sábado, 18 de maio de 2013

PSDB elege senador Aécio Neves seu novo presidente e dá arrancada para apresentá-lo como candidato à Presidência da República em 2014.

Eleito neste sábado (18) como novo presidente nacional do PSDB, o senador Aécio Neves (PSDB-MG) assumiu o cargo com a defesa do governo do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso (PSDB), inclusive as privatizações adotadas na gestão do tucano, além de ataques à gestão do PT. As privatizações foi tema sensível nas campanhas do PSDB e usadas por adversários para atacar a gestão tucana.
A escolha de Aécio para o comando do partido dá início às articulações da sigla para lançá-lo candidato ao Palácio do Planalto em 2014. O tucano e a nova executiva nacional do PSDB foram eleitos com votos favoráveis de 521 dos 535 delegados do PSDB que participaram neste sábado da convenção da sigla, em Brasília.
O senador paraibano Cássio Cunha Lima foi eleito um dos seis vices-presidentes da legenda e terá a missão de coordenar a agenda do mineiro no Nordeste.

Além de ter o processo mais caro do país, TRT-PB apresenta 'inchaço' na folha de pessoal e irregularidade no cumprimento de horários.

O ministro-corregedor da Justiça do Trabalho, Ives Gandra  Martins Filho, apresentou ontem ao presidente do Tribunal Regional do Trabalho da Paraíba, desembargador Carlos Coelho, o resultado da correição realizada no TRT-PB, cujos principais problemas identificados foram: ter o processo judicial trabalhista mais caro do país, estimado em cerca de R$ 7,5 mil cada processo; 'inchaço' na folha de pessoal; e irregularidade no cumprimento do horário de expediente dos serviços, que implica em redução do horário de atendimento do público.
“O que mais me chamou a atenção antes de vir à Paraíba foi verificar que hoje o processo trabalhista na Paraíba é o mais caro do Brasil, ou seja, em torno de R$ 7,5 mil o processo, que é mais ou menos o que recebe o trabalhador na Paraíba nas demandas. Então eu queria saber por quê? E detectei dois fatores, fundamentalmente: um inchaço do tribunal em termos de funcionários, tanto na primeira quanto na segunda instância, herança do período de desmandos que originaram a intervenção do TST no tribunal, no ano de 1997, descompassando a relação de gastos da máquina com o número de processos solucionados, e a outra é a restrição do Supremo Tribunal Federal, que os tribunais do trabalho julguem ações que envolvam prefeituras e o governo do Estado”, disse Ives Gandra.
O ministro-corregedor confirmou que várias varas do trabalho do interior que tinham mais demandas de servidores municipais acabaram prejudicadas. “A recomendação é que haja remanejamentos. Municípios que têm 105 processos por ano, que eu considero pouquíssimos, deixa de ser vara e conta com posto avançado. Os maiores com uma vara a mais”, afirmou. Gandra criticou o fato de o TRT-PB manter uma jornada de trabalho reduzida para atendimento à população toda segunda e sexta-feira. “Como o tribunal admite ter uma jornada que começa três horas mais tarde na segunda e termina três horas mais cedo na sexta?”, questionou. O TRT possui 27 varas e cerca de mil servidores.
O presidente do órgão, desembargador Carlos Coelho, considerou o trabalho de Ives Gandra minucioso e preocupado com as questões do tribunal. “Vamos fazer o possível para cumprir as orientações e determinações contidas na ata. O inchaço é histórico e, em tese, não podemos tratar imediatamente. É um quadro estruturado com fixação da Justiça quanto ao número de funcionários. Quanto ao horário vamos estudar porque havia entendimento que não poderia se mexer em horário de tribunal, mas iremos aplicar a recomendação”, afirmou. (com Wagner Lima)

Vereador Juciê denuncia falta de merenda nas escolas da zona rural de Diamante: "Crianças passam grande parte do dia sem se alimentar".

Sabe-se que a Educação é um dos setores que merece muita atenção por parte da gestão de qualquer cidade, seja na zona urbana ou na zona rural. Sendo assim, as escolas devem oferecer uma educação de qualidade a seus alunos, pois a educação é a base de tudo. Mas não é bem isso que se ver em Diamante. Enquanto algumas escolas situadas na zona urbana dispõem de um ensino qualificado, escolas da zona rural ficam a desejar.
De acordo com o vereador Juciê (na foto ao lado com uma professora e alunos), muitas escolas estão em um péssimo estado de conservação, ou seja, apresentam falha em sua estrutura, tendo, por exemplo, paredes com rachaduras, telhado danificado, falta de higiene, entre outros pontos. O parlamentar-mirim ainda destaca principalmente a falta de merenda escolar, alegando que muitos alunos da Creche Infantil da Comunidade Quilombola Barra de Oítis passam grande parte do dia sem se alimentar chegando ao ponto de chorar. 
Para Juciê isso é um absurdo, pois “se um ser humano já adulto sem uma alimentação adequada fraqueja, imagina uma criança”, afirma. No entanto, para que uma criança desenvolva um bom desempenho é preciso que a escola ofereça a principio boas condições estruturais e uma boa merenda. “Sendo assim, eu e meus companheiros iremos continuar as nossas visitas às escolas para fiscalizar e cobrar da prefeitura municipal as devidas soluções para que isso deixe de acontece em nosso município, pois não à uma educação sem um bom investimento”, finalizou Juciê. (com Diamantenews)

sexta-feira, 17 de maio de 2013

João Guimarães denuncia entrave causado pela Defesa Agropecuária que estaria prejudicando o comércio do rebanho bovino em Itaporanga

O comerciante, atualmente exercendo cargo de vereador em Itaporanga, João Guimarães (PSC) procura o Blog para denunciar que a Defesa Agropecuária está prejudicando inúmeros criadores de gado por conta da exigência estar o rebanho bovino 100% vacinado, com data do último dia 10, do mês correntes. Entretanto, segundo o vereador, não havia disponibilidade de vacina contra a febre aftosa, que só chegou em Itaporanga nesta quarta-feira (15). 
Com isso, o abete de animas para posterior comercialização fica comprometida já que é dado um prazo de quinze dias para esse fim. "Como poderemos cumprir esse prazo se as vacinas só foram disponibilizadas cinco dias depois do prazo estabelecido pela Defesa Agropecuária. É impossível declarar e comprar na mesma hora", diz o vereador. João Guimarães ainda queixa-se da ausência de pessoal capacitado no órgão para atender os criadores.
"Não há gente capacitada para nos atender lá. É uma desorganização completa", pontua. Ele também diz que não está sendo emitida a GTA que permite o livre trânsito do rebanho e pede providências urgentes junto às autoridades estaduais: "A GTA não está sendo emitida porque a Defesa Agropecuária quer que estejam 100% do nosso rebanho vacinado, com data do dia 10 ao dia 11, mesmo sem haver tempo hábil para a vacinação. Assim está prejudicando o comércio geral", concluiu João Guimarães.   

Vereador Hélio do Bar dispara à queima-roupa ao afirmar que vereadores da oposição tem um "passado sujo"...

Ainda durante a sessão ordinária desta quinta-feira (16), da Câmara Municipal de Itaporanga, o vereador Hélio do Bar (PTB) disparou um 'torpedo' à queima-roupa contra a bancada de oposição, na Casa, que só veio se dá conta do ocorrido após o término da reunião, a penúltima desse primeiro período legislativo. 
Contrariado com as queixas feitas pela oposição contra o Executivo Municipal, o petebista subiu à tribuna e afirmou, mesmo sem ser atacado, que tem uma "vida limpa" ao contrário de vereadores da oposição que, segundo ele, têm um "passado sujo". "Tenho uma vida e um passado limpo, ao contrário, de vereadores da bancada de oposição, que tem um passado sujo".
O vereador (na foto ao lado), porém, não quis dar nomes aos 'bois' e acabou generalizando o ataque com suas colocações pondo sob suspeita, de uma lapada só, todos os vereadores da bancada de oposição: Jacklino Porcino (PMDB), Ricardo Pinto (PSDB), Isabelle Mendes (PSDB), Joaquim Salviano (PSDB), Nel de Duvan (PSDB) e João Guimarães (PSC).
Em verdade, se for colocado em questão a atuação parlamentar, então, todos os onze vereadores não detinham mandato na legislatura passada. O que remete, para o equilíbrio dos trabalhos legislativo, o endereço completo, contendo, inclusive, número e cep, de quem tem passado e vida não pregressa e está exercendo um mandato legislativo na Casa de Adauto Antônio de Araújo.  

Colégio Diocesano 'Dom João da Mata' festeja mais um ano a aprovação de dezenas de alunos no Vestibular 2013...

