domingo, 22 de julho de 2018

Trama para destituir Nosman teria custado R$ 40 mil aos cofres da FPF que entra com pedido na Justiça de prisão preventiva de Amadeu e Watteau Rodrigues

Resultado de imagem para times querem destituir nosman
Apenas 11 dirigentes se dispuseram a seguir trama, que tentou destituir
Nosman, comandada por Watteau que cumpria ordem de Amadeu...
Os paraibanos e brasileiros em geral (já que foi matéria no Fantástico-Rede Globo), em particular os desportistas, ficaram espantados com a podridão que a "Operação Cartola", deflagrada pela Polícia Civil e o Grupo de Atuação Especial contra o Crime Organizado (Gaeco), descobriu no submundo do esquema criminoso que era operado nos bastidores do futebol paraibano sob comando de Amadeu Rodrigues afastado pela Justiça, por corrupção, da Federação Paraibana de Futebol (FPF), no final do mês passado.
Não satisfeitos com medidas cautelares impostas pela Justiça, o grupo liderado por Amadeu tentou voltar ao comando da entidade semana passada numa grotesca armação montada através de uma assembleia extraordinária fraudulenta para tentar destituir o atual presidente da federação, Nosman Barreiro. Este por sua vez abriu ação criminal contra o grupo por formação de organização criminosa (quadrilha) diante de fartos indícios de continuarem agindo no submundo do crime sujando a imagem da Paraíba.
A trama desta vez tem início no dia quatro (04) passado, menos de uma semana após o afastamento de Amadeu, com uma reunião entre supostos dirigentes de clubes, numa escola estadual em Campina Grande, que teve objetivo de colher assinaturas para preparação de edital convocando assembleia para destituição de Nosman e, ato contínuo, eleição de uma Junta Governativa. Nenhuma das grandes equipes (Treze, Campinense, Botafogo, Sousa, Paraíba, Atlético de Cajazeiras, Nacional e Esporte de Patos) se dispuseram a participar da nefasta reunião.
Uma pessoa em especial teve papel fundamental nessa trama: Watteau Rodrigues. Presidente do Auto Esporte Clube, ele foi a pessoa designada pelo chefe (Amadeu) da organização criminosa para comandar a reunião premeditada no Clube Cabo Branco (dia 16.07). "Nomeado" para secretariar (melhor, comandar) os trabalhos da assembleia fraudulenta a seu bel prazer, Watteau fez um discurso inflamante e calunioso contra Nosman encenando muito bem o papel que lhe delegaram.
Como nesse quesito não há "almoço grátis", em recompensa do desempenho Waltteau foi agraciado pelo chefe (Amadeu) da organização criminosa com a isenção do pagamento de R$ 40.000,00 (Quarenta Mil Reais) referente à dívida contraída pelo presidente do Auto Esporte Clube junto à FPF, em benefício próprio, entre 2016 à maio de 2018, durante a gestão do ex-presidente Amadeu Rodrigues, afastado pelo Justiça.
O acertado entre os increpados (Watteau e Amadeu) fora solidificado através da emissão de um derrame de cheques sem provisão de fundos, emitidos de forma individual quando não podia por Watteau. Que usava o nome do Auto Esporte Clube em favor da FPF, cujos títulos de créditos já mais foram cobrados judicialmente pela FPF. Apesar da federação na oportunidade ter a frente da Diretoria Executiva o então candidato à presidente da entidade: Eduardo Araújo, que, pasmem, nada fez para cobrar a dívida ficando a federação até agora sem receber o que tem direito.
É por isso que Watteau se dispôs a encenar o teatro que tentou destituir Nosman. O pior de tudo isso é que o presidente do Conselho Fiscal da federação, Sr. Marcílio Braz, que deveria zelar pela correção imputada pela função que exerce, sequer emitiu qualquer parecer contrário impedindo o odioso evento criminoso. Sequer teve a cautela de observar que a emissão de cheques por parte do Auto Esporte, seu estatuto que mais precisamente no artigo 63 letra "c" autoriza a emissão de cheques assinados conjuntamente e nunca em ato isolado, por seu presidente, como aconteceu.
"A federação mais do nunca buscando a regularização de toda sua estrutura fica obrigada a proceder com a intervenção no Auto Esporte Clube, para apurar em toda sua profundidade todos os fatos que desencadearam a quebra financeira praticada por seu gestor: Watteau Rodrigues, em consórcio criminoso com o chefe da Orcrim Amadeu Rodrigues e seu comparsa Marcílio de Lima Braz", diz o presidente da entidade.
Diante desses fatos escabrosos, a Federação Paraibana de Futebol está protocolando Pedido de Prisão Preventiva ainda nesta segunda-feira (23), haja visto a pendencia de processo crime para apuração de toda essa trama criminosa. 

