quarta-feira, 18 de julho de 2018

Ator da Globo vem a João Pessoa treinar João Azevêdo para a campanha eleitoral

odilon
O governador Ricardo Coutinho (PSB) não está para brincadeira quando o assunto é eleger o sucessor nas eleições de outubro. Ricardo não mede esforços no tocante às estratégias de convencimento do eleitor paraibano sobre a continuidade do projeto do PSB. Para tanto, sabe que seu pré-candidato precisa está pronto para o duro embate que é a disputa pelo poder no estado.
Nesse contexto, o experiente ator global, Odilon Wagner, personagem de várias novelas de sucesso da Rede Globo, foi contratado pelo Jardim Girassol para dá um up-grade à pré-campanha de Azevêdo. O ator esteve na capital, semana passada, para treinar o pré-candidato socialista sobre postura, entonação, como transmitir emoção nos discursos e ter uma comunicação mais segura, emocionante e convincente nas apresentações e debates.
O deputado Frei Anastácio (PT), consciente ou não da preparação, revelou que já percebeu um João com uma melhor desenvoltura, durante discurso na reunião de ontem (17), com os parlamentares na Granja Santana e o governador. “João Azevêdo participou da reunião participou com uma fala muito boa, com muita desenvoltura. Eu até fiquei impressionado”, disse o petista.

Ausência de progressita em café da manhã com Ricardo sinaliza tendência do PP

IMG-20180717-WA0338
Após reunião com os aliados durante café da manhã, na Granja Santana, nesta terça-feira (17), o governador Ricardo Coutinho (PSB) posou para foto com os deputados aliados.
Apenas dois parlamentares faltaram ao encontro, com cunho totalmente eleitoral. Julys Roberto (MDB), que apoia à pré-candidatura do senador José Maranhão (MDB) e Galego Souza (PP), que espera definição do partido. A ausência de Galego é um indício que a legenda deve mesmo permanecer no projeto político de Lucélio Cartaxo (PV). Segundo fonte, Galego tem defendido a aliança do Progressistas com o PV.
De acordo com alguns parlamentares que estiveram presentes, o governador falou sobre o retorno dos trabalhos no legislativo paraibano, mas tratou ainda do cenário político. “A pauta foi a definição das coordenações de campanha e, acima de tudo, uma avaliação de como a pré-candidatura de João Azevêdo (está evoluindo). Estamos definido estratégias e a expectativa de colher tudo que está sendo oferecido ao Estado da Paraíba”, disse do deputado Lindolfo Pires (Podemos). O pré-candidato, contido, deixou o local sem conceder entrevistas, segundo uma emissora de rádio local.
Presentes ao encontro estavam: Veneziano Vital do Rêgo (PSB), Nabor Wanderley (PRB), Adriano Galdino (PSB), Lindolfo Pires (Podemos), João Bosco Carneiro (PPS), Tião Gomes (Avante), Aníbal Marcolino (Avante), João Gonçalves (Podemos), Genival Matias (Avante), Estela Bezerra (PSB), Ricardo Barbosa (PSB), João Azevêdo (PSB), Frei Anastácio (PT), Trócolli Júnior (Podemos), Arthur Cunha Lima Filho (PRP), Inácio Falcão (PCdoB), Jeová Campos (PSB), Antônio Mineral (PSB), Branco Mendes (Podemos), Edmilson Soraes (Podemos), Doda de Tião (PTB), Zé  Paulo (PT), Buba Germano (PSB), Hervázio Bezerra (PSB), Gervásio Maia (PSB) e o governador Ricardo Coutinho (PSB).

terça-feira, 17 de julho de 2018

'Sou pré-candidata à senadora', revela Daniella no Programa Frente a Frente da Arapuan