Num mundo competitivo como o que vivemos, buscar a qualificação profissional é fundamental. No caso dos alunos concluintes do Ensino Médio, o acesso ao Ensino Superior é o primeiro passo para essa qualificação. Tão importante e significativo quanto ser aprovado no Vestibular ou conseguir uma vaga mediante ao bom desempenho no ENEM e Sisu, é o preparo dos candidatos até chegar a essa fase. Um ensino de qualidade durante a formação básica tem importante contribuição nesse processo. 
Referência na área educacional, o tradicional Colégio Diocesano 'Dom João da Mata' comemora mais um ano os ótimos resultados com a aprovação de dezenas de alunos em vestibulares realizados em diversas instituições de ensino, universidades federais/estaduais e faculdades. Os passos de futuros engenheiros, advogados, jornalistas, pedagogos, nutricionistas, arquitetos, fisioterapeutas, psicólogos, entre tantas outras escolhas trilham agora mais confiantes, pois levam consigo a aprendizagem trabalhada ao longo do Ensino Médio e as vivências e valores repassados por toda a equipe do Colégio, desde o Ensino Fundamental, que além de profissionais em potencial, também forma cidadãos. 
Em contato com o Blog, a direção do educandário disse que sente-se orgulhosa pelo desempenho de seus alunos, ao garantirem vagas no Ensino Superior em renomadas instituições de ensino. Ora, como obter êxito em um processo seletivo sem estar bem preparado? Investir na formação é primordial. O compromisso da escola com os alunos, e suas respectivas famílias, é lhes proporcionar um ensino de qualidade, e o papel desses alunos é absorver e aproveitar tudo que lhes é oferecido. Só assim o sucesso, e o ingresso em boas universidades se torna possível e, consequentemente, bons profissionais e cidadãos vão sendo formados.
O sentimento de dever cumprido gratificou a todos os envolvidos no processo de ensino-aprendizagem dos alunos do Colégio Diocesano 'Dom João da Mata' aprovados. A direção deste tradicional educandário itaporanguense, a professora Petronila Neves (na foto acima), diz sempre que o Colégio trabalha visando a formação para a vida, oferecendo uma educação e ensino de qualidade, disponibilizando aos alunos o melhor material didático, aliado a uma equipe de profissionais gabaritados e oferecendo uma estrutura com espaços bem definidos, que atendam todas as necessidades e expectativas de excelente vida escola.
Tudo isso, diz ela, faz parte da conquista de cada um desses alunos que devem agradecer aos pais e familiares que lhes proporcionaram essa formação ao longo da vida e que hoje colhem os frutos desse investimento. "É motivo de muita comemoração. Ficamos muito felizes", disse a diretora Petronila Neves. Em fim, O Colégio Diocesano parabeniza seus alunos por essa grande vitória e acredita no sucesso, baseado na sua educação de qualidade. Eis, abaixo, a relação dos aprovados no Vestibular 2013: 
01. Lourimar Beethover - Computação (UFPB) / Engenharia Florestal (UEPB)
02. Jéssica Araújo - Ciências Biológicas (UFCG)
03. Murilo Kerly - Direito (FIP)
04. Acilon Antônio - Física (UEPB)
05. José Judeilton - Química (UEPB) / Engenharia Química (Sisu/UFCG)
06. Maria Clara - Serviço Social (UEPB)
07. Josias Tolentino - Odontologia (FIP) / Ciências Biológicas (UEPB)
08. Erisson Araújo - Fisioterapia (UNIPÊ)
09. José Welerson - Matemática (UEPB)
10. Francisca Mikelly - Nutrição (FIP) / Computação (UEPB)
11. Luana Diniz - Administração (UEPB)
12. José Wesley Araújo - Computação (Sisu)
13. Mineli Alves - Direito (FIP)
14. Ana Cecília - Letras (UFPB) / Ciências Biológicas (UFCG) / Enfermagem (FIP)
15. Victor Hugo - Direito (Maurício de Nassau)
16. Ery-Jeferson - Enfermagem (UFPB) / Odontologia (FIP)
17. Mateus Vicente - Enfermagem (UFPB e Prouni)
18. Armando Costa - Direito (FIP)
19. Suzana Maria - Fonoaudiologia (UEPB)
20. José Mateus Aureliano - Biomedicina (FIP)
21. Nara Júlia - Enfermagem (UEPB)
22. Gustavo Rodrigues - Odontologia (FIP e UEPB)
23. Thalyta Karen - Química (UFPB)
24. Hugo Folly - Informática (FIP)
25. Eurides Siqueira - Psicologia (UEPB) / Odontologia (FIP)
26. Ana Thayannny - Fisioterapia (FIP)
27. Layane Bastos - Engenharia de Energia Renováveis (UFPB) / Ciências Contábeis (UEPB)
28. Joyce Pereira - Enfermagem (FIP)
29. Thalisson Henriques - Fisioterapia (FIP) / Direito (UNIPÊ)
30. Cayo Iaslley - Física (UEPB) / Ciências da Computação (UNIPÊ-Prouni)
31. Sara Morgana - Tecnologia dos Alimentos (IEF)
32. Luiana Ferreira - Ciências Biológicas (UFCG)
33. Juciano Romão - Sistema de Informação (UFCG)

Renomado advogado Michel Saliba fala durante entrevista sobre reforma política, relação com colegadas da Paraíba, dentre outros assuntos...

Com notória atuação, sobretudo, em matéria de direito eleitoral, e atuando, com freqüência, na órbita dos tribunais superiores, em Brasília, o advogado eleitoralista Michel Saliba ocupa espaço no Blog para emitir opiniões acerca de assuntos palpitantes do atual momento nacional. Ele fala, por exemplo, do projeto de reforma política que tramita no Congresso Nacional (sem profundidade, porque a matéria ainda caminha a passos lentos), da relação profissional entre ele e os clientes assistidos por seu escritório, na Capital da República, bem como com colegas instalados no estado da Paraíba, e, ainda, de indesejáveis episódios em que seu nome fora recentemente envolvido – nesse caso, ele ressalva ter sido vítima de difamação, injúria e profunda injustiça.
Pergunta - Os eleitores e os políticos podem esperar alguma alteração na legislação eleitoral, para as eleições de 2014?
Saliba - Creio que não. Infelizmente, mas penso que não há ânimo para tal, quem sabe uma alteração ou outra, mas de modo muito pontual. Por exemplo, penso que devem normatizar a proibição da substituição de candidatos na última hora, após a renúncia daquele que está com problemas perante os tribunais. Mas, isto é um mero palpite sobre uma questão pontual, até porque já tramita projeto, neste sentido, na Câmara dos Deputados.
Pergunta – A Lei da Ficha Limpa veio para ficar?
Saliba -A Lei da Ficha Limpa foi uma tentativa moralizadora de alguns setores da sociedade, mas que, em minha opinião, não reflete a manifestação do anseio popular. Tanto isso é verdade, que a maioria dos candidatos inelegíveis apoiou candidaturas e logrou êxito, demonstrando que é o eleitor quem escolhe o mandatário, independentemente da vida pregressa. A lei não tem o poder de se sobrepor à vontade popular. Bom ou ruim, certo ou errado, moral ou imoral, o que falo se  baseia nos dados das últimas eleições. Mas, respondendo diretamente à pergunta: para ela (a lei) se sustentar terá de passar por adaptações mais que necessárias, sob pena de ruir como um todo.
Pergunta – Quais adaptações?
Saliba - A inelegibilidade, enquanto restrição de direito, não pode ser fixada de modo igual para todo o tipo de conduta abrangida pela Lei da Ficha Limpa. Todas as condutas glosadas pela lei têm como restrição o período de oito anos. Ou seja, o cidadão que foi condenado a um crime hediondo tem a mesma restrição do que aquele que foi condenado pela Justiça Eleitoral por abuso do poder político. Isso agride, não só consagrados princípios jurídicos, mas ofende à própria lógica, o bom senso do cidadão.
Pergunta – O senhor acha que a forma de composição da Justiça Eleitoral está correta, ou cabe se fazer alterações?
Saliba – A minha ideia sobre o tema é polêmica, pois entendo que deveria haver a carreira da magistratura eleitoral, com concurso público para preenchimento de vagas de juízes eleitorais nas respectivas zonais, e a carreira seguiria como ocorre na Justiça Comum ou na Justiça do Trabalho. Os Tribunais Regionais Eleitorais seriam compostos à semelhança dos demais Tribunais Regionais Federais, mas com um número de nove desembargadores (um terço dos TRFs), haveria mandato de, no máximo, seis anos, sendo que, ao término do mandato, o desembargador eleitoral, oriundo da carreira da magistratura eleitoral, voltaria à judicatura de primeiro grau como juiz de carreira que sempre foi e aqueles que compusessem o tribunal pelo percentual reservado à advocacia (defendo um terço do tribunal) retornariam normalmente às suas atividades, sendo que os advogados deveriam observar a quarentena de dois anos para voltar a atuar naquele tribunal, o que, no meu entender, é suficiente. Penso, inclusive, que, no exercício do mandato de desembargador eleitoral, o advogado deveria ficar incompatível com o exercício da advocacia, e, para isso eu defendo uma remuneração do desembargador eleitoral equiparada à do desembargador federal.
Pergunta  – E como ficaria o Tribunal Superior Eleitoral?
Saliba - O número seria de nove ministros. Os desembargadores eleitorais, que já tivessem ocupado mandato, ou estivessem no curso dos mesmos, seriam os ministros, permanecendo o percentual reservado aos advogados (defendo um terço), que poderiam compor o TSE independentemente de terem feito parte dos TREs, a nomeação seria direta, atendendo a critérios de estilo, a começar pela escolha pelo Conselho Federal da OAB e, no caso dos TREs, pela respectiva Seccional.
Pergunta – O senhor costuma vir a Paraíba com frequência. Tem atuação também nos tribunais daqui?
Saliba - Visito, não só a Paraíba, mas os estados que me prestigiam em Brasília. Assim, venho à Paraíba porque tenho uma metodologia de trabalho que envolve o contato com a base, com os advogados da base e com a sociedade de modo geral. Não sou de ficar limitado ao meu escritório, a cada duas semanas saio por dois dias. Hoje, com o advento da internet, telefonia celular, tudo é muito rápido e podemos trabalhar no avião, no carro, no hotel, enfim. Quanto à minha atuação nos tribunais da Paraíba, salvo exceções muito pontuais, não tenho militância nos tribunais daqui, penso que o espaço é dos colegas que militam na Paraíba, e esta terra tem grandes advogados. A Paraíba é um celeiro de bons advogados publicistas e, nesta área, se destacam grandes eleitoralistas.
Pergunta – Poderia citar alguns nomes?
Posso cometer a injustiça de esquecer alguém, mas não tenho como deixar de destacar o trabalho do escritório de Johnson Abrantes, seu filho Edward e a ótima equipe, as atuações de advogados como Thiago Leite, Rodrigo Maia, Delosmar Mendonça, Abelardo Jurema Neto, Ricardo Sérvulo, Newton Vitta, Carlos Fábio, Marcelo Weick, Eduardo Cabral, Rodrigo Lima, José Mariz, entre outros.
Pergunta - Ultimamente se vê notícias, aqui na Paraíba, que visam lhe atingir de alguma forma. O senhor tem acompanhado isso, lá de Brasília?
Saliba -Tenho acompanhado, sim. Com muita indignação e tristeza, vejo que algumas pessoas ainda não conseguiram entender o trabalho do advogado. Os resultados dos processos se devem aos entendimentos manifestados pelos juízes (ministros) que julgam os casos. É loucura transferir, para os advogados vencedores, a culpa direta pela própria derrota. Logo, pode se verificar que, após alguma grande vitória que consigo, surge algum boato absolutamente sem fundamento.
Pergunta – O senhor se refere a um suposto diálogo seu e de um Juiz?
Saliba - Também me refiro a isso. Um absurdo! O citado magistrado é advogado, continua advogando, e eu o conheço desde muito antes de ser juiz. Tenho relação com ele porque me correspondeu em alguns casos no TRF da 5.ª Região, no Recife. A matéria é irresponsável e criminosa! Mais do que isso, não tenho nenhuma causa sob a relatoria dele, aliás, não devo ter três processos em que eu figure como advogado no TRE-PB, e, mesmo assim, sempre com vários outros advogados locais. No caso de Pombal, em que meu sócio veio fazer a sustentação oral aqui no TRE, o citado juiz da matéria sequer votou! E, o mais absurdo, a minha cliente perdeu no TRE por unanimidade. Logo, a matéria é absurda, irresponsável e criminosa, repito.
Pergunta -  Michel Saliba por Michel Saliba?
Saliba – Um obstinado! Eu sou um obstinado, não descanso enquanto não atinjo os objetivos que traço para a minha vida. (com Josinato Gomes)