Depois de remarcar convenção para um dia depois do PSB, Efraim posa com Lucélio e Cássio

Depois de remarcar a convenção estadual do partido para o dia 5 de agosto, último dia para definição das candidaturas ao pleito deste ano, e em meio a indefinição do PSB quanto a participação na chapa majoritária ao Governo do Estado na condição de vice-governador, o ex-senador Efraim Morais aparaceu surpreendentemente neste sábado (21) na companhia do senador Cássio Cunha Lima (PSDB) e Lucélio Cartaxo (PV), pré-candidatos ao senado e governo pelas oposições, além de outras lideranças, na cidade de Santa Cecília.
O registro fotográfico, destaca Bruno Lira em seu blog, foi feito exatamente um dia após as especulações de que a Executiva Nacional do DEM estaria pressionando o partido a seguir com a oposição na Paraíba, uma vez que a legenda deve seguir com o presidenciável tucano Geraldo Alckmin. Outro ingrediente que deixa o cenário estadual de prontidão,  num indício de suposta revoada do DEM da aliança com o partido do governador Ricardo Coutinho (PSB) e do seu pré-candidato, João Azevedo, é o fato da convenção do Democratas está marcada para o dia 5 de agosto, um dia depois da convenção do PSB.

José Maranhão ganha reforço e oficializa filiação de Dr. Expedito ao MDB...

Pré-candidato ao Governo da Paraíba, o senador José Maranhão, oficializou a filiação do Dr. Expedito Pereira ao MDB, em Bayeux. O ex-prefeito retorna aos quadros do MDB depois de quase 10 anos de afastamento e reforça pré-campanha de Maranhão.
“Maranhão é um exemplo de honestidade e de uma vida pública regada a muito trabalho pela Paraíba. E isso é fácil de se constatar. Basta andar pelo Estado e conferir em cada canto as obras e benfeiturias realizadas em suas gestões. José Maranhão pode contar comigo para o que precisar”, afirmou o ex-prefeito.
José Maranhão também destacou a felicidade de receber novamente o amigo e parceiro político. “Expedito é um filho do MDB e todos nós temos um carinho muito grande por ele. Sempre trabalhou para levar o melhor para Bayeux e hoje tivemos essa festa gradiosa para mostrar o quanto ele é bem-vindo para nós e para o povo de Bayeux”, finalizou o pré-candidato.

Pré-candidatos do Progressistas dá "Carta Branca" para Aguinaldo decidir com qual candidato o grupo vai se aliar...

Terminou sem definição a reunião dos pré-candidatos do Partido Progressista com o deputado federal Aguinaldo Ribeiro sobre a escolha da aliança para o Governo do Estado, ontem, na residência do ex-deputado federal Domiciano Cabral, no bairro do Bessa em João Pessoa.
"Não houve o anúncio de qual das pré-candidaturas será a escolhida para selarmos a aliança do PP este ano", afirmou Domiciano Cabral. Domiciano revelou que por decisão do grupo foi dado ao deputado federal “Carta Branca” para definir a aliança. "Ele está com “Carta Branca” para decidir" completou.

Parabéns para Dr. Paulo Soares, dos melhores pediatras que a Paraíba tem...

Todas as homenagens hoje vão para o amigo pediatra e ex-deputado Dr. Paulo Soares Loureiro, que chegou aos 80 anos neste sábado (21). Dr. Paulo Soares é uma baraúna vinda lá da Fazenda Cardoso em Itaporanga, no Vale do Piancó, que faz parte da história da Paraíba. Um dos melhores pediatras deste estado e que ainda hoje mantém sua clinica pediátrica no Bairro Jardim Luna à disposição das crianças de todas classes e níveis. 
Assim, informa Paulo Márcio - procurador do Estado, que ao lado do também amigo Zé Mário - ex-vereador em Cabedelo - continuam a engrandecer a trajetória de "Paulinho", como carinhosamente é chamado pela família e amigos. A família tem história nesse estado o irmão de Dr. Paulo, o jornalista [manda-chuva do Correio da Paraíba, na década de 80] Soares Madruga foi deputado e presidente da Assembleia.  
Dr. Paulo Soares tem o nome homenageado em placa no Hospital Municipal do bairro do Valentina de Figueiredo, em João Pessoa, bem como, já foi agraciado com a Medalha Epitácio Pessoa [em 2003] - que vem a ser mais alta comenda outorgada pelo Poder Legislativo paraibano, tudo pelos relevantes serviços prestados em prol da criança paraibana. 
São poucas todas as homenagens que Itaporanga e a Paraíba possa prestar à esse grande homem. Parabéns, Dr. Paulo!

Janaína Paschoal será a vice de Jair Bolsonaro e escolha teve forte influência do paraibano Julian Lemos

Julian Lemos e Janaina Paschoal...
O presidente licenciado do PSL, Luciano Bivar, confirmou em entrevista à rádio BandNews que a advogada Janaína Paschoal será a candidata a vice-presidente de Jair Bolsonaro. A chapa deve ser confirmada na convenção nacional da sigla, marcada para este domingo (22). O paraibano Julian Lemos teve papel fundamental na escolha.
Ao fim de um evento de formatura de paraquedistas do Exército neste sábado no Rio de janeiro, Bolsonaro falou sobre o assunto e disse que as conversas para que Janaína seja a sua companheira de chapa estão adiantadas. “Ela é uma pessoa vivida na questão de sofrer pressão, do impeachment, de sofrer muita pressão. Então ela está apta a se manter numa tranquilidade quando pressionada. E logicamente a bagagem cultural dela, vai somar muito”, explicou.
Janaína ganhou notoriedade por ter sido a autora do pedido de Impeachment que acabou tirando Dilma Roussef da presidência da Republica. Ela se filiou ao PSL em abril, perto da data limite para concorrer nas eleições deste ano. Ainda neste sábado, Jair Bolsonaro aproveitou para alfinetar o presidenciável do PSDB, Geraldo Alckmin, pela aliança com os partidos do chamado centrão: DEM, PRB, PP PR e SD.
Eu quero cumprimentar o Alckmin. Ele juntou a alta nata de tudo que não presta no Brasil ao lado dele”, disse. O presidenciável fez uma ressalva, afirmando que não se referia aos deputados e senadores. “A alta nata não quer dizer os parlamentares. A nata que define, que decide as situações”, disse.
Apesar de criticar o bloco de partidos, o deputado viu na última semana naufragar sua tentativa de firmar aliança com um deles, o PR de Valdemar Costa Neto, ex-deputado condenado no processo do mensalão. Com a parceria, ele tentava atrair o senador Magno Malta (ES) como vice em sua chapa.

sábado, 21 de julho de 2018

Paraíba tem 1ª pesquisa registrada no TSE [para governador e senador] e resultado será divulgado na segunda-feira

governadores - FOI DADA A LARGADA: Paraíba já tem pesquisa registrada no TSE e resultado será divulgado na segunda-feira
Com o início do período de convenções partidárias, começa também a corrida de pesquisas eleitorais e a Paraíba já tem sua primeira pesquisa registrada no Tribunal Superior Eleitoral.
A empresa Real Time Big Data, com sede em São Paulo, registrou (por conta própria) a primeira pesquisa para governador e senador da Paraíba. Registrada sob o número PB-02998/2018, a consulta está sendo feita desde ontem, via entrevistas por telefone. O registro foi feito no dia 17, os questionários são aplicados até hoje e o resultado está previsto para ser divulgado na segunda-feira (23).
A metodologia aplicada é a telefônica quantitativa e o estatístico responsável é Izaias Mechille Moth. Segundo o TSE, toda a pesquisa conta com investimento de R$ 15 mil e a amostragem será de hum mil entrevistas, num universo de 2.867.658 eleitores no estado. A confiabilidade dos dados será de 95%, com margem de 3% de erro (para mais ou para menos). Além das entrevistas por telefone, a empresa vai realizar uma segunda checagem através das mídias sociais de 5% dos entrevistados.