Após um período longe do holofotes ao ter seu nome sondada para o Senado por basicamente todas as chapas majoritárias que se formam na Paraíba, a deputada estadual Daniella Ribeiro (Progressista) quebrou o silêncio, na noite desta segunda-feira (16), e anunciou que disputará mandato em Brasília nas eleições de outubro. “Sou pré-candidata a senadora”, destacou a parlamentar em entrevista ao programa Frente a Frente, apresentado pelo jornalista Heron Cid, na TV Arapuan.
Entretanto, ela não revelou a chapa que vai integrar. Para a campinense, essa será uma decisão não dela, mas do Progressistas. “Essa é uma decisão partidária”, garantiu Daniella alegando que nas pré-candidaturas de João Azevêdo (PSB), Lucélio Cartaxo (PV), e José  Maranhão (MDB)  existem suas “divergências” e também “convergências”.
Daniella ressaltou que muitos fatores pesaram para a sua tomada de decisão como o crescimento do Progressistas na Paraíba e também a possibilidade de se eleger a primeira senadora paraibana. “Nunca tivemos uma mulher no Senado. É uma oportunidade também”, destacou.

Cássio e Veneziano

Questionada sobre o fato de ir para a  disputa com nomes de maior envergadura política como o senador Cássio Cunha Lima (PSDB) e o deputado federal Veneziano Vital do Rêgo (PSB), Daniella disse que não se sente ‘prejudicada’ por não ter sua pré-candidatura lançada com antecedência como foram as dos concorrentes. 
Ela considerou que o processo eleitoral sobre o seu nome tem se dado de forma correta porque tem revelado, além de tudo, sua trajetória política. “Esse processo veio da forma correta e legítima. Do jeito que deve acontecer. Entender que tem que se conhecer um pouco mais. Eu vim entrar na vida pública não porque teve uma decisão do meu pai. Houve uma dificuldade muito forte porque ele não queria. Queria me proteger desse mundo que era machista. Eu forcei muito para ser política”, destacou.

“O que o PT poderia fazer, já fez”, diz Macedo sobre sinalizações ao PSB

O presidente do PT da Paraíba, Jackson Macedo, disse, nesta segunda-feira (16) que a partir de agora o partido segue apenas aguardando o posicionamento do PSB do Estado, quando o apoio a Lula, para definir a sua posição nas eleições deste ano. Segundo Macedo, o PT já fez o que poderia fazer em termo de articulação e debate, e apenas revindica o apoio do governador Ricardo Coutinho (PSB) e do pré-candidato João Azevedo (PSB) à pré-candidatura de Lula.
“Aguardamos a decisão do PSB ao apoio a pré-candidatura de Lula. O que o PT poderia fazer, já fez, o PT reivindicava a chapa, fez o debate sobre a participação dos partidos aliados de Temer na chapa, mas agora o mais importante é o apoio de Azevedo e Ricardo a pré-candidatura de Lula. Estamos aguardando, o PSB de Pernambuco já se manifestou favorável. Se o PSB fechar com Lula, estaremos aqui”, disse.

Lígia diz que chapa só estará pronta no limite do prazo e confirma conversa com PT

A vice-governadora e pré-candidata ao Governo, Lígia Feliciano, afirmou, nesta segunda-feira (17), que trabalha com o prazo de até o dia 5 de agosto para anunciar a sua chapa completa. Ela destacou que as conversas estão avançando com calma e ressalta que só irá publicizar quando tudo estiver definido.
“No dia 5 de agosto minha chapa estará fechada e vou poder mostrar meus ideais e o que eu posso fazer por esse Estado… As conversas estão avançando, estamos dialogando com vários partidos. Talvez eu tenha atitude diferente de outros candidatos, não fico toda conversa que tenho publicando, estou construindo nas conversas e vou publicizar quando estiver fechado”, destacou.

segunda-feira, 16 de julho de 2018

Em ritmo de pré-campanha, Zé Maranhão vai à Catolé do Rocha e recebe apoio de ex-prefeito...