Governador Ricardo Coutinho diz que teve "excelente jantar e conversa proveitosa" com o senador Cássio, na noite desta quinta-feira...

Como bem pontua o jornalista Luís (Lula) Tôrres, em Política, muitas vezes, o que acontece às claras, engana, e nos bastidores, define. Enquanto as especulações sobre rompimento da aliança entre o senador Cássio Cunha Lima (PSDB) e o governador Ricardo Coutinho (PSB) voltaram às tona ambos resolveram fechar a semana jantando na noite desta quinta-feira (16), na Granja Santana.
No cardápio, análises das conjunturas nacional e estadual, temas mais difíceis de digestão, como os primeiros desenhos conjuntos para composição da chapa com vistas às eleições de 2014, e vacinas contra disse me disse dentro e fora do grupo. De sobremesa, números de pesquisas eleitorais recentemente aplicadas.
Veja o que escreveu o governador em seu Face, na manhã desta sexta-feira (17): "Bom dia. Ontem tive um excelente jantar e mais uma proveitosa conversa com o Senador Cássio, nosso parceiro e aliado na luta por uma Paraíba cada vez melhor. Vamos sempre em frente", disse Ricardo Coutinho ao postar a foto ao lado.

Presidente da Câmara de Itaporanga Jacklino Porcino pede consenso e propõe diminuição do recesso parlamentar de quatro para dois meses

Buscando colocar os trabalhos legislativos em consonância com a consciência tida pelo trabalhador comum, que trabalha diuturnamente, o presidente da Câmara Municipal de Itaporanga, vereador Jacklino Porcino (PMDB) pediu consenso aos seus pares no sentido de aceitarem proposta pela diminuição do recesso parlamentar, que hoje é de quatro meses, para dois meses. Uma iniciativa mais do que justa e que atende apelos da população, que é quem paga os salários dos vereadores.
A Câmara de Itaporanga realiza sua última sessão, desse primeiro período, da atual legislatura, na próxima quinta-feira (23) e só retorna às atividades em 1º de agosto. Além dos meses de junho e julho, o recesso parlamentar em Itaporanga também compreende os meses de dezembro e janeiro, pois os trabalhos só são reiniciados em 1º de fevereiro, perfazendo assim um total de quatro meses de férias, período que para o presidente da Casa é muito longo.
"Peço aos senhores que entrem em consenso e vamos diminuir o recesso, para podermos produzir mais além de atendermos uma reivindicação da população tornando essa Casa ainda mais atuante", disse Jacklino. Em verdade, é até contraditório uma Casa Legislativa entrar em recesso duas vezes por ano, já que todos os trabalhadores dos diversos segmentos só tem um mês de descanso, como determina a legislação. A medida proposta por Jacklino tem o apoio de toda comunidade. Pois enquanto o trabalhador comum tem apenas 30 dias de férias, por ano, os vereadores de Itaporanga ostentam exatos 124 dias de descanso. 
Na sessão de ontem (16), a Câmara Municipal aprovou em primeiro turno, por unanimidade, sem qualquer discussão, a LDO (Lei de Diretrizes Orçamentárias) enviada pelo Executivo Municipal. A matéria será novamente aprovada na próxima quinta-feira (23), agora em segundo turno, e a partir de então a Casa entra em recesso. A população agradece e aplaude caso o recesso seja diminuído. Parabéns ao presidente Jacklino Porcino pela coragem em propor tal medida, que sabemos não tem aceitação de todos os edis.

Allan Cloves explica na Câmara porque a SITrans ainda não foi instalada em Itaporanga: "Não posso definir prazo porque depende do Denatran".


Convocado pela Câmara Municipal de Itaporanga para dar explicações sobre quando irá ser instalada a SITrans (Superintendência Itaporanguense de Transporte e Trânsito) e passará atuar no desenvolvimento de suas atividades, o comerciante Allan Cloves Dantas Franco, nomeado para o cargo de superintendente em janeiro passado pelo prefeito Audiberg Alves (PTB), esteve na Casa, durante a sessão de ontem, respondendo à questionamentos levantados pelos vereadores.
A autarquia tem status de secretaria e é responsável pela implementação de políticas públicas voltadas a coordenação do trânsito na cidade e, consequentemente, a implantação do sistema em Itaporanga. No entanto, são generalizadas as queixas e reclamações da população diante do transtorno e caos que existe hoje nas principais avenidas com a desorganização do trânsito. Inclusive, a cidade ainda está sem qualquer sinalização, vertical ou horizontal, devido a não implantação e atuação da SITrans.
Allan Cloves disse que apesar de criada, na gestão passada, por meio de decreto a SITrans para ser instalada ainda depende de autorização do Denatran e Detran, o que já está sendo providenciado por uma advogada (Shirley) contratada para esse fim. Por conta disso, segundo o superintendente da SITrans, a sinalização vertical e horizontal das principais avenidas da cidade ainda não pode ser colocada. "A gestão anterior fez o decreto mas não havia um regimento, o qual já estou com a minuta e quando o prefeito chegar de Brasília, neste sábado, irei apresentá-lo para ele assinar um decreto, inclusive, nomeando três servidores para atuar junto comigo", explicou Allan.
Ele informou que somente o município de Piancó tem sua municipalização do trânsito reconhecida pelo Denatran e Detran. Ao ser questionado sobre a definição de uma data para a instalação do órgão, Allan disse não poder definir tal prazo: "Não posso definir um prazo para colocar em prática a SITrans porque depende do Denatran". O presidente da Casa, então, levou ao conhecimento do plenário que já há uma ação em tramitação no Ministério Público com relação à responsabilidade pelo trânsito em Itaporanga. "A Polícia Militar diz que a responsabilidade é do Município, haja vista, que foi municipalizado...", disse Jacklino.
Indagado pelo vereador Ricardo Pinto se já havia um planejamento a curto e médio prazo no sentido de  amenizar os transtornos causados pelo caos instalado no trânsito de Itaporanga, Allan Cloves afirmou que no momento em que estiver atuando retornará à Câmara para fazer um balanço de suas atividades. "No momento não tenho muito o que falar porque não estou atuando. Quando estiver virei aqui mostrar o que está sendo feito", pontuou. Por sua vez, o vereador disse que "se depender de Brasília não saberemos quando isso será instalado, porque as coisas andam muito devagar..."
Ao final, o propositor do requerimento convocando o superintendente da SITrans, Ricardo Pinto, que fora aprovado por unanimidade semanas atrás, e o presidente Jacklino Porcino, agradeceram em nome dos demais a presença de Allan Cloves na Casa. O presidente convidou para fazer parte da mesa, nesta sessão, além do superintendente da SITrans, o Chefe de Gabinete, Welton Tomaz, e o servidor aposentado da CEF Alex Soares Padilha, da PNHR Consultoria, que pediu espaço na tribuna para falar sobre programa habitacional para construção de casas na zona rural. 

Respondendo ao líder da situação, Jacklino diz não atuar com picuinha política: "Se eu agisse assim já teria acionado o TCE porque até hoje o Executivo não enviou os balancetes à esta Casa", disse.

Durante sessão ordinária realizada na noite desta quinta-feira (16), da Câmara Municipal de Itaporanga, mais um debate foi travado entre presidente da Casa, vereador Jacklino Porcino (PMDB), e o líder da situação, vereador Ubiramar (PTB). O debate foi iniciado quando o presidente dizia que a base de situação se incomodava desnecessariamente toda vez que eram feitas cobranças por parte dos vereadores pedindo ações da parte do Executivo Municipal.
"Em cinco meses de gestão o Executivo não enviou um único projeto pra essa Casa, nem que seja pra beneficiar a população. E é porque vocês (da situação) dizem que o prefeito (Berguim) está trabalhando em prol do povo. A única obra que a atual gestão tem é muito carro locado. Sem falar que a Vigilância Sanitária não tem veículo pra atuar no município", disse Jacklino. O líder da situação não gostou e disse que a Câmara paga a 14 servidores, mas só cerca de seis dão expediente. "Quero dizer a Vossa Excelência que os assessores dos vereadores não são obrigados a dar expediente na Casa, mas sim aos próprios vereadores", respondeu.
O presidente da Câmara, a partir daí, disse que a situação precisa saber receber as críticas que são dirigidas ao Executivo: "Se vocês estão se doendo é porque estão incomodados com as críticas. Mas esse é trabalho dos vereadores. Aqui eu não faço picuinha política porque se assim eu fizesse, já teria encaminhado ofício ao Tribunal de Contas denunciando que a Prefeitura ainda não enviou à Casa os balancetes, com a prestação de contas desses primeiros meses de gestão. E isso mesmo após o prazo dado pelo TCE. Eu não fiz isso porque não quero atrapalhar a gestão, agora, não posso deixar de cobrar as ações...", pontuou.
Jacklino, inclusive, alertou o próprio líder da situação se ele havia cobrado o mesmo do Executivo. "Chega-se nos PSF's e não há médico pra atender o povo. Não há remédios na farmácia básica. Eu não fiz crítica infundada à secretária de Saúde, mas cobrei uma melhora na prestação do serviço. Agora, é lamentável  ouvir um dono de locadora se gabar de ter alugado quase uma dezena de carros à Prefeitura, dos muitos que estão locados. Não há adesivagem em todos pra identificá-los. Em fim, eu não atuo com picuinha política agora jamais vou deixar de cobrar as ações do Executivo", concluiu Jacklino. 

quinta-feira, 16 de maio de 2013

Em passagem apagada pelo Vale, Veneziano teria procurado o prefeito de Itaporanga para saber as chances dele continuar apoiando a oposição...

De maneira muito apagada o ex-prefeito de Campina Grande Veneziano Vital (PMDB) esteve visitando o Vale do Piancó, nesta quarta-feira (15), para fazer contatos políticos com lideranças da região. Vené foi recepcionado pelos vice-prefeitos Idácio Souto (Nova Olinda) e Lucrenato (Coremas), apesar do PMDB ter quatro prefeitos: Segundo Madruga (Emas), Marcília Mangueira (Diamante), Zé Walter (São José de Caiana) e Miguelzinho (Boa Ventura), além de outros prefeitos aliados de outros partidos, vereadores, etc.
Apesar de uma estada apagada na região, Vené, segundo informação chegada ao Blog, dirigiu-se até Itaporanga para conversa com o prefeito Audiberg Alves (PTB), que votou em Zé Maranhão, Vitalzinho e Wilson Santiago, em 2010, mas que hoje está alinhado ao projeto de reeleição do governador Ricardo Coutinho (PSB). Veneziano queria saber de Berguim quais as chances dele continuar votando no bloco de oposição, assim como ocorreu em 2010.
Pelo visto, o rumo a ser tomado pelo prefeito será tomado somente próximo das convenções do ano que vem, mesmo sentimento da classe política estadual. O prefeito está em Brasília de onde retorna amanhã. 

PMDB se reúne para estabelecer calendário dos encontros regionais que no Vale deve acontecer em Piancó e não mais em Itaporanga.

A Executiva Estadual do PMDB vai se reunir nesta sexta-feira (17), às 10h, para definir as datas dos encontros regionais que serão realizados nas cidades de Catolé do Rocha, Piancó, Princesa Isabel, Campina  Grande, Alhandra, Sapé, João Pessoa e Cabedelo, onde serão definidos nomes objetivando as eleições de 2014 e debatidos os problemas mais urgentes enfrentados pelos paraibanos no momento. 
Um fato que chama a atenção neste novo relese enviado à imprensa pela assessoria do partido é que o encontro a ser realizado no Vale do Piancó, antes programado para a cidade de Itaporanga foi transferido para Piancó. O motivo pode ter sido o esvaziamento do partido na 'Rainha do Vale', principalmente, depois da morte do ex-prefeito Antônio Porcino, o homem que recebia a cúpula peemedebista em Itaporanga.
A reunião de amanhã servirá também para continuar o processo de discussão em torno do lançamento da candidatura própria do ex-prefeito campinense Veneziano, a governador, tendo a chapa completa para deputados estaduais e federais, além do Senado, segundo informa o presidente José Maranhão. Os encontros regionais começam no próximo dia 1º de junho na cidade de Patos.

Trócolli Júnior almoça com Ricardo Coutinho e aumenta rumores de sua possível aproximação ao governador...

Onde há fumaça, há fogo. Em pelo menos 90% dos casos, esse ditado popular tem prevalecido e pode ser usado para definir a situação do deputado Trócolli Júnior (PMDB), oposição “de carteirinha” na Assembleia Legislativa com bom trânsito em muitos setores do Governo do Estado. Se já eram fartas as especulações sobre sua possível adesão ao governador Ricardo Coutinho (PSB), nas últimas horas a coisa tomou proporções inesperadas, inclusive provocando sérios atritos entre o parlamentar peemedebista e o deputado Carlos Dunga (PTB), o mais novo integrante da bancada governista.
Matéria publicada no site PBAgora revela que o estopim da discórdia teria sido um almoço na residência da prefeita do município de Barra de São Miguel, durante a recente visita do governador ao Cariri paraibana. A anfitriã, Lucy Costa (PMDB), teria reunido na mesma mesa farta Ricardo Coutinho e Trócolli Júnior (conversando ao pé do ouvido, na foto acima), a quem segue politicamente. Como Dunga é aliado do grupo que faz oposição à prefeita, soltou o verbo condenando o encontro. Dunga teria dito que não admite o governador ir às suas bases almoçar com seus adversários políticos. Os dois parlamentares dividem votos em vários municípios da região, além de Barra de São Miguel. Aliados de Trócolli em Alcantil, onde o filho de Carlos Dunga é adversário do atual prefeito, também teriam sido convidados para o banquete na casa da prefeita.
Enquanto Dunga “bufava” de raiva, Trócolli debochava da situação, de acordo com a publicação, alegando que “ele (Dunga) estava sem prestígio com Ricardo Coutinho, mesmo sendo governista”. Seja qual for a versão correta, o episódio acendeu a “luz amarela” do PMDB que, inclusive, já teria admitido reunir a executiva estadual para tratar desse e de outros casos. O deputado Gervasio Maia, por exemplo, tem ido à inaugurações de obras do Governo em sua região de atuação.

Ministro da Integração afirma que agricultores com dívidas no Banco do Nordeste terão execução suspensa

O publicitário e blogueiro Dércio Alcântara informou que durante visita ao Ministério da Integração Nacional, ontem, ficou sabendo através do próprio ministro Fernando Bezerra que o Governo Federal decidiu que as dívidas contraídas pelos agricultores junto ao Bando do Nordeste, antes da estiagem, vão ser  congeladas por um tempo até as coisas melhorarem. Em verdade, essas dívidas são oriundas de um período que nada tem a ver com a estiagem, que querem incluir nesta fase para ganhar um perdão, mas mesmo assim houve um gesto do governo no sentido de parar a execução e o homem do campo ganha um prazo para respirar. Pode não ser a melhor notícia para o homem do campo, mas corrobora para diminuir os problemas que o pequeno agricultor atravessa.

Expedito Leite revela no PB Notícias que o PTB terá nome pra deputado a partir de Itaporanga e que partido buscará apoio do prefeito Berguim

Durante participação no PB Notícias desta quinta-feira (16), via telefone direto de João Pessoa, o ex-superintendente do Dnit-PB, advogado itaporanguense Expedito Leite (foto), revelou que o ex-senador Wilson Santiago (PTB) trabalha para que o PTB construa uma candidatura a deputado estadual, nas eleições do ano que vem, que "represente" Itaporanga e o Vale do Piancó.
Expedito externou o desejo de concorrer novamente, já que em 2010 ele foi majoritário em Itaporanga ao obter quase três mil votos. "Tenho vontade de trabalhar por Itaporanga e o Vale, na Assembléia Legislativa, com a mesma guarra quando comandava o Dnit e fizemos um exemplar trabalho na recuperação da malha viária da Paraíba. O partido terá um candidato na região, então, somos candidato à candidato. Vamos construir esse nome junto às lideranças da região", disse.
Recentemente Expedito assinou ficha de filiação ao PTB, atendendo convocação do ex-senador Wilson Santiago, mas outro itaporanguense que também se filiou ao partido, o ex-vereador Toim da Loja, tem o mesmo desejo de disputar uma vaga na Assembléia e sabendo que ambos são ligadíssimos ao ex-senador, será uma disputa empolgante. "Fomos o mais votado em Itaporanga, na campanha de 2010, por isso, iremos construir essa candidatura com apoio de várias lideranças da região", pontuou.
Sobre a sua proximidade com o Governo do Estado, já que antes estava ligado ao PMDB, Expedito Leite revelou que irá acompanhar a decisão que for tomada pelo ex-senador. "Pra onde Wilson Santiago for e apoiar estarei junto com ele. Ele tem condições de pleitear um mandato de Senador e, assim, seguiremos sua orientação política em qualquer cenário, seja apoiando à reeleição do governador Ricardo Coutinho (PSB) ou pela oposição", esclareceu.
Vários ouvintes participaram da entrevista e disseram que Itaporanga está sem representante por que não sabe votar. Muitas indagações foram feitas ao advogado. Expedito, e quando indagado sobre o quadro político de Itaporanga pós-morte do ex-prefeito Antônio Porcino, disse que "agora, cidade tem dois líderes políticos: O ex-prefeito Djaci Brasileiro (PSDB) e o atual Audiberg Alves (PTB), que precisam trabalhar pelo desenvolvimento. Entretanto, é bom aguardamos um tempo para saber como ficará o quadro".
Expedito falou ainda sobre a busca pelo apoio do prefeito Berguim: "Olha, Ricardo e Nortom, parabenizo vocês pelo sucesso do programa que é de conhecimento até aqui em João Pessoa. Um programa sucesso em todo o Vale do Piancó, por ter em sua bancada dois profissionais de alto nível. Quanto à Berguim, que é o presidente do nosso partido em Itaporanga, digo que somos amigos, não temos nenhum desentendimento, que o passado já passou. Berguim é um prefeito importante e política agente não faz vivendo de passado. Vamos conversar bastante com ele sobre isso, que ficará sob comando do próprio Wilson Santiago", concluiu.
Na campanha eleitoral de 2012, Expedito votou na reeleição do então prefeito Djaci, deixando o grupo que apoiou Berguim. Os dois se reaproximaram semanas atrás durante convenção estadual do PTB, partido ao qual Expedito agora está filiado.
Comentários para este post:
Blogger Waldeban Medeiros disse...
Sem trazer constrangimento para os seus pares, Expedito Leite continua sua trajetória política conquistando espaço com muita diplomacia!