Genival Matias consolida apoios à sua reeleição em Barra de São Miguel e Campina

Genival Matias consolida apoios à sua reeleição em Barra de São Miguel e Campina Grande
O deputado estadual Genival Matias, presidente do Avante-PB, continua fortalecendo sua pré-candidatura à reeleição conquistando reforços importantes a cada dia. Ontem (20), o parlamentar participou de um encontro onde recebeu o apoio do ex-prefeito Pedro Pinto, de Barra de São Miguel, e Adriana Agra, viúva do ex-vereador de Campina Grande, Alberto Agra. 
Pedro Pinto foi prefeito de Barra de São Miguel durante quatro mandatos e reelegeu dois sucessores. Ele anunciou o apoio e de todo seu grupo político a pré-candidatura de Genival Matias durante encontro nesta sexta. “Agradeço demais pela confiança. Pedro Pinto fez muita coisa por Barra de São Miguel. Ele tem uma grande liderança no município e sem dúvida vai agregar e muito ao meu projeto de reeleição à ALPB. Fiquei muito feliz ao receber o apoio dele (ex-prefeito), dos seus filhos e de todo o grupo político que acompanha Pedro Pinto, que é um grande líder e tem o reconhecimento da população”, comemorou o deputado
Durante o encontro, outro apoio que o deputado recebeu foi da Adriana Agra, viúva do ex-presidente da Câmara de Campina Grande, Alberto Agra. Na ocasião, ela se filiou ao Avante e referendou o seu compromisso em apoiar a pré-candidatura de Genival Matias. “Adriana Agra tem uma história de luta na política. Ela é viúva do ex-vereador Alberto Agra, que já presidiu a Câmara de Campina Grande e foi vereador por dois mandatos, e também já foi candidata a deputada. Ela tem uma militância forte em Campina e região e ter recebido o apoio dela é um passo importante nesse momento que a nossa pré-candidatura está passando. Adriana e Pedro chegam para somar e fortalecer um grupo que cresce a cada dia e juntos vamos lutar para melhorar a Paraíba”, falou o deputado Genival Matias.
Presentes também na reunião Juciê Ferreira, irmão do vereador Janduy Ferreira (Campina Grande), prefeito de Juazeirinho Bevilacqua, a liderança de Lagoa Seca Zezinho e o presidente da Câmara Cícero Silva, além de demais amigos que acompanharam o encontro.

Ex-secretário da Casa Civil e da Educação, da gestão RC, vão coordenar campanha do PSOL ao Governo...

Resultado de imagem para lúcio flávio ex-chefe da casa civil
O PSOL está em busca de um lugar ao “sol”. Tanto que largou na frente dos concorrentes em vista a corrida ao Palácio da Redenção nas eleições de outubro, e começa a partir da antecipação da convenção, marcada para este sábado (21). Em entrevista a Écliton Monteiro, em seu Políticaetc, o pré-candidato Tárcio Teixeira anunciou dois coordenadores de peso sua campanha.
São nomes conhecidos da política paraibana, até porque já fizeram parte do “staff” do Governo Ricardo Coutinho. Nada mais, nada menos, do que Lúcio Flávio Vasconcelos (foto), ex-chefe da Casa Civil, e Fernando Abah, ex-secretário de Educação do governista PSB. 
Nomes que repercutem e, com isso, mostra que o PSOL está com uma mentalidade nova. Promete dar trabalho a muita gente grande nas eleições deste ano.

PSB muda local e antecipa data da convenção que homologará chapa encabeçada por João Azevêdo

O presidente do PSB na Paraíba, Edvaldo Rosas, informou, nesta sexta-feira (20), que a data da convenção partidária que homologará a chapa encabeçada por João Azevêdo foi antecipada para o dia 4 de agosto. O evento, que inicialmente foi programado para acontecer no dia 5 de agosto [no Clube Cabo Branco], acontecerá das 9h às 17h, na casa de shows Forrock, localizada na estrada de Cabedelo.
Edvaldo Rosas explicou que a antecipação se deu em virtude de a Direção Nacional do PSB agendar para 5 de agosto o dia para a realização da convenção nacional do partido. O dirigente socialista adiantou que a convenção do PSB paraibano contará com a participação de representantes de todos os partidos que apoiam a pré-candidatura de João Azevêdo ao Governo.
Edvaldo Rosas revelou que lideranças do PSB nacional deverão participar da convenção paraibana. Ele antecipou a participação no evento do governador Ricardo Coutinho, presidente de honra da legenda socialista na Paraíba.

Wilson Braga declara apoio à pré-candidatura de Álvaro Neto, à deputado federal...

O ex-governador da Paraíba, Wilson Leite Braga, declarou apoio à candidatura a deputado federal de Álvaro Neto(Avante), durante confraternização com amigos, em comemoração ao seus 87 anos de idade, realizada em um restaurante de João Pessoa, na última quarta-feira(18).
Wilson Braga destacou, na ocasião, que a “família Gaudêncio tem importância especial na história política da Paraíba e que a eleição de Álvaro Neto como deputado federal, no pleito de outubro próximo, será a consagração da sua operosa vida pública, como político honesto e comprometido com as causas da Paraíba e o do seu povo”.
– A pré-candidatura de Álvaro Neto tem o meu apoio, e quem o apoiar é meu amigo, enfatizou o ex-governador Wilson Braga.

Cúpula da CBF recebe Nosman Barreiro no Rio de Janeiro e o saúdam com grande expectativa em sua gestão para melhorar a imagem do futebol paraibano

A imagem pode conter: 3 pessoas, incluindo Pedro Lacerda, pessoas sorrindo, pessoas em pé e terno
Roberto Caboclo abraçando Nosman e Patrícia...
O Presidente da Federação Paraibana de Futebol (FPF), Nosman Barreiro foi recebido pela cúpula da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) na noite dessa sexta-feira (20), na sede da entidade na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro. Acompanhado da esposa, Patrícia Trindade, Nosman foi saudado e abraçado pelo presidente da CBF Rogério Caboclo (eleito que assume a partir de 2019), pelo presidente do STJD Paulo Filho, pelo Doutor Carlos Eugênio - diretor jurídico da CBF, e demais membros da Cúpula da CBF.
Esse encontro se deu depois de um início de semana bastante tumultuado com a armação orquestrada pelo grupo que foi afastado da federação, por determinação judicial, que tentava destituir Nosman para poder continuar cometendo desmandos na FPF. O presidente da CBF, Rogério Caboclo durante conversa com Nosman disse ter grande expectativa em sua gestão para melhor a imagem do futebol paraibano e recebeu do mesmo a garantia de seguir nessa linha buscando sempre zelar pelo futebol no estado. 
Ao final do encontro, Nosman Barreiro se colocou à disposição da CBF para juntos trabalhar pelo fortalecimento do futebol paraibano e brasileiro. "Fui muito bem recebido e me coloquei à disposição do presidente Rogério Caboclo para que juntos possamos dar nossa contribuição no fortalecimento do futebol brasileiro", pontuou Nosman.

A imagem pode conter: 2 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé e terno A imagem pode conter: 2 pessoas, terno
A imagem pode conter: 3 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé, terno e área interna A imagem pode conter: 3 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé e terno
A imagem pode conter: 2 pessoas, pessoas sorrindo, pessoas em pé e terno A imagem pode conter: 4 pessoas, área interna
O presidente Roberto Caboclo apresentou Nosman aos demais membros da cúpula da CBF e disse que a expectativa é pelo fortalecimento do futebol paraibano. 

sexta-feira, 20 de julho de 2018

'Blocão' indica Josué Gomes como candidato a vice na chapa de Alckmin...

 Josué Gomes (PR), filho do ex-vice-presidente José Alencar, em discurso na Assembleia Legislativa de Minas Gerais (Foto: Guilherme Dardanhan/ALMG)
O "Blocão" – antigo "Centrão" – indicou nesta quinta-feira (19) a Geraldo Alckmin, pré-candidato do PSDB à Presidência, o nome do empresário Josué Gomes (PR) como candidato a vice na chapa. Na reunião, DEM, SD, PRB, PP e PR articularam um encontro, para a próxima quarta (25), para acertar os detalhes. Os partidos se reuniram com Alckmin nesta quinta, em São Paulo. Após o encontro, integrantes do "Blocão" disseram que o apoio ao tucano "caminhou bem".
Filho do ex-vice-presidente da República José Alencar, Josué Gomes é do PR. Quem encabeça a articulação para ele ser candidato a vice de Alckmin é Valdemar Costa Neto, principal cacique do partido. A data proposta para anunciar o apoio do "Blocão" a Alckmin é quinta-feira que vem, dia 26.

Outros pleitos
Na reunião desta quinta, o DEM ficou de trabalhar resistências em dois estados ao nome de Alckmin: Goiás e Mato Grosso. Presidente do Solidariedade, o deputado Paulinho da Força quer discutir alternativas para financiar os sindicatos com a extinção do imposto sindical. Alckmin se diz aberto a debater o tema.

Encontro às pressas
A reunião do grupo com Alckmin nesta quinta foi às pressas, e partiu do prefeito de Salvador (BA), ACM Neto (DEM), e do presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ). Os dois estavam em Brasília e queriam avançar nas conversas antes da viagem de Maia para o exterior, na semana que vem. Como a reunião foi organizada de última hora, o senador Ciro Nogueira, presidente do PP, e Valdemar Costa Neto não conseguiram organizar as agendas para comparecer ao encontro com Alckmin. O deputado federal paraibano Aguinaldo Ribeiro, líder do governo, fechou o apoio pelo PP.

Presidente da FPF, Nosman Barreiro abre ação criminal por formação de organização criminosa contra o grupo que tentou destituí-lo do cargo

Resultado de imagem para clubes destituem nosman da fpf
Após a tentativa frustrada de buscar destituí-lo da Presidência da Federação Paraibana de Futebol (FPF), durante uma "assembleia-geral" fraudulenta realizada na última segunda-feira (16) no Clube Cabo Branco, em João Pessoa, Nosman Barreiro acionou criminalmente nesta quinta-feira (19) por formação de organização criminosa (quadrilha) o grupo que tentava retornar ao comando da entidade sob a inescrupulosa liderança do ex-presidente Amadeu Rodrigues, afastado pela Justiça por prática de corrupção.
Foram processados por formação de organização criminosa os senhores: Marcílio de Lima, presidente da Conselho Fiscal da FPF que convocou [sem ter essa prerrogativa] a malfadada reunião de clubes; Eduardo Marcelo Carneiro de Araújo, ex-diretor executivo na gestão de Amadeu; Ademário Costa Cavalcanti, atual diretor de Registro e Transferência da própria FPF; Amadeu Rodrigues, ex-presidente afastado pela Justiça por prática de corrupção na FPF; e Waltteau Rodrigues da Silva Júnior, presidente do Auto Esporte Clube que secretariou os trabalhos da malfadada reunião.
Numa armação ardilosa, a "assembleia" teve o propósito de destituir o atual presidente (Nosman) com apenas 11 (votos) num universo de 62 filiados à federação, embora, a convocação tenha sido avalizada por 26 "representantes" de clubes. Não mais do que torpe, o motivo para destituir um presidente que assumira apenas 7 (sete) dias antes se baseava numa possível gestão "temerária". O que, claro, não se sustenta haja vista que não houve nem tempo de esquentar a cadeira. Para tanto, os "dignos" 11 eleitores elegeram uma "junta administrativa" que não tomou posse por falta de legalidade e legitimidade.
Os envolvidos na trama queriam que o grupo apeado do poder pela Justiça, no final do mês passado, por prática de corrupção, retornasse ao comando da entidade cuja gestão do presidente afastado Amadeu Rodrigues foi responsável por sujar a imagem da mesma e do futebol paraibano. Durante a teratológica "reunião" foram eleitos como membros da "junta administrativa" Arthur Ferreira e Eduardo Fastino Diniz, que até ensaiaram ir tomar posse mas vendo que a armação encenada não perduraria por muito tempo logo seriam desmascarados.
Num dos trechos da ação criminal, diz que o edital de convocação da assembleia geral dos clubes filiados à federação publicados no jornal A União dia 07.07.2018 é de conteúdo "nocivo ao bem público" cuja faceta criminosa foi idealizada pelos "representados" com objetivo de destituir Nosman do cargo de presidente da FPF "cujos atos preparatórios e antecedentes" serviram de lastro para provável candidatura de Eduardo Araújo que usou a imprensa para propagar seu nome como candidato a presidente da FPF, sendo este pessoa de confiança do ex-presidente Amadeu - afastado por corrupção cujos fatos foram comprovados através de procedimento criminal apurado pelo Gaeco do Ministério Público.
Porém, na referida publicação aparece em nome da federação Marcílio de Lima Braz assinando o edital de convocação, sem essa prerrogativa cujo ato só poderia ser efetivado pelo presidente (art. 32 da norma estatutária). A ação diz que contaram, ainda, os representados com a ajuda de Ademário Costa (atual diretor de Registro e Transferência da FPF), pasmem, sem ser pessoa habilitada votou em sessão aberta na referida reunião indevidamente realizada no dia 16.07.2018 e "falseando a verdade", diz os autos do processo, se intitulou representante legal da Agremiação Desportiva União, quando na realidade nenhum vinculo detém com a referida entidade desportiva, e de tudo sabendo o "increpado" Wallteau Rodrigues - que secretariou os trabalhos.
Com efeito, diz os autos do processo, Ademário ainda colocou seu nome em votação fraudulenta para assumir interinamente a federação que pela prerrogativa da função exercida na mesma era impedido de exercer qualquer outro cargo ou função (art. 16 da norma estatutária). Com efeito, a frente de toda articulação criminosa está o increpado Amadeu Rodrigues, afastado pela Justiça por corrupção na FPF, em 30.06.2018 em entrevista ao Jornal Correio da Paraíba prescreveu o anúncio da antecipação da eleição na federação [cujo mandato atual só se encerra em dezembro próximo).
Na ata de convocação da referida assembleia verifica-se apenas 26 assinaturas de entidades filiadas, cujos "representantes" naquele documento, em alguns casos, não se trata de seus respectivos legais. Esse número, ainda que a regularidade de representação de todos fosse atestada, é muito inferior ao necessário para convocação de antecipação da eleição que requer a presença de 47 filiados (art. 21 da norma estatutária). O que evidencia um conluio dessas pessoas que de maneira autoritária e ditatorial buscavam a destituição do presidente atual - eleito democratica e legitimamente em 2014 como vice-presidente, que acabara de assumir a presidência em virtude de decisão judicial que afastou seu antecessor.
Nosman Barreiro continua na Presidência da Federação Paraibana de Futebol (FPF) e segue desenvolvendo seu trabalho focando o zelo e cuidado com a federação. Na ação criminal que moveu contra o grupo por formação de organização criminosa, encontra-se arrolados como testemunhas Antônio Marcos Souto Maior Filho, Marcos Lima e todos os representantes de clubes identificados na ata fraudulenta realizada em 16-07-2018.

quinta-feira, 19 de julho de 2018

Dois coelhos com uma só cajadada: Aguinaldo e Alckmin discutem apoio no plano federal e estadual com indicação de Daniella ao Senado, na chapa do PV-PSDB...

Resultado de imagem para aguinaldo ribeiro no avião
O Antagonista informa o seguinte:

“Aguinaldo Ribeiro, líder do governo na Câmara, está neste momento no avião, a caminho de São Paulo, onde conversará com Geraldo Alckmin em nome do PP”. A nota destaca, ainda, que “antes de embarcar, o deputado estava com Michel Temer no Palácio do Planalto”.
Bem, a missão política nacional poderá ter um desdobramento no plano estadual. Aguinaldo pode estar ultimando a decisão sobre aliança com a pré-candidatura de Lucélio Cartaxo (PV), ao Governo da Paraíba, indicando sua irmão a deputada estadual Daniella Ribeiro (PP) como candidata ao Senado ao lado do senador Cássio Cunha Lima (PSDB) - que disputa a reeleição.

Marco Antonio Cartaxo lança pré-candidatura a deputado federal em evento que contou com presenças de Luciano, Lucélio e Cássio

 
Um encontro realizado em um ambiente privado marcou o lançamento da pré-candidatura do ex-vereador Marco Antonio Cartaxo (PV) a deputado federal, na noite desta quarta-feira (18) em João Pessoa. A ação contou com as presenças do prefeito Luciano Cartaxo (PV), do pré-candidato a governador Lucélio Cartaxo (PV), do senador Cássio Cunha Lima (PSDB – pré-candidato à reeleição), do pré-candidato a deputado estadual Zennedy Bezerra (PV) e de várias lideranças políticas.
Durante a reunião também foram consolidados o apoio à pré-campanha de Marco Antonio por parte dos ex-vereadores Benilton Lucena (atual ouvidor geral do município), José Bezerra Filho (adjunto municipal da Articulação Política), Bira Pereira (secretário de Transparência Pública da PMJP) e Santino Braz, entre outras lideranças. Também estiveram presentes o secretário municipal de Saúde, Adalberto Fulgêncio, o presidente da Sociedade Brasileira de Cardiologia, o médico Marcelo Queiroga, familiares e amigos.

quarta-feira, 18 de julho de 2018

Ator da Globo vem a João Pessoa treinar João Azevêdo para a campanha eleitoral

odilon
O governador Ricardo Coutinho (PSB) não está para brincadeira quando o assunto é eleger o sucessor nas eleições de outubro. Ricardo não mede esforços no tocante às estratégias de convencimento do eleitor paraibano sobre a continuidade do projeto do PSB. Para tanto, sabe que seu pré-candidato precisa está pronto para o duro embate que é a disputa pelo poder no estado.
Nesse contexto, o experiente ator global, Odilon Wagner, personagem de várias novelas de sucesso da Rede Globo, foi contratado pelo Jardim Girassol para dá um up-grade à pré-campanha de Azevêdo. O ator esteve na capital, semana passada, para treinar o pré-candidato socialista sobre postura, entonação, como transmitir emoção nos discursos e ter uma comunicação mais segura, emocionante e convincente nas apresentações e debates.
O deputado Frei Anastácio (PT), consciente ou não da preparação, revelou que já percebeu um João com uma melhor desenvoltura, durante discurso na reunião de ontem (17), com os parlamentares na Granja Santana e o governador. “João Azevêdo participou da reunião participou com uma fala muito boa, com muita desenvoltura. Eu até fiquei impressionado”, disse o petista.

Ausência de progressita em café da manhã com Ricardo sinaliza tendência do PP

IMG-20180717-WA0338
Após reunião com os aliados durante café da manhã, na Granja Santana, nesta terça-feira (17), o governador Ricardo Coutinho (PSB) posou para foto com os deputados aliados.
Apenas dois parlamentares faltaram ao encontro, com cunho totalmente eleitoral. Julys Roberto (MDB), que apoia à pré-candidatura do senador José Maranhão (MDB) e Galego Souza (PP), que espera definição do partido. A ausência de Galego é um indício que a legenda deve mesmo permanecer no projeto político de Lucélio Cartaxo (PV). Segundo fonte, Galego tem defendido a aliança do Progressistas com o PV.
De acordo com alguns parlamentares que estiveram presentes, o governador falou sobre o retorno dos trabalhos no legislativo paraibano, mas tratou ainda do cenário político. “A pauta foi a definição das coordenações de campanha e, acima de tudo, uma avaliação de como a pré-candidatura de João Azevêdo (está evoluindo). Estamos definido estratégias e a expectativa de colher tudo que está sendo oferecido ao Estado da Paraíba”, disse do deputado Lindolfo Pires (Podemos). O pré-candidato, contido, deixou o local sem conceder entrevistas, segundo uma emissora de rádio local.
Presentes ao encontro estavam: Veneziano Vital do Rêgo (PSB), Nabor Wanderley (PRB), Adriano Galdino (PSB), Lindolfo Pires (Podemos), João Bosco Carneiro (PPS), Tião Gomes (Avante), Aníbal Marcolino (Avante), João Gonçalves (Podemos), Genival Matias (Avante), Estela Bezerra (PSB), Ricardo Barbosa (PSB), João Azevêdo (PSB), Frei Anastácio (PT), Trócolli Júnior (Podemos), Arthur Cunha Lima Filho (PRP), Inácio Falcão (PCdoB), Jeová Campos (PSB), Antônio Mineral (PSB), Branco Mendes (Podemos), Edmilson Soraes (Podemos), Doda de Tião (PTB), Zé  Paulo (PT), Buba Germano (PSB), Hervázio Bezerra (PSB), Gervásio Maia (PSB) e o governador Ricardo Coutinho (PSB).

terça-feira, 17 de julho de 2018

'Sou pré-candidata à senadora', revela Daniella no Programa Frente a Frente da Arapuan

Após um período longe do holofotes ao ter seu nome sondada para o Senado por basicamente todas as chapas majoritárias que se formam na Paraíba, a deputada estadual Daniella Ribeiro (Progressista) quebrou o silêncio, na noite desta segunda-feira (16), e anunciou que disputará mandato em Brasília nas eleições de outubro. “Sou pré-candidata a senadora”, destacou a parlamentar em entrevista ao programa Frente a Frente, apresentado pelo jornalista Heron Cid, na TV Arapuan.
Entretanto, ela não revelou a chapa que vai integrar. Para a campinense, essa será uma decisão não dela, mas do Progressistas. “Essa é uma decisão partidária”, garantiu Daniella alegando que nas pré-candidaturas de João Azevêdo (PSB), Lucélio Cartaxo (PV), e José  Maranhão (MDB)  existem suas “divergências” e também “convergências”.
Daniella ressaltou que muitos fatores pesaram para a sua tomada de decisão como o crescimento do Progressistas na Paraíba e também a possibilidade de se eleger a primeira senadora paraibana. “Nunca tivemos uma mulher no Senado. É uma oportunidade também”, destacou.

Cássio e Veneziano

Questionada sobre o fato de ir para a  disputa com nomes de maior envergadura política como o senador Cássio Cunha Lima (PSDB) e o deputado federal Veneziano Vital do Rêgo (PSB), Daniella disse que não se sente ‘prejudicada’ por não ter sua pré-candidatura lançada com antecedência como foram as dos concorrentes. 
Ela considerou que o processo eleitoral sobre o seu nome tem se dado de forma correta porque tem revelado, além de tudo, sua trajetória política. “Esse processo veio da forma correta e legítima. Do jeito que deve acontecer. Entender que tem que se conhecer um pouco mais. Eu vim entrar na vida pública não porque teve uma decisão do meu pai. Houve uma dificuldade muito forte porque ele não queria. Queria me proteger desse mundo que era machista. Eu forcei muito para ser política”, destacou.

“O que o PT poderia fazer, já fez”, diz Macedo sobre sinalizações ao PSB

O presidente do PT da Paraíba, Jackson Macedo, disse, nesta segunda-feira (16) que a partir de agora o partido segue apenas aguardando o posicionamento do PSB do Estado, quando o apoio a Lula, para definir a sua posição nas eleições deste ano. Segundo Macedo, o PT já fez o que poderia fazer em termo de articulação e debate, e apenas revindica o apoio do governador Ricardo Coutinho (PSB) e do pré-candidato João Azevedo (PSB) à pré-candidatura de Lula.
“Aguardamos a decisão do PSB ao apoio a pré-candidatura de Lula. O que o PT poderia fazer, já fez, o PT reivindicava a chapa, fez o debate sobre a participação dos partidos aliados de Temer na chapa, mas agora o mais importante é o apoio de Azevedo e Ricardo a pré-candidatura de Lula. Estamos aguardando, o PSB de Pernambuco já se manifestou favorável. Se o PSB fechar com Lula, estaremos aqui”, disse.