WhatsApp Image 2018 07 15 at 6.14.44 PM - RITMO DE PRÉ-CAMPANHA: Zé Maranhão vai à Catolé e conta com apoio de ex-prefeito WhatsApp Image 2018 07 15 at 6.14.50 PM - RITMO DE PRÉ-CAMPANHA: Zé Maranhão vai à Catolé e conta com apoio de ex-prefeito
WhatsApp Image 2018 07 15 at 6.14.37 PM - RITMO DE PRÉ-CAMPANHA: Zé Maranhão vai à Catolé e conta com apoio de ex-prefeito
O senador e pré candidato ao governo do estado, José Maranhão (MDB), está em ritmo de pré campanha e animado com os apoios. Neste domingo (15), ele fez uma visita a Catolé do Rocha e deixou um recado sobre sua passagem por lá: "Em Catolé do Rocha fomos acompanhados pelo amigo querido, o ex-prefeito Zezito Maia e seu filho, o vereador Bizu Maia (PRB)". O emedebista estava acompanhado do deputado estadual Jullys Roberto (MDB) e de seu pai, o e-deputado Márcio Roberto, importante liderança política nas regiões polarizadas por São Bento e Catolé do Rocha.
Em sua mensagem, Maranhão continua agradecendo os apoios recebidos naquela importante cidade do interior paraibano. "Agradeço aos dois pelo engajamento em nossa pré-campanha e, principalmente, por acreditarem no trabalho sério, e voltado para o bem-estar de nosso povo, que estamos construindo. E fico feliz por poder contar com essa imensa força e competência que ambos têm em Catolé. Meu abraço fraternal a todos os filhos dessa terra maravilhosa chamada Catolé do Rocha e registro aqui meu compromisso em continuarmos contribuindo com o avanço dessa região", finalizou.

domingo, 15 de julho de 2018

Maranhão percorre região de Mamanguape e avisa: “Temos uma campanha sólida ao Governo”.

Maranhão em Capim 14jul2018
O senador Zé Maranhão (MDB) percorreu a região de Mamanguape, nesse sábado (14), debatendo seu projeto de Governo e recebendo adesões: “Nossa campanha mostra solidez que esperávamos, e vamos seguir para a disputa, certo de contar com o apoio dos paraibanos, que têm me recebido sempre com muita alegria e sinceridade no coração”, comemorou.
Maranhão este, na peregrinação pela região, acompanhado do ex-governador Roberto Paulino, o deputado Raniery Paulino, vereadores Johni Rocha (Sapé), Adriano do Inhauá, Robson Coruja, Eloi da Saúde (Mari), além da vice-prefeita Aurileide (Rio Tinto), Ariano Fernandes, Everton Rocha e João Laércio, presidente do MDB de Mamanguape. O senador concedeu entrevista a jornalistas em Capim.

Deputado Genival Matias e o prefeito Bevilácqua anunciam apoio à Ana Cláudia pra deputada federal apoiada em Juazeirinho...

6EDFED45 D655 4BA7 87D4 D34808FBA221 1080x680 - Ana Cláudia recebe apoio do deputado Genival Matias e do prefeito Bevilaqua em Juazeirinho
O aval de grandes líderes e apelo para que seus liderados votem é fundamental para um candidato receber o carinho das bases, mas ter carisma e saber conquistar o eleitor consolida a transferência. Neste sábado (14), em Juazeirinho o deputado estadual Genival Matias e o prefeito Bevilacqua, além da vice-prefeita Ana Vírginia, ambos do Avante, juntaram muita gente para anunciar Ana Cláudia Vital (Podemos) como a candidata à deputada federal apoiada pelo grupo e todos que estiveram na fazenda da família saíram encantados com a simplicidade da ex-superintendente da Funasa. 
Ana conquistou conquistando e nessa foto abaixo exemplifico como ela foi bem recebida por todos. E não poderia ser diferente. Ana é assim mesmo, jeitosa, educada e muito atenciosa com todos e não à toa é lembrada como uma das melhores ex-primeiras damas de Campina Grande. Diante da grandiosidade do evento que foi feito para recebê-la em Juazeirinho e boa recepção das pessoas presentes, arrisco-me a dizer que que Ana Cláudia deve sair de lá com mais de 4 mil votos nestas eleições.

Manoel Jr. é tratado como segundo senador da chapa de Lucélio, durante encontro do PSDB em Campina Grande...

