sábado, 20 de julho de 2013

Em Patos, Ricardo Coutinho diz que aliança com Cássio "serviu no passado e servirá no futuro"...

Durante entrevista ao Portal Patosonline, o governador Ricardo Coutinho falou sobre uma possível tentativa do PMDB de atrair o seu aliado político, o senador Cássio Cunha Lima, para a oposição. Ricardo Coutinho respondeu que a aliança com o senador foi feita com base num projeto político para ser executado a longo prazo, e por isso continuam firmes e determinados nesse propósito.
“O que eu posso responder é o que é público e notório, ou seja, nós temos uma aliança que serviu no passado, serve agora e servirá para o futuro. Temos um projeto de melhoria para esse estado de muitos anos, e o estado está avançando, isso é indiscutível. Até os adversários sabem disso, pois nenhum faz uma crítica administrativa sequer, e quando fazem são aqueles completamente desvairados que afirmam que não existe construção de estrada nenhuma, por exemplo. Eu já ouvi entrevista aí com candidato a governador dizendo que não tem escola, estrada, nem adutora nenhuma sendo construídos, ou seja, não consegue enxerga nada. Então, digo que nós estamos firmes no projeto de continuar mudando a Paraíba”, afirmou o governador.

PF indicia 23 pessoas e diz que Jampa Digital financiou campanha do governador Ricardo Coutinho nas eleições de 2010

A Polícia Federal indiciou 23 pessoas por supostas irregularidades no projeto 'Jampa Digital' - uma rede que conecta os órgãos da Prefeitura de João Pessoa (PMJP) e que leva internet gratuita a praças públicas da capital. O resultado da investigação da operação 'Logoff', desencadeada em maio do ano passado, foi divulgado ontem pelo Jornal da Globo (Rede Globo), e concluiu que recursos do projeto foram desviados para financiar a campanha do governador do Estado, Ricardo Coutinho (PSB), e do vice Rômulo Gouveia (PSD). A Secretaria de Comunicação do Estado nega.
De acordo com a reportagem, o publicitário Duda Mendonça, responsável pela campanha, foi indiciado por lavagem de dinheiro e o vice-governador Rômulo Gouveia por corrupção. Funcionários da Prefeitura de João Pessoa e empresários também estão envolvidos no esquema de superfaturamento. A Polícia Federal também encaminhou a investigação ao Ministério Público Federal (MPF) e recomendou que sejam apuradas as participações no esquema do governador Ricardo Coutinho, de dois deputados federais e do ministro das Cidades, Aguinaldo Ribeiro, que era secretário de Ciência e Tecnologia da PMJP na época em que o programa foi anunciado.
O 'Jampa Digital', orçado inicialmente em quase R$ 40 milhões e depois reduzido para pouco mais de R$ 6 milhões, foi financiado pelo Ministério da Ciência e Tecnologia e executado pela empresa Ideia Digital, com sede em Salvador (BA). Conforme a reportagem do Jornal da Globo, a empresa afirmou desconhecer o relatório da PF e o indiciamento dos proprietários. De acordo com a Polícia Federal, o projeto foi criado para desviar dinheiro público e desde o início já se sabia qual empresa ganharia a licitação, de quanto seria o superfaturamento e para onde esses recursos seriam desviados.
“A nossa ideia sempre é trazer provas pra que a Justiça possa condenar efetivamente aqueles que participaram, mas de forma completa, a mais completa possível, para entender todo o mecanismo, toda a engrenagem dessa organização considerada criminosa por nós”, disse o delegado da Polícia Federal de Pernambuco, Marcello Diniz.
Segundo a Polícia Federal a empresa superfaturou o projeto em R$ 1,6 milhão. A investigação descobriu ainda que R$ 1,1 milhão foram repassados pela Ideia a empresas fantasmas em São Paulo. O dinheiro teria sido usado para pagar despesas de campanha do atual governador Ricardo Coutinho (PSB) e do vice-governador Rômulo Gouveia (PSDB).

sexta-feira, 19 de julho de 2013

Os coordenadores do SAMU Regional e de Itaporanga trocam acusações durante PB Notícias, que debatia "caos" no funcionamento do serviço...

Em sentido horário: Douglas, