)

Serraria (deverá ser remanejada para Bananeiras)

2ª Vara Mista de Conceição (deverá ser desinstalada)

3ª Vara Mista de Monteiro (deverá ser desinstalada)

2ª Vara Mista de Princesa Isabel (deverá ser desinstalada)

3ª Vara Mista de Princesa Isabel (deverá ser desinstalada)

quarta-feira, 16 de outubro de 2019

Bruno anuncia que deixará Gabinete da PMCG para dedicar-se à pré-campanha da sucessão de Romero Rodrigues em 2020

Foto: Paraibaonline
O secretário chefe do Gabinete do Prefeito de Campina Grande, ex-deputado Bruno Cunha Lima (foto), comentou, em entrevista à Rádio Panorâmica FM, que ainda este ano pode deixar o cargo de secretário para se dedicar à pré-candidatura a prefeito da cidade, nas eleições de 2020. Ele explicou que o afastamento será uma medida lógica para que todo o tempo de pré-campanha seja aproveitado, e assim ouvir a população de Campina Grande.
"Possivelmente este ano, porque isso é uma questão lógica. Hoje a legislação eleitoral permite uma coisa chamada pré-campanha, que é autorizada pela legislação. Ou você faz uma pré-campanha de cerca de 60 dias ou você começa a ter pré-campanha antecipada, e tem mais tempo para conversar com a cidade. Preciso definir o limite para que eu possa atuar como pré-candidato, eu não misturo as coisas. Não posso me dedicar o tempo inteiro como secretário e terminar perdendo o tempo para fazer a pré-campanha", disse.
Bruno afirmou que está sem partido e já recebeu convite de cinco ou seis legendas para se filiar. Ele destacou que “quem tem prazo não tem pressa” e que não está apressado para tomar essa decisão, tendo em vista que pode fazer a opção por um partido até abril de 2020. "O partido que vou me filiar é o que me dá autonomia para praticar o que eu defendo. A única coisa que eu exijo é liberdade. Eu não aceito, nessa briga ideológica que sempre existiu, ser pautado. Partidos de esquerda eu estou fora", frisou.

Presidente da Caixa confirma inauguração de superintendência em CG no dia 31

Presidente da Caixa confirma inauguração de superintendência em CG no próximo dia 31
O presidente da Caixa Econômica, Pedro Guimarães, confirmou nesta quarta-feira (16) a inauguração da superintendência do banco em Campina Grande no próximo dia 31 de outubro. Guimarães explicou que a superintendência vai beneficiar Campina e mais 140 municípios paraibanos. 
“Vamos fazer no dia 31 a inauguração da SR de Campina Grande, o que é uma demonstração do valor de Campina para a Caixa. Era algo que estava sendo discutido há décadas e agora estamos realizando”, afirmou Guimarães. 
O gestor também confirmou que visitará toda a estrutura da nova filial do banco, na cidade, juntamente com uma comitiva do banco. (com ClickPB)

Servidores da Assembleia Legislativa terão aumento de salário...

A Assembleia Legislativa aprovou, por unanimidade, na sessão desta quarta-feira (16), o reajuste salarial para servidores da Casa, no próximo triênio, e do Abono Natalino para beneficiários do Bolsa Família. Ao todo, os deputados aprovaram 318 matérias.
O PL 1069/2019, de autoria do Governo do Estado, eleva para R$ 64,00 o valor do Abono Natalino dos beneficiários do Programa Bolsa Família, repassado regularmente no mês de dezembro de cada ano. O governo ressalta que o programa injeta uma quantidade considerável de recursos na economia, estimulando o comércio e as atividades da agricultura familiar.
Já o reajuste salarial para os servidores da Casa foi apresentado pela Mesa Diretora. O texto aprovado pelos parlamentares prevê para os próximos três anos os aumentos de 3%, 4% e 3% em 2020, 2021 e 2022, respectivamente. Os deputados também aprovaram o projeto 881/2019, de autoria do Executivo, que assegura à Policia Civil, para fim de consecução de suas atribuições precípuas, autonomia administrativa e financeira.

Tião Gomes quer instaurar CPI na AL para investigar ‘Máfia dos Cartórios’ que são passados (mesmo concessão pública) de pai pra filho, além de serem verdadeiros bancos nas cidades...

Resultado de imagem para tião gomes
O deputado estadual Tião Gomes (Avante) está empenhado na criação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar a atuação dos cartórios no Estado da Paraíba. O parlamentar afirma que estes estabelecimentos estão cobrando taxas abusivas e prestando maus serviços à população, além de cometer diversas irregularidades e nepotismo.
O deputado informou que já pediu apoio de alguns colegas para apurar denúncias que vem recebendo de várias regiões do estado, após seu pronunciamento que citou os milhões arrecadados pelos cartórios, falta de transparência e irregularidades.
De acordo com Tião Gomes, além da péssima prestação dos serviços cartorários, as titularidades, que são concessões públicas, viraram verdadeiras capitanias hereditárias, cuja titularidade passa de pai para filho, num negócio que movimenta milhões mensalmente.
“Temos que apurar se existe uma máfia dos cartórios em nosso estado e o mal que está causando à população, ao setor imobiliário, produtivo e bancário. Muitas vezes os cartorários se acham donos da cidade. Os cartórios são verdadeiros bancos, movimentando grandes somas em dinheiro. Espero contar com o apoio dos demais deputados para que possamos moralizar este cartéis, até a finalização do concurso que está sendo realizado pelo Tribunal de Justiça da Paraíba, certame esse que já dura 6 anos”, disse o deputado estadual.

Empresa da atriz (Globo) paraibana Mayana Neiva, teve contratos de R$ 17 milhões com o governo do Paraíba, está na mira do Gaeco e da Operação Calvário...

mayana neiva operação - GLOBAL E INVESTIGADA: Empresa de Mayana Neiva está na mira da Gaeco e da Operação Calvário - ENTENDA
A MVC Editora LTDA foi alvo do cumprimento de mandados de busca e apreensão nesta terça-feira (15). A empresa tem como sócias a atriz Mayana Neiva e a irmã, Luciana Ramos Neiva. Esta última também teve mandados cumpridos em endereços dela. As medidas foram autorizadas pelo desembargador Ricardo Vital de Almeida com base em denúncias do Ministério Público da Paraíba.
Mayana e Luciana são filhas de Vladmir Neiva, alvo da etapa anterior da operação, por causa de denúncias relacionadas à Grafset. Documentos recolhidos pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco) na quinta fase da operação indicaram “confusão entre as duas empresas”. Apesar de pertencerem ao mesmo grupo familiar, elas participaram, em muitos casos, das mesmas licitações.
A MVC Editora manteve contratos superiores a R$ 17 milhões com o governo do Estado nos últimos anos, de acordo com consulta feita no Sagres do Tribunal de Contas do Estado. Outros R$ 1,5 milhão em contratos foram firmados junto a prefeituras. Grande parte destes contratos, de acordo com o Ministério Público, firmados com dispensa de licitação.
Foi colocada na cota de suspeita, também, a participação da MVC e da Grafset em licitações vencidas por outras empresas investigadas, a exemplo da Conesul Plus. “Tal como argumenta o órgão ministerial, deve ser investigado o suposto uso de instrumentária da mencionada empresa em crimes licitatórios, em especial o previsto no artigo 90, mediante frustração do caráter competitivo do certame, bem como verificar se há uma efetiva ascendência de Vladimir Neiva em relação aos demais investigados, que pode ter utilizado a MVC Editora como empresa instrumentária para garantir a vitória de outras licitações”, diz a decisão do desembargador.
Vladimir foi citado em delação premiada do ex-assessor da Secretaria de Administração, Leandro Nunes Azevedo, como responsável por suposto pagamento de propina ao ex-secretário de Turismo Ivan Burity. Os R$ 400 mil relatados teriam sido pagos em compensação por contratos das empresas da família com o governo.
Além da MVC e Luciana Neiva, foram alvos de mandados de busca e apreensão nesta terça-feira endereços ligados a Ivan Burity e ao ex-diretor administrativo do Hospital Geral de Mamanguape, Eduardo Simões Coutinho, e ao gerente de recursos humanos do Instituto de Psicologia Clínica, Educacional e Profissional (Ipcep), Marcelino Paiva Martins.

Durval Ferreira se prepara para chegar ao PL com ‘status’ de general em João Pessoa

De malas prontas para trocar de partido, o vereador licenciado Durval Ferreira migrará para uma nova casa partidária – o PL (Partido Liberal) – com direito a um ‘status’ de general. A confirmação foi feita pelo deputado estadual Caio Roberto (PL) que revelou que Durval chegará a sigla para ser novo presidente da legenda em João Pessoa, Capital da Paraíba.
Segundo o parlamentar, Durval tem sintonia política semelhante com a do presidente, deputado federal Wellington Roberto, e saberá conduzir com maestria os rumos da legenda na Capital, preparando o pleito para as eleições 2020.
“Durval já acompanhou Wellington Roberto as eleições passadas para deputado federal e tem uma sintonia por ter uma política semelhante”, afirmou. O deputado lembrou também que o ex-vereador Djanilson optou por não estar mais à frente dos quadros da legenda na Capital, por isso o comando foi oferecido a Durval.
Por enquanto Caio disse que a possibilidade de candidatura própria na Capital ainda está sendo estudada e caberá ao novo presidente avaliar se será viável ou não a postulação majoritária. A filiação de Durval ao PL acontece em março, quando será aberta uma janela partidária para que os políticos possam trocar de legenda sem o risco de sofrerem sanções.

Surpresa: PSL se junta ao PT, Psol, PSB e PC do B, em obstrução a MP apresentada por Bolsonaro...

Resultado de imagem para delegado waldir no plenário da câmara
Em meio a uma guerra interna, o PSL, partido do presidente Jair Bolsonaro, orientou nesta terça-feira (15) obstrução à votação de medida provisória que tem como objetivo promover uma reforma administrativa na Secretaria de Governo e na Casa Civil. Além da legenda, PT, PSOL, PSB e PCdoB obstruíram a votação da MP 886/19.
Para a surpresa de boa parte da Câmara, o deputado federal Delegado Waldir (PSL-GO), líder da legenda na Casa, orientou a obstrução na votação da MP que, entre outras medidas, tira a articulação política da Casa Civil, de Onyx Lorenzoni (DEM), e passa para a Secretaria de Governo (Segov), do general Luiz Eduardo Ramos.
Segundo Bruno Góes e Natália Portinari, do O Globo, após dar a orientação, Waldir deu dois tapinhas nas costas do líder do governo na Casa, Major Vitor Hugo (PSL-GO). Membros do partido foram às redes criticar a atuação da lideranças. “PSL sob comando do líder Waldir, orientando contra governo Jair Bolsonaro, tentando derrubar a sessão pra decair a MP 886. Por que será?”, criticou o deputado Filipe Barros (PSL-PR), ameaçado de ser expulso da sigla.
Se o projeto não for votado até quinta-feira ele perderá a validade.
.@pslnacamara, sob comando do líder Waldir, orientando contra governo @jairbolsonaro, tentando derrubar a sessão pra decair a MP 886. Por que será?


Ver imagem no Twitter