WhatsApp Image 2018 07 14 at 8.53.38 PM - NO ENCONTRO DAS OPOSIÇÕES EM CAMPINA: Manoel Júnior é tratado como segundo senador de Lucélio - VEJA FOTOS WhatsApp Image 2018 07 14 at 8.53.36 PM - NO ENCONTRO DAS OPOSIÇÕES EM CAMPINA: Manoel Júnior é tratado como segundo senador de Lucélio - VEJA FOTOS
O vice-prefeito de João Pessoa e pré-candidato ao Senado, Manoel Júnior (PSC), surpreendeu algumas lideranças e militantes políticos ao chegar ao Centro de Convenções para participar do encontro regional promovido pelo PSDB em Campina Grande na tarde deste sábado(14).
A surpresa com a presença do vice-prefeito ocorre pelo fato de ele e seu partido estarem ainda em negociações com dois pré-candidatos ao governo do Estado: o senador José Maranhão (MDB) e Lucélio Cartaxo (PV), este último presente ao encontro realizado pelo PSDB neste sábado.
Além de Lucélio, participaram do encontro a primeira-dama de Campina Grande, Micheline Rodrigues (PSDB), pré-candidata a vice-governadora , o senador Cássio Cunha Lima (PSDB), os prefeitos de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PV), e Campina Grande, Romero Rodrigues (PSDB), além de deputados estaduais, federais e outras lideranças políticas.

“Nosso novo jeito de fazer gestão, enterrou velha forma de fazer política na Paraíba, diz João Azevêdo durante encontro do PSB em Campina Grande.

“Nosso novo jeito de fazer gestão, enterrou a velha forma de fazer política na Paraíba”. Declarou o pré-candidato a governador João Azevêdo (PSB) neste sábado (14), durante encontro do PSB com lideranças da região da Borborema, em Campina Grande, na AABB.
WhatsApp Image 2018 07 14 at 7.27.18 PM - “Nosso novo jeito de fazer gestão, enterrou a velha forma de fazer política na Paraíba, diz João Azevêdo durante encontro em Campina Grande WhatsApp Image 2018 07 14 at 7.27.18 PM 1 - “Nosso novo jeito de fazer gestão, enterrou a velha forma de fazer política na Paraíba, diz João Azevêdo durante encontro em Campina Grande
João Azevêdo disse que acredita na formação de uma chapa vitoriosa até o dia cinco de agosto e que ao longo desta caminhada, diversos prefeitos e a própria população estão tendo a compreensão de que este projeto, que vem fazendo bem a Paraíba, precisa ter continuidade para promover novas mudanças. O governador Ricardo Coutinho chegou a AABB junto com os pré-candidatos a governador João Azevêdo, do pré-candidato a senador Veneziano Vital (PSB), de pré-candidatos a deputado federal e estadual e lideranças da região que foram recebidos de forma calorosa pela militância girassol.
Diversas lideranças, entre eles os prefeitos Nelinho (Cacimba de Dentro), Nobinho (Esperança), Nivaldo (Umbuzeiro), Jeferson (São José dos Cordeiros), Silvado Dudu (Caraúbas), João Paulo (Boqueirão), João Batista (Barra de São Miguel), Jurandir (Taperoá), Kleber (Junco do Seridó), Geraldo Moura (Soledade), Lucio (Itabaiana), Josa (Parari) e Zé João (Caturité), além de ex-prefeitos e dos deputados Buba Germano, Adriano Galdino, Doda de Tião e Genival Matias participaram do encontro.
O pré-candidato ao Senado, Veneziano Vital, convocou a militância de Campina a “arregaçar as mangas” e se multiplicar no desafio de lutar para que a Paraíba continue avançando. “Estamos aqui com pessoas com compromisso de construir o futuro e que enxergam em João, a pessoa mais qualificada para que a Paraíba continue superando seus desafios até porque ele já mostrou que sabe fazer.

Vice-prefeito afastado de Cabedelo, durante a Operação Xeque-Mate que prendeu o prefeito Leto Viana, morre vítima de infarto...

O vice-prefeito afastado de Cabedelo, Flávio Oliveira (PRP), faleceu no início da madrugada deste domingo (15), aos 57 anos. Segundo informações, Flávio sofreu um infarto fulminante no hospital da Unimed, em João Pessoa. O velório e sepultamento serão realizados no cemitério Parque das Acácias, na capital.