16 de maio de 2013 16:19
 Excluir

AL aprova redução da jornada de trabalho dos enfermeiros...

foto
O plenário da Assembleia Legislativa aprovou, nesta quarta-feira (15), o Projeto de Lei 1.329/2013, do deputado estadual Anísio Maia (PT), que garante aos enfermeiros(as) o direito a uma jornada laboral de 30 horas semanais, sem redução de salários. O PL segue agora para a sanção do governador e atende a uma reivindicação do Sindicato dos Enfermeiros do Estado da Paraíba (Sindep). Projeto similar ainda também tramita no Congresso Nacional. Para Eva Vicente, presidente do Sindep, "os deputados estudais acertaram ao aprovar o projeto, pois a redução da jornada de trabalho dos enfermeiros e enfermeiras é uma reivindicação histórica da nossa categoria e vai garantir mais qualidade de vida aos profissionais e mais qualidade no atendimento à população”.

TCE-PB alerta gestores sobre gastos com festas...

Considerando que política e festa andam lado a lado, os prefeitos paraibanos este ano vão ter que cumprir Resolução Normativa do TCE que dispõe sobre o encaminhamento ao órgão de documentos relativos às festividades locais. As informações deverão ser enviadas no prazo de 30 dias contados do último dia do mês da festividade. Muitos municípios paraibanos decretaram situação de emergência em função da seca, mas já há notícias de que vários deles deverão realizar festas juninas. Os gestores que não enviarem as informações dentro do prazo estarão sujeitos a multa. Para o TCE, a realização de eventos custeados com recursos públicos só é justificável nas hipóteses de tradição cultural, de incremento de receitas decorrentes de atividade turística ou de interesse público relevante. O bom é ter bom senso.

Conab distribuiu carregamento de milho a agricultores de Igaracy

A CONAB distribuiu ontem (15) e anteontem (14) quatro carretas e um caminhão carregados de milho, um total de 250 toneladas, aos agricultores do município de Igaracy, ao preço de R$ 18,12. Normalmente esse tipo de distribuição era feito na cidade de Itaporanga, mas trabalho da secretaria de agricultura local fez com que esse carregamento fosse distribuído em Igaracy.
A distribuição foi coordenada por uma equipe capitaneada pelo secretário municipal de Agricultura de Igaracy, César Farias, auxiliado por Valmark Linhares (Emater) e, ainda, com o apoio da Defesa Agropecuária na EAC [na Prefeitura], suporte nas documentações referente aos cadastro de animais.
Os criadores que tiveram acesso ao milho foram aqueles que tem seu cadastro de rebanho em dia com a Defesa Agropecuária. Àqueles que vacinarem o rebanho pode fazer declaração na EAC, com Fabiano Costa e Hugo Carneiro, na Prefeitura. (com Hugo Carneiro)

quarta-feira, 15 de maio de 2013

Padre Djacy diz no PB Notícias que o Vale do Piancó é tratado pelos políticos estaduais como "curral eleitoral" e sua gente como "boiada"

Em duas horas de programa, devido o grande número de ouvintes participando por telefone do debate, obrigando o noticioso a ultrapassar em meia hora de seu tempo normal, o PB Notícias desta quarta-feira (15), levado ao ar pela Pedra Bonita FM, apresentando por Ricardo Pereira e Norton Júnior, recebeu em sua bancada o guerreiro Padre Djacy Brasileiro que falou sobre diversos temas e respondeu a inúmeras perguntas dos ouvintes, que também elogiaram o seu trabalho em prol do sertanejo.
Destemido, o padre foi logo de cara acunhando na hipocrisia dos políticos diante das causas que afligem o povo sertanejo, em particular, os valepiancoenses. Padre Djacy disse textualmente que a região do Vale do Piancó ainda é tratada como "curral eleitoral" e seu povo como "baiada". Com relação à violência e o tráfico de drogas, o padre pontuou que é preciso um combate mais enfático nesse sentido. Ele entende que os valores familiares estão se extinguindo e defendeu a vinda de médicos de fora do País para suprir as necessidades da população.
A entrevista contou com a participação importante do advogado João Franco Filho. Abaixo, trechos da entrevista:

Transposição das Águas do Rio São Francisco
O padre disse que a burocracia ainda é a causadora do atraso nas obras e pediu que a população do Vale do Piancó saia às ruas em manifestação para não deixar passar essa oportunidade de se construir um canal pelo Rio Piancó. "Infelizmente, a burocracia ainda é o maior obstáculo para o andamento das obras. Agora, o povo do Vale não pode perder essa grande chance de brigar por um canal para o Rio Piancó. Somente com o canal essa região terá sua sobrevivência em épocas de estiagem".

Seca e o movimento capitaneado pela Assembléia Legislativa
O padre detonou um evento, realizado em João Pessoa, promovido pela Assembléia Legislativa para discutir problemática da seca. "Como é que se promove um evento dessa magnitude num hotel luxuoso, em pleno litoral, para discutir problemas causados pela seca. Está errado. Era pra ter sido realizado aqui no interior, onde se encontra o problema". 
Sobre casamento de pessoas do mesmo sexo, violência, drogas, etc, perguntado por ouvintes
O padre lamentou diante de vários fatores que os valores familiares estejam sumindo para dar vez a males encorajados pela impunidade. "É uma junção de fatores que estão acabando com a harmonia da família, onde filhos não respeitam pais e por aí vai. Precisamos estudar a causa do problema e buscar uma solução para salvar o alicerce familiar".

Mortes no trânsito, alto índice de suicídio na região, Lei Seca e diminuição da maioridade penal
O padre pediu ao comando do 13º BPM para aplicar a Lei Seca na região a fim de evitar o crescente índice de mortes no trânsito. "Peço ao comando do 13º BPM fazer blitz e aplicar a Lei Seca, como forma de prevenir as mortes de trânsito, que tem crescido assustadoramente aqui na região". Ele pediu também que as autoridades busquem uma maneira de diagnosticar as causas para o alto índice de suicídios praticados na região: "Temos que saber porque essas pessoas estão tirando suas vidas. As autoridades precisam se alertar pra esses casos". Quanto à diminuição da maioridade penal ele se mostrou cauteloso com a ideia: "O que precisamos fazer é descobrir porque o adolescente está no mundo do crime. E a partir daí estudar a melhor maneira de ajudá-lo, devolvendo-o ao convívio da sociedade. Mas, trata-se de um assunto muito complexo, que envolve muito fatores. Por isso é preciso ter cuidado com propostas deste tipo", pontuou.

A importação pelo governo federal de seis mil médicos de Cuba para atuar no interior
O padre afirmou que apoia a iniciativa do governo federal porque o povo não quer saber se o médico é de Cuba ou dos Estados Unidos, mas que venha suprir as necessidades, as quais os profissionais daqui não querem, por não aceitar trabalhar no interior. "Aprovo essa iniciativa porque o povo não pode continuar sofrendo sem ter direito à atendimento médico. Várias prefeituras oferecem cerca de R$ 15 mil, mas nenhum médico quer vir trabalhar no interior e quem sofre com isso é o povo. Então, se nossos profissionais não querem vir trabalhar no interior, está mais do que certo o governo trazer médicos de fora para atender nossa gente. Sem falar que a área médica ainda é muito elitizada..."

Sobre os políticos e a carência do Vale do Piancó com relação à cursos superiores
Padre Djacy disse de maneira enfática que a região ainda vive como um "curral eleitoral" e que sua gente é tratada como "boiada", pelos políticos. "A verdade é que a região do Vale do Piancó continua sendo, para os políticos estaduais, um curral eleitoral e sua gente é tratada como boiada. Esses políticos só querem saber do voto do nosso povo e não tem nenhum compromisso com a região. Cadê o campus universitário? Cadê as manifestações do povo para que o ensino superior chegue à essa região? É preciso mobilizar o povo. Não podemos aceitar tudo isso inertes, de braços cruzados".  

Prefeito Nilson Lacerda responde criticas do vereador Flávio Mangueira, as quais classifica como "infundadas" e "descabidas".

O prefeito do município de Conceição, Nilson Lacerda (PSDB), classificou como infundadas e descabidas as denúncias feitas pelo vereador Flávio Mangueira (PT) na última sessão da Câmara Municipal. De acordo com o gestor, o vereador não tem condições de fazer tais críticas já que o mesmo ainda não apresentou sequer um requerimento durante estes cinco primeiros meses de atividades legislativas.
Nilson (foto) lembrou que ao assumir a Prefeitura convidou o vereador para fazer uma visita a vários pontos da cidade e verificar a situação em que estava recebendo o município, um verdadeiro abandono, inclusive, com a concordância do próprio vereador. Nilson até admite algumas falhas no tocante a saúde, atribuídas as péssimas condições de como recebeu da sua antecessora (Vani Braga).
"Em Conceição temos dificuldades na saúde pública a exemplo de várias outras cidades do Brasil, mas estamos trabalhando para que isso seja resolvido o mais rápido possível", disse. Quanto a falta de médico Nilson disse que "isso não só acontece em nossa cidade, a carência é em todos os municípios, o que se vê são inúmeros anúncios procurando médicos para trabalhar no interior, e não tem, isso é público e notório".
Nilson pontua que apesar das dificuldades a saúde de Conceição já melhorou e muito nesses cinco meses. "Já abrimos todos os PSF's, existem médicos em toso, funcionamento normalmente, inclusive, com a distribuição de medicamentos. As campanhas de vacinação foram realizadas, superando as mestas exigidas. Reabrimos o CEO com atendimento odontológico de primeira qualidade. O SAMU está funcionando normalmente. O Hospital Caçula Leite tem realizado várias cirurgias, dezenas de pacientes já foram levados para João pessoa e para várias outras cidades, para realização de exames de alta complexidade. Estamos adquirindo uma ambulância zero quilômetro. Estamos recuperando mais duas que eu encontrei com o motor batido. Contratamos vários médicos como pediatra, psiquiatra, ginecologista, psicólogos, dentistas, ultrassonografistas, farmacêuticos, ortopedistas, dentre outros", relatou o prefeito.
Por todo esse leque de ações, Nilson não concorda com o vereador quando este diz que no hospital falta tudo e convida a imprensa para visita àquela casa de saúde para verificar se procedem as denúncias levantadas. "Estamos trabalhando, agora convido o vereador Flávio Mangueira a me apresentar uma fórmula mágica para resolver em tão pouco tempo de trabalho, toda a bandalheira que o grupo político ao qual ele pertence me deixou como herança. Se ele tiver essa fórmula, que ele me apresente", desafiou Nilson.
O prefeito pede paciência ao povo e convoca a união de forças para tirar a cidade do atraso em que se encontra, "vítima de um grupo político que comandou Conceição durante todo esse tempo". "O município está precisando é de ajuda e estou aberto ao diálogo para receber sugestões e até críticas construtivas. Sou um democrata, quero uma parceria com todos, principalmente, com a Câmara Municipal e com o povo para fazer o melhor para Conceição", concluiu. (com conceiçãoverdade)

Deputado Branco Mendes se irrita com RC e diz que o governador vai ter de escolher entre ele e o prefeito de Alhandra.

O deputado estadual Branco Mendes (PEN) se mostrou insatisfeito com a aproximação do governador Ricardo Coutinho (PSB) com o prefeito de Alhandra, Marcelo Rodrigues (PMDB), adversário do parlamentar. Por conta disso, Branco deixou bem claro que a condição para permanecer na base governista é que essa ‘parceria’ não aconteça.

“Tudo vai depender de como o governo se comportar com referência a minha posição. Eu que sempre fui leal, que sempre fui aliado desde a primeira hora da candidatura do governador, que votei dois turnos. Acho que o governo realmente precisa de apoio, de votos, mas acho que a mau caratice é por parte daqueles que se comprometem com vários deputados e que ainda procuram um quarto deputado para se chegar até o governo”, afirmou Branco.
 O deputado insinuou que o governador vai ter que decidir qual dos políticos, se ele ou o prefeito, vai querem manter ao seu lado. “Eu não acredito que o governador Ricardo Coutinho vai deixar de ter ao seu lado um aliado de primeira hora para se aliar àqueles que querem chegar de pára-quedas sem ter nenhum tipo de compromisso com o governo e sim com o seu partido”, afirmou. (com FalaPrefeito)

Edvaldo Rosas revela que três secretários e Chico Lopes (Aesa) deixarão o governo para disputar uma vaga na Assembléia Legislativa de 2014

Durante entrevista na tarde desta quarta-feira (15) ao Rádio Verdade, da Arapuan FM, o presidente estadual do PSB, Edvado Rosas (foto), causou polêmica ao alfinetar os aliados do senador Cássio Cunha Lima (PSDB) que defendem publicamente a volta do tucano ao Palácio da Redenção e por tabela um racha com o governador Ricardo Coutinho (PSB), que é candidato à reeleição.
Para Rosas, é "perigoso" antecipar as articulações para o ano que vem. "É muito cedo para fazer esse debate agora. É perigoso e ruim para o governo falar sobre isso agora. Para a majoritária, só tem um nome garantido que é o de Ricardo Coutinho", disse. No PSB, conforme Rosas, a prioridade agora é o debate sobre a eleição proporcional: "O que temos tratado é que há uma prioridade de eleger um deputado federal para defender o governo em Brasília".
Rosas informou que alguns secretários e diretores de órgãos deverão deixar os cargos no Governo para concorrer às eleições estaduais. São eles: Estelizabel Bezerra ( Comunicação), Ricardo Barbosa (Secretário Executivo do PAC e Superintendente da Suplan), Aracilba Rocha (Finanças) e o itaporanguense Chico Lopes (Diretor da Aesa). 

Enquanto o pau cantava, na Câmara, Luiz Couto tirava uma soneca...

4920f348ffdc6a5e23f2820442759fca
A sessão plenária  da Câmara Federal rolava solta nesta terça (14). Muita confusão, bate-boca, dedo em rixe… Mas com todo esse tumulto o deputado federal paraibano Luiz Couto (PT) não estava muito preocupado se a Medida Provisória dos Portos seria aprovada ou não, matéria que pautou ordem do dia do parlamento nacional.
Prova de que Couto não estava preocupado, veja foto acima o parlamentar da bancada paraibana em pleno repouso no plenário da Câmara.Cochilava, enquanto o “pau cantava” no plenário. E aí vai uma definição lapidar de trabalho: “Sua muito o sujeito que ganha pouco. E sua pouco o sujeito que ganha muito”.
Parece ou não uma verdade eterna? Pois bem, não se trata de nenhum jogo de palavras, mas, conforme pudemos observar na postura do parlamentar petista, absolutamente não é, porque o plenário de um parlamento não é local para tirar um cochilo, nem que seja por um minuto. A foto acima resulta de um flagrante captado pelas lentes de um paraibano que estava na galeria da Câmara Federal. Munido de sua máquina fotográfica, não perdeu tempo: clicou! 
Observe-se que na cena, a faina do deputado Luiz Couto no seu local de “trabalho”, o plenário da Câmara. Petista, deveria ser o maior interessado na matéria – MP dos Portos – que estava em discussão. Afinal, é da base da presidente Dilma. Pergunta-se: Para que fingir que estou trabalhando se isso dá quase tanto trabalho quanto trabalhar? Matou o tempo da terça (14) numa soneca remunerada.

Derrotado por aliados na MP dos Portos o Planalto vai elaborar lista dos que o abandonaram, a exemplo, de Manoel Júnior que é revisor da MP.

Fracassou a tentativa da Câmara dos Deputados de aprovar a medida provisória dos portos, que mereceu mobilização intensa do Palácio do Planalto para aprová-la. Após quase 18 horas de atividades, a sessão teve de ser interrompida às 4h55 desta madrugada. Faltou quórum. Registraram presença no painel eletrônico 243 deputados. Exigia-se a presença mínima de 257. Ficaram pendentes de apreciação 14 emendas, chamadas tecnicamente de "destaques".
Ao encerrar os trabalhos, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN), presidente da Câmara, marcou nova sessão extraordinária paras às 11h de hoje. Dificilmente o quórum será alcançado antes das 15h. A MP perde validade nesta quinta (15). Ainda que a Câmara conclua a votação, é improvável que o Senado consiga referendar a proposta a tempo.
O texto principal da MP foi aprovado ainda na noite de ontem. Passou-se então, à votação das emendas. Foram realizadas cinco sessões extraordinárias, uma atrás da outra. Inicialmente, imaginava-se que seria possível concluir os trabalhos antes da meia-noite. Subestimou-se a obstrução da oposição e superestimou-se  a capacidade de resistência do bloco governista. Deu no que deu.
Na realidade, juntos os partidos que se declaram "aliados" do Planalto controlam no plenário da Câmara 423 cadeiras. As legendas de oposição dispõem apenas de 90 assentos. A despeito da supremacia numérica, a presidente Dilma adicionou mais uma derrota congressual à sua coleção. Além da aversão da presidente pelo diálogo e do atabalhoamento do seu staff político, deve-se a derrota ao abandono dos aliados.
Henrique Eduardo Alves emendou cinco sessões extraordinárias - uma após a outra. A cada reinício, era preciso atingir o quórum mínimo de 257 presentes. A penúltima sessão terminou quando a madrugada já ia alta, às 3h36. A última foi aberta às 4h15. O quórum mínimo só foi obtido mais de meia hora depois, às 4h54. 
Rapidamente, Henrique levou a voto um requerimento da oposição para que a MP dos Portos fosse retirada de pauta. Em votação simbólica, o pedido foi rejeitado. A oposição exigiu que fosse feita uma aferição nominal dos votos. Coisa prevista no regimento. Abriu-se o painel eletrônico.
Em obstrução, PSDB e DEM abstiveram-se de registrar suas presenças. Decorridos mais de 50 minutos, a infantaria governista conseguiu reunir apenas 243 cabeças. Faltaram-lhe 14 soldados. Entre desolado e irritado, Henrique Alves declarou: "Não entendo como é que parlamentares que estavam aqui há alguns minutos, participando desse grande esforço de mobilização, não estão mais em plenário. Está encerrada a sessão".
Nos próximos dias, o Planalto vai elaborar a lista dos aliados que o abandonaram. A relação será pluripartidária. Incluirá, por exemplo, nomes do PMDB, do PP, do PTB, do PDT, do PSB e, em menor escala, do PT. Até o relator-revisor da medida provisória, Manoel Júnior (PMDB-PB), debandou do campo de batalha antes do Waterloo. 
Considerando-se que o Planalto mobilizou sua tropa de elite - do vice-presidente Michel Temer à ministra Gleisi Hoffman (Casa Civil) - o vexame se agiganta. Levando-se em conta que a MP dos Portos chegou à Câmara em dezembro de 2012 e levou cinco meses para chegar ao plenário, uma indagação torna-se incontornável: para que diabos serve a megacoligação de Dilma? (com Josias de Souza)

Entra vigor na Paraíba lei que proíbe som alto dentro de ônibus

Entrou em vigor nesta quarta-feira (15) na Paraíba a lei estadual nº 9.977, que prevê multa de R$ 1 mil para quem fizer uso de som alto dentro dos transportes coletivos. A lei foi publicada no Diário Oficial do Estado. Pelo texto, são considerados aparelhos sonoros telefones celulares, ipod, tablet, notbook, netbook, rádio, MP3, MP4, mini caixas de som portatil, tocadores pessoais de música em formato digital, pen drive acoplado a mini caixas de som e similares.
A proibição vale para ônibus, micro-ônibus, vans, auto-lotações, ferry boats, catamarãs, lanchas, barcas, balsas, trem, metrô, VLTs e quaisquer outros que transporte pessoas mediante concessão ou autorização pública de serviço. 
A lei obriga a fixação de avisos proibitivos dentro dos transportes com os seguintes dizeres: “É proibido o uso de aparelhos sonoros ou musicais no interior deste transporte, sem a utilização de fones de ouvido, sob pena de retirada do infrator e multa, conforme lei estadual nº 9.977/2013”. A fiscalização do cumprimento e aplicação das penalidades compete ao Procon estadual e aos Procons municipais. (com Lenilson Guede)

Líder do Clã Brasil, Lucy Alves se lança em carreira solo com show nesta quarta-feira (15), em João Pessoa; repertório passeia por Gonzagão.

Gonzagão (1912-1989), o Velho Lua, servirá de iluminação para um show onde a paraibana Lucy Alves, líder da banda Clã Brasil, que se apresentará nesta quarta-feira, às 19h, no auditório da Estação Cabo Branco, no Altiplano, em João Pessoa. A apresentação servirá de base para um DVD que terá previsão de lançamento no mês de outubro. A ideia de Enluarada partiu de uma apresentação na conclusão do bacharelado em canto pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB), no ano passado, em plena atmosfera comemorativa do centenário de nascimento do ‘Rei do Baião’, onde o tema ganhou forma no seu repertório. “Fiz o arranjo de todas as músicas”, atesta Lucy. “Aí, pensei: por que não registrar isso?”
Dentre a difícil tarefa de ‘enxugar’ o vasto universo das músicas de Seu Luiz, Lucy Alves revela que integram o show de clássicos absolutos, como ‘Asa Branca’, ‘Que nem jiló’ (ambas de Gonzaga e Humberto Teixeira) e ‘Olha pro céu’ (Gonzaga e José Fernandes), como também canções praticamente desconhecidas do público, como ‘Adeus, Iracema’ (parceria com Zé Dantas). “São músicas que gostaria de cantar”, enfatiza. “A grande maioria já canto, mas escolhi outras que não costumo cantar para ajudar a enriquecer o repertório”.
Com arranjos que remetem ao já consagrado baião, passando pela valsa, fado e outras novidades, o cenário de Enluarada será construído a partir do repertório. “Haverá um cenário fixo, mas também terá projeções”, informa a paraibana, sem querer revelar mais detalhes sobre o palco do show. Apesar de ter rendido uma parceria com o cantor e compositor Alceu Valença, a música ‘Numa sala de reboco’ (Gonzaga e Zé Marcolino) não estará na apresentação.Fazendo parte em uma das linhas de shows de Alceu, Lucy já tocou sua sanfona nas ruas francesas e portuguesas no começo do ano. “Alceu é uma figura maravilhosa. A gente se junta e vai criando”.
Tanto que uma das composições do pernambucano, chamado ‘Xote delicado’, estará no primeiro disco de sua carreira solo, que já se encontra em fase de produção e será lançado no segundo semestre. “Ele já tinha gravado e me sugeriu”, conta. “Fiz um arranjo inédito com cordas para ela”. Em estúdio, a artista paraibana revela que o disco – ainda sem nome de batismo – está sendo formado com músicas autorias, além de uma parceria com o cantor e compositor Chico César, a inédita ‘Toada legal’.
Quem acha que Lucy Alves abandonou o seu posto (e seu fole) junto com a banda Clã Brasil, ela avisa que a carreira solo é apenas um projeto paralelo ao grupo de forró pé-de-serra e ambos ainda “caminham juntos”. “Quero mostrar minha cara”, analisa Lucy. “Quero mostrar minhas outras influências musicais, como o choro e a música popular brasileira, passeando a minha sanfona por ela”. Além da agenda junina lotada, o grupo está correndo atrás para lançar mais um CD na sua trajetória: depois de Dominguinhos, o Clã Brasil canta Rosil Cavalcanti verá uma luz em breve. (JP)

terça-feira, 14 de maio de 2013

Muita troca de ofensas e acusações durante sessão na Câmara de Pedra Branca que discutia afastamento do presidente, que continua no cargo...

A sessão extraordinária da Câmara Municipal de Pedra Branca realizada na tarde de hoje (14), novamente tumultuada, foi palco para troca mútua de ofensa e acusações entre os parlamentares-mirins. O vereador Roberto Rodrigues (PCdoB) disse, quando usou a tribuna, que, respeitando o princípio básico do direito da ampla defesa, a comissão da qual ele é integrante resolveu dar um prazo de 72 horas para que o presidente se defendesse das acusações. 
Vereadores da situação apresentaram um Projeto de Resolução, semana passada, que determina o afastamento do vereador Geneton de Caldas (PSB) da Presidência da Casa, acusado de prevaricação por não receber nenhum ofício enviado pelo Executivo Municipal. Vários outros vereadores falaram tendo destaque a maneira pacífica com que se postou a vereadora Elena Fernandes (PSB) que defendeu o diálogo para entendimento. Ele disse estar triste com o momento vivido pela Casa. 
O assessor jurídico da Câmara, advogado Jackleudo Barbosa, usou a tribuna e explicou aos vereadores que o procedimento precisa ser protocolado de forma correta, evitando assim que no futuro venha a ser desfeito na justiça. Ele disse que o pedido feito pelos vereadores da situação foi arquivado pelo vice-presidente da Casa porque o mesmo não tem competência para receber, pois o presidente em exercício e de fato e de direito é Geneton de Caldas.
Jackleudo orientou os edis que querem o afastamento de Geneton, do comando da Mesa Direitora, que procure conhecer melhor o tema para que depois tudo não venha ser desfeito e disse que não existe nenhuma ação tramitando contra o presidente. Assim, ele deve continuar na cadeira de presidente até que tudo seja resolvido, conforme as normas jurídicas e o regimento interno. 
Geneton usou a tribuna, após passar a presidência ao vice José Dantas, e disse que não vai ser julgado como Jesus Cristo foi julgado por Pilatos e Herodes. Geneton falou que o vereador Roberto Rodrigues se comportava, na sessão de hoje, como se fosse o presidente da Casa, determinando o andamento da sessão e questionou àqueles que desejam seu afastamento. "Do que estou sendo acusado? Onde estão as acusações?", pontuou. 
Ao término, o desabafo: "Seguirei como presidente da Casa, até o último dia do meu mandato". (com Vale do Piancó Notícias)

Advogado João Franco Filho revela ao PB Notícias que a STTrans de Itaporanga deve ser efetivada e instalada em breve...

Durante participação no PB Notícias de hoje (14), noticioso levado ao ar pela Pedra Bonita FM, apresentado por Ricardo Pereira e Norton Júnior, o advogado João Franco Filho, que faz parte da equipe jurídica da Prefeitura Municipal de Itaporanga, revelou que já está bem avançada a efetivação da STTrans na 'Rainha do Vale', cuja sede será instalada no prédio aonde estava acomodada a Seinfra, na saída para Piancó. Com se sabe, o trânsito em Itaporanga se tornou um caos e a busca por uma solução se faz urgente. "Todo processo burocrático junto ao Denatran e Detran já está em fase de conclusão e nas próximas semanas o órgãos deve ser instalado, para a partir daí se buscar uma organização e solução para essa grande problemática que aflige hoje a cidade", disse.

Presidnete Dilma se prepara para turbinar Minha Casa asa, Minha Vida com crédito para móveis e eletrodomésticos...

O Governo Federal estuda entregar a quem comprar uma casa pelo programa Minha Casa, Minha Vida um cartão de crédito, com limite definido, para financiar a aquisição de eletrodomésticos básicos. Segundo fontes próximas ao assunto ouvidas pelo jornal O Estado de S. Paulo, o desenho do programa será discutido nesta terça-feira (14) em reunião com a ministra do Planejamento, Orçamento e Gestão, Miriam Belchior, e o representantes dos Ministérios da Fazenda e das Cidades. Após o encontro, um esboço será levado à presidente Dilma Rousseff.
Segundo um integrante da equipe econômica, a fixação de um preço máximo para o eletrodoméstico que será comprado servirá para evitar que, diante de uma demanda nova os fabricantes fiquem "tentados" a elevar preços. Ainda há 2,2 milhões de moradias para serem entregues até o fim de dezembro de 2014, das quais 1,2 milhão já estão contratadas.
O governo trabalha para turbinar o Minha Casa, Minha Vida ainda neste semestre. O risco de uma alta de preços dos eletrodomésticos e imóveis por causa da abertura das linhas de crédito especiais é uma preocupação da área econômica que procura definir uma modelagem financeira que evite distorções de preços no mercado. 
Além dessas mudanças, Dilma já prometeu melhorar a qualidade dos imóveis, instalando pisos de madeira, por exemplo. A intenção do governo, conforme um interlocutor da presidente, seria aprimorar constantemente o programa. responsável por mais de 1,4 milhão de empregos, o MCMV também deve ajudar a puxar votos [para a reeleição de Dilma].

Acaba a greve dos professores da UEPB e docentes voltam as atividades na quinta-feira...

Acabou a greve dos professores da Universidade Estadual da Paraíba (UEPB) que já durava 75 dias. Os docentes decidiram que retornarão às atividades na próxima quinta-feira (16).  Os professores tiveram os recursos negados pelo Supremo  Tribunal de Justiça (STJ) e em assembléia na tarde desta terça-feira acabaram com o movimento grevista.
A greve prejudicou 22 mil alunos distribuídos nos oito campi da instituição. O movimento grevista avaliou como positivo a paralisação. De acordo com Associação dos Docentes da UEPB (Aduepb) dos 22 itens contidos na pauta de reivindicações, 20 serão atendidos a curto, médio e longo prazo, de acordo com a disponibilidade da instituição, sendo este um compromisso do reitor Rangel Júnior.

Prefeitura de Cajazeiras abre concurso público para contratação de 460 servidores...

A prefeitura de Cajazeiras abriu nesta segunda-feira (13), as inscrições do concurso público da Prefeitura de Cajazeiras para preenchimento de 460 vagas de diversas áreas e níveis de escolaridade. O edital já está disponível  no site da Fundação de Apoio à Pesquisa e à Extensão (Funape-PB), responsável pelo processo seletivo. As inscrições podem ser feitas até o próximo dia 31 de maio através do endereço: www.funapepb.org ou de segunda a sexta-feira em horário comercial na Biblioteca Municipal Castro Pinto, no centro da cidade de Cajazeiras.
Os cartões de inscrição serão entregues de 10 a 14 de junho e as provas escritas aplicadas no dia 30 de junho. O resultado geral das provas será divulgado até 30 de julho. Os salários variam de R$ 678 a R$ 2,7 mil. De acordo com o edital divulgado pela Funape PB, são oferecidas vagas para engenheiros, médicos, enfermeiros, assistente social, auditor fiscal e motoristas. Das 525 vagas oferecidas, 5% serão destinadas aos portadores de deficiência física.
A prefeita de Cajazeiras, Denise Oliveira (PSB), informou que os aprovados no concurso serão contratados dentro do cronograma estabelecido pelo edital e em atendimento ao Termo de Ajustamento de Conduta (TAC) firmado com o Ministério Público da Paraíba. (com DiáriodoSertão)

Veja edital completo aqui!

UFPB suspende PSS 2014 e estudantes disputarão vagas através do Enem

Imagem ilustrativa
Os estudantes que pretendem concorrer a uma vaga na Universidade Federal da Paraíba (UFPB) no ano de 2014, não passarão mais pelo Processo Seletivo Seriado (PSS), realizado nos últimos anos pela Comissão Permanente de Vestibular (Coperve). A informação foi confirmada no início da noite desta segunda-feira (13), pela reitora da instituição de ensino superior, Margareth Diniz. Ela informou que a decisão foi composta após uma votação realizada entre representantes do Consepe, destacando que dentre eles, 22 foram favoráveis pela decisão do término do processo seletivo, 03 contrários e 05 abstenções.
“Aderimos ao ingresso dos alunos por meio do Enem/Sisu após sermos informados que não tínhamos condições de realizar o PSS 2014”, revelou a reitora referindo-se as informações passadas pelo presidente da Coperve João Lins. “Ele nos disse que as mensalidades das casas que serviam como sede estavam atrasadas, além disso, temos uma portaria do Governo Federal que dispensa cobrança de taxa de inscrição de alunos vinculados a rede pública”. Ainda segundo Margareth, o Consepe deve continuar se reunindo, para avaliar se a mudança será estendida para o ano de 2015 ou se o PSS permanecerá suspenso apenas em 2014. Integram o conselho, dois representantes de cada centro da UFPB, servidores técnicos administrativos e da administração central, além de estudantes do DCE. 

Distrito de Pitombeira de Dentro receberá 1ª Sessão da Câmara Itinerante de Santana dos Garrotes

O presidente da Câmara Municipal de Santana dos Garrotes, vereador Rênio Macedo, lançou o programa "Câmara Itinerante 2013", cuja primeira sessão será realizada no Distrito de Pitombeira, localidade com mais de 2 mil habitantes e um eleitorado acima de 1.200 eleitores, carente de reparos, mas principalmente com pessoas que precisam ser ouvidas por seus representantes.
A reunião acontecerá no Salão Paroquial a partir das 10h da manhã e o presidente da Casa convida todas as instituições e comunidade em geral para participar. Conforme Rênio, o programa é a realização de um sonho antigo e será a primeira de muitas outras que tem como objetivo levar o Legislativo-Mirim local para perto das pessoas interagindo com a comunidade, buscando ouvir suas reais necessidades.   
Ainda estão previstas sessões na comunidade de Palestina e Serra Branca, dentre outras a ser confirmadas durante o ano. Os objetivos da iniciativa são:
a) Popularizar os trabalhos do Legislativo, aproximar o contato direto do Vereador com a população de cada região da zona urbana e rural;
b) Promover a integração entre o Poder Legislativo e a comunidade, abrindo a perspectiva de trabalhar juntos a partir da discussão comum dos problemas que envolvem o município, com intuito de encontrar solução homogênea;
c) Propiciar ao Vereador, conhecer de perto o comportamento de cada comunidade, suas reações, opiniões e anseios, propiciando uma intimidade que desemboque em realizações mútuas;
d) Antever as aspirações populares, visando intervir junto a cada comunidade, como interlocutor no estudo de seus problemas, encaminhando suas propostas aos setores competentes da Administração Pública.

segunda-feira, 13 de maio de 2013

TCE-PB fiscalizará gestores que não informam despesas com saúde

Da Redação direto de Juazeiro do Norte (CE) - O Tribunal de Contas do Estado da Paraíba deverá formar um grupo de trabalho para fiscalizar quais os municípios que não estão prestando informações sobre os gastos com saúde, conforme dispõe a Lei Complementar nº 141/2012. A medida vale também para o governo do Estado. A sugestão partiu do conselheiro Fernando Catão, que exerce o cargo de corregedor do TCE. “Fiz um levantamento dos municípios da Paraíba, no exercício de 2012, apenas 122 informaram ao SUS os seus gastos com saúde. Os demais municípios não informaram”, disse Catão ao levar o assunto para a sessão do tribunal. 
Ele explicou que é competência do TCE, a partir da vigência da LC 141/2012, fiscalizar e prestar as informações. “As informações devem ser bimestrais”, disse. O conselheiro fez uma consulta no site do Ministério da Saúde (MS) e constatou que os dados ainda não foram atualizados para o ano de 2013. Catão revelou que dentre os 122 municípios, apenas Aparecida, Camalaú e Picuí enviaram ao MS e ao TCE exatamente as mesmas informações. Ele disse que o município de Campina Grande informou menos de R$ 7 milhões.
O município de João Pessoa também deixou de informar corretamente os gastos com saúde. Segundo Catão, a prefeitura teria deixado de informar cerca de R$ 30 milhões. “É bom que se verifique o que realmente houve, já que tem casos onde a diferença entre a informação prestada ao tribunal e ao MS chega à casa dos 30%, indicando que já temos uma trilha de auditoria”, afirmou Catão.
Outro problema apontado pelo conselheiro Fernando Catão diz respeito ao não cumprimento de uma resolução normativa do TCE, de 2011, que dispõe sobre a remessa de informações de obras e serviços de engenharia, via internet, pelas unidades gestoras estaduais e municipais da Paraíba. Ele disse que a não informação enseja a aplicação de multa, mas o próprio tribunal não vem fazendo uso dessa medida.

Antônio Leite parabeniza à todos os zootecnistas pelo seu dia...

Da Redação direto de Juazeiro do Norte (CE) - Ontem, segundo domingo de Maio, comemoramos o sagrado dia das Mães. Foram centenas de milhares de estilos comemorativos alusivos a mais sublime de todas as formas de condições de vida, a Mãe.
Hoje, segunda-feira, 13 de Maio de 2013, os zootecnistas do Brasil e do Mundo comemoram seu dia. O momento é de muita festa e o Reino Anima agradece porém, não se pode esquecer que a "luta" continua rumo à nossa emancipação de classe, quando ainda permanecemos dependentes de outrem para a (guarda) no exercício pleno de nossas funções. O mercado global, cada vez mais competitivo, clama sempre por qualidade e esta, no espaço certo e hora certa é que poderá proporcionar as reais exigências do mercado.
Diante desta realidade, observa-se uma nítida tendência do setor produtivo em buscar absorver, preferencialmente, o profissional com este perfil característico. Faz-se, portanto, mister que toda(o)s colegas façam chegar à sua Excelência, a presidente Dilma Rousseff, para sua sensibilidade no sentido de fazer Sancionar a Lei que cria o Conselho Federal de Zootecnia e seus respectivos Conselhos Regionais, e assim fazer justiça aos Zootecnistas e setor produtivo deste País.
Parabéns a todas e a todos,
Saudações Zootecnistas.

Antônio Leite de Caldas (na foto)
Zootecnista - Mestre em Produção Animal (CRMV-PB 00133)