Xeque-mate

Flávio Oliveira foi afastado do cargo pela justiça junto com o prefeito Leto Viana em decorrência da Operação Xeque-mate, da Polícia Federal em conjunto com o GAECO.
Durante as investigações, ficou comprovado a participação das principais autoridades públicas do município que se beneficiavam do esquema de diversas formas, tendo registrado aumento patrimonial espantoso, muito acima do condizente com sua renda. Somente na aquisição de imóveis nos últimos cinco anos, verificou-se que um agente político envolvido movimentou mais de 10 milhões de reais à margem do sistema financeiro oficial.

sexta-feira, 13 de julho de 2018

Ex-prefeito André Gadelha contraria MDB e adere à pré-candidatura de Lucélio...

A pré-candidatura de Lucélio Cartaxo (PV) ganhou adesão de mais uma importante liderança do Sertão paraibano. Na manhã desta sexta-feira (13), o ex-prefeito de Sousa, André Gadelha (MDB), anunciou apoio ao nome de Lucélio, destacando que a renovação na política e o diálogo estabelecido pelo candidato foram decisivos para mais esta união.
“Estamos juntos porque Lucélio tem representado uma nova forma de fazer política. Além da juventude e das suas novas ideias, tem experiência em gestão e está apoiado num modelo administrativo que tem dado certo em João Pessoa. Vamos unir forças na ‘Cidade Sorriso’ em prol dessa pré-candidatura, porque Lucélio é um sertanejo, que conhece nossa terra e poderá nos ajudar nas nossas principais dificuldades. Para nós, sousenses, voltar a ter um filho de Sousa na disputa é motivo de orgulho e engrandecimento”.
A decisão de André Gadelha contraria o seu partido, o MDB que tem como pré-candidato ao governo o senador José Maranhão. Além de André Gadelha, estiveram ao lado de Lucélio Cartaxo o senador e pré-candidato à reeeleição, Cássio Cunha Lima (PSDB), Luis Carlos Queiroga Gadelha, Luis Carlos Queiroga Gadelha Filho, Alessandro Gadelha e o vereador Cacá Gadelha.

Gleisi diz que compromisso do PT na Paraíba é com o PSB...

Gleisi PB Online - UM GIRASSOL NO JARDIM DO LULA: 'Queremos muito ter o governador Ricardo na campanha de Lula', diz Gleisi Hoffmann
Em entrevista nesta quinta-feira (12), em João Pessoa, a presidente nacional do PT, Gleisi Hoffmann, destacou que a aliança prioritária do partido no Estado com o PSB. Ela definiu que a definição se dá pelo compromisso do governador Ricardo Coutinho (PSB) em defesa de Lula. Gleisi sinalizou que  a aliança do PSB com partidos ‘golpistas’ não será levada em consideração na tomada de decisão. A senadora esteve reunida com a direção estadual do partido, além dos deputados da legenda: Luiz Couto (federal) e os estaduais Zé Paulo, Anísio Maia e Frei Anastácio.
“Nossa aliança prioritária aqui é com o PSB, com Ricardo Coutinho, temos um compromisso pelos posicionamentos políticos dele, historíocosm e porque ele tem importância nessa construção nacional como PSB . Nosso compromisso é com ele  e não pelos partidos que estão na composição com ele é o compromisso dele que queremos com o projeto de Lula, que ira mudar o Brasil”, disse. Ela ainda declarou que respeita o tempo do PSB, partido que possui discussão interna sobre o seu posicionamento nacional, e afirmou que o importante é a luta progressista pró-Lula dentro do partido. 
“O PSB tem seus prazos de discussão do posicionamento, é um partido em disputa, tem gente que defende a candidatura do Ciro, do Lula, a neutralidade. Entendemos que isso é uma característica do PSB , o que é importante é a disposição que esse setor mais progressista tem de fazer a defesa da candidatura do Lula internamente do PSB . Se a gente vai conseguir mais cedo u tarde não é relevante, o relevante é  o posicionamento”, definiu.

Lucélio firma aliança com PHS e número de partidos aliados chega a oito

O projeto defendido por Lucélio Cartaxo (PV) para governar a Paraíba recebeu a adesão do Partido Humanista da Solidariedade (PHS). O anúncio ocorreu nesta quinta-feira (12), no Hotel Sapucaia, durante reunião do pré-candidato com dirigentes da sigla no Estado. “Iniciamos a nossa caminhada com um diálogo franco com a população e hoje representamos o projeto que mais cresce em todo Estado. Firmar essa aliança com o PHS mostra que estamos no melhor caminho, em sintonia com um futuro novo para a Paraíba”, disse Cartaxo, que agora tem o apoio de oito partidos.
O presidente estadual do PHS, Jedaias Nunes, referendou o nome de Lucélio como o mais preparado para governar o Estado. “Fizemos uma opção por um representante desta nova forma de fazer política, ficha limpa e comprometido com a Paraíba. Estamos certos que Lucélio chega para fazer um trabalho inovador, com resultados que irão refletir os interesses reais da população”, comentou. Além das lideranças do PHS, estiveram ao lado de Lucélio Cartaxo o presidente estadual do PSDB, Ruy Carneiro, o presidente estadual do PTC, Fábio José Lins, o vice-presidente do PV,  Zennedy Bezerra, e o presidente estadual do PRTB, Fábio Carneiro. As outras siglas confirmadas na aliança de Lucélio são: PV, PSDB, PSD, SD, PRTB, DC, PTC. 

quinta-feira, 12 de julho de 2018

Esse “monte de gente da mesma família” não é bom, avalia Enivaldo sobre chapa de Lucélio; Quanto à João, foi taxativo "só tem um defeito: ser o candidato de RC".

ribeiro
O vice-prefeito de Campina Grande, Enivaldo Ribeiro (PP) ao ponderar sobre “o monte de gente da mesma família ” na chapa formada pela oposição, para as disputas eleitorais ao Governo do Estado este ano, chegou a conclusão que não sabe até que ponto isso pode ser bom. “É um negócio muito complicado, porque você vai ter um monte de gente da mesma família candidato, não sei até que ponto isso é bom, é uma coisa que é necessário analisar”, declarou.
As observações de Enivaldo, se dão pelo falo do prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PV), não satisfeito em lançar o nome do irmão gêmeo Lucélio Cartaxo (PV), ao lado da esposa do prefeito de Campina Grande, Micheline Rodrigues (PSDB), agora resolveu anunciar o nome da primeira dama da Capital, Maísa Cartaxo (PV), para também disputar as eleições deste ano.
Conhecido pela sinceridade, o presidente estadual do PP, revelou ao repórter Maurílio Júnior, da Rádio Arapuan FM, nesta quarta-feira (11), a dificuldade de se reaproximar, politicamente, com o governador Ricardo Coutinho (PSB). Questionado sobre a pré-candidatura de João Azevêdo (PSB), Enivaldo foi taxativo: “Eu já disse a ele  (Azevêdo), pessoalmente, que só tinha um defeito: ser o candidato do governador. Um defeito para mim”, declarou.

Maranhão ao pé do ouvido com o senador Cássio e os deputados Hugo e Damião...

ze-huggo ze-cassioo
O blog registra conversas do senador José Maranhão com presidentes de partidos na Paraíba, a exemplo dos deputados federais Hugo Motta (PRB) e Damião Feliciano (PDT), além da principal liderança do PSDB, senador Cássio Cunha Lima.
Maranhão se movimenta para fechar até a próxima semana a chapa majoritária que irá encabeçar como pré-candidato a governador pelo MDB, para chegar na convenção de 5 de agosto com a composição pronta para ser homologada.
A dificuldade pode ser o fechamento das alianças proporcionais, assunto que vem sendo tratado pessoalmente por Maranhão e, ainda, o deputado Wellington Roberto, presidente do PR e principal articular da campanha do emedebista. Maranhão fechou as conversas de ontem (11) com o senador Cássio. Se vão dar resultado o tempo vai dizer. (Fotos: Cristiano Rodrigues)

Ivonete Ludgério: "Enquanto o prefeito (Romero) estiver no grupo, meu voto é dele (Lucélio)".

Resultado de imagem para ivonete ludgério
"Enquanto o prefeito estiver no grupo, meu voto é dele (de Lucélio)". A condição é da presidente da Câmara Municipal de Campina Grande, Ivonete Ludgério (PSD), que em entrevista nesta quarta-feira (11) avisou que só apoia o irmão do prefeito de João Pessoa, o pré-candidato Lucélio Cartaxo (PV), por causa do prefeito de Campina Grande Romero Rodrigues (PSDB), que já se posicionou a favor do nome. 
“Meu voto é do grupo político ao qual pertenço. Eu voto em Lucélio por causa de Romero Rodrigues. Enquanto o prefeito estiver no grupo, meu voto é dele", explicou Ivonete que é esposa do deputado estadual [mais votado em 2014] Manoel Ludgério (PSD). Romero Rodrigues deve trocar o PSDB pelo PSD, logo depois das eleições deste ano.
Como o pré-candidato a vice-governador da Paraíba na chapa do MDB, Bruno Roberto (PR), é noivo da filha de Ivonete, Ana Ludgério, especulou-se que a família também poderia mudar de lado e aderir a José Maranhão (MDB), mas Ivonete descartou essa hipótese, ratificando ser fiel a Romero. "Nós respeitamos a posição de Bruno Roberto e Caio Roberto e eles respeitam a nossa. Já minha filha está liberada para votar no noivo”, explicou a presidente da CMJP.

quarta-feira, 11 de julho de 2018

José Maranhão: criaram um monstro… e ele vai devorar todo mundo! – Por Adriana Bezerra

Resultado de imagem para josé maranhão
O senador José Maranhão corre “risco” sério, e cada dia mais palpável, de ser o novo (de novo) governador da Paraíba. Será seu quarto mandato. Bailando Estado afora, praticamente sozinho, ele colhe os frutos de seu recall. E leva vantagem diante de seus potenciais adversários, inéditos no jogo eleitoral.
Muitos lances levaram Zé ao favoritismo. O principal deles se materializou com a sequência de jogadas de toalha dos titulares. Sem Romero nem Cartaxo, o veterano Maranhão entra em campo como dono da bola. Uma “pelota” que lhe deram, de mão beijada, num erro de estratégia já devidamente capitulado.
Entender o equívoco, porém, não traz alívio. A oposição se fragmentou. Mas todos podem ruir junto. Juravam que o octogenário não teria fôlego. E bateria fatalmente em seu teto em determinado momento da partida eleitoral. Não calcularam, porém, que o tal teto (algo em torno de 30%) já o garantiria o segundo turno. De onde ele tem amplas chances de sair vencedor.
Os criadores perderam o controle sobre a criatura (Dr Victor deveria saber que a fábula sempre se repete em favor de Frankenstein). Criaram um monstro. E ele dá sinais de que tem apetite, e estômago, para devorar todo mundo!

Fonte: Adriana Bezerra

Câmara dos Deputados aprova aumento no piso de agentes comunitários de saúde e endemias

Câmara aprova aumento no piso de agentes de saúde e endemias
A Câmara dos Deputados aprovou na madrugada desta quarta-feira (11) a medida provisória (MP) que estabeleceu aumento de cerca de 50% no piso salarial de agentes comunitários de saúde e de agentes de combate às endemias. Com a aprovação, o texto seguirá para o Senado. Por se tratar de MP, a medida já entrou em vigor assim que foi publicada pelo governo, mas, para virar uma lei em definitivo, precisa ser aprovada pelo Congresso e sancionada pelo presidente da República.
Originalmente, a MP previa o piso salarial em R$ 1.014. No entanto, durante a tramitação, o valor foi alterado para R$ 1.550, obedecendo ao seguinte escalonamento:
R$ 1.250,00 em 1º de janeiro de 2019;
R$ 1.400,00 em 1º de janeiro de 2020;
R$ 1.550,00 em 1º de janeiro de 2021.
O texto da MP torna "essencial e obrigatória" a presença dos agentes na Estratégia de Saúde da Família e na estrutura de vigilância epidemiológica e ambiental. O projeto ainda estabelece que, a cada dois anos, os agentes comunitários de saúde e os agentes de combate às endemias passarão por cursos de aperfeiçoamento. Durante a análise do projeto, pelo plenário da Câmara, agentes comunitários ocuparam as galerias da Câmara e aplaudiram a aprovação.

Câmara aprova gratuidade na conta de luz para famílias de baixa renda

A Câmara dos Deputados aprovou na noite desta terça-feira (10) a isenção do pagamento da conta de luz para famílias de baixa renda. Segundo o Ministério de Minas e Energia, 8,9 millhões de famílias devem ser beneficiadas. A medida foi aprovada durante a votação do projeto que viabiliza a privatização de seis distribuidoras de energia controladas pela Eletrobras.
O texto-base da proposta já havia sido aprovado na semana passada, mas os deputados ainda precisavam analisar os destaques (possíveis mudanças ao texto original) para concluir a votação. Durante a análise dos destaques, os deputados modificaram as regras da chamada Tarifa Social. Pela proposta, serão beneficiadas com a isenção do pagamento da conta de luz as famílias: com renda mensal menor ou igual a meio salário mínimo; e que consumirem até 70 kwh/mês.
O texto define, ainda, que o pagamento caberá à Conta de Desenvolvimento Energético (CDE). As famílias beneficiadas com a medida deverão estar incluídas do Cadastro Único dos programas sociais do governo. Durante a sessão, os partidos de oposição defenderam que o consumo fosse de até 80 kwh/mês, mas a base governista defendeu 50 kwh/mês. Diante disso, houve um acordo e os parlamentares chegaram ao consumo de 70 kwh/mês.
Atualmente, os descontos para famílias de baixa renda são calculados com base no consumo, que vai de 30 kwh/mês a 220 kwh/mês. O desconto varia de 10% a 65%. Pela lei atualmente em vigor, somente indígenas e quilombolas cujas famílias são consideradas de baixa renda têm direito ao desconto de 100% na conta de luz. Com a conclusão da votação do projeto, nesta terça, o texto seguirá para votação no Senado e, em seguida, para sanção presidencial.
Durante a análise da proposta, o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), alertou os parlamentares sobre a necessidade de ser feito um estudo sobre o impacto da medida nas contas públicas. “Eu preciso que alguém me informe qual o impacto no orçamento do governo. Se alguém deixará de pagar a conta, outra pessoa vai pagar”, disse Maia.
Em resposta, o deputado Julio Lopes (PP-RJ), relator do projeto, afirmou que não haverá acréscimo de despesas e que a emenda já tinha sido negociada com a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel). “A própria Aneel concordou que não haveria qualquer acréscimo de despesa porque o consumo de todos será monitorado. Hoje, os quatro níveis da tarifa social de energia não são monitorados”, afirmou.
Após a aprovação do projeto, o ministro de Minas e Energia, Moreira Franco, publicou uma mensagem no Twitter na qual afirmou que 14 milhões de pessoas devem ser beneficiadas com a privatização das distribuidoras:

Irrigação
Também na noite desta terça, os deputados aprovaram uma medida provisória (MP) que impede áreas que integram Projetos Públicos de Irrigação (PPIs) de serem retomadas pelo governo caso estejam dadas em garantia como hipoteca a algum banco oficial responsável por financiar o agricultor.
Neste caso, a retomada ficará a cargo da instituição financeira, a quem caberá comunicar o poder público da existência do crédito hipotecário. Um trecho polêmico adicionado ao texto ainda altera um dispositivo da Política Nacional de Irrigação.
Pela nova redação, o governo não poderá declarar quais obras de infraestrutura de irrigação, que provoquem alterações em curso de água ou retirada de vegetação em área de preservação permanente (APP), poderão ser consideradas de utilidade pública para efeito de licenciamento ambiental.
Por se tratar de uma medida provisória, as regras já estão em vigor temporariamente. Porém, para passar a valer definitivamente, a MP ainda precisa ser aprovada no Senado até 24 de julho, quando perderá a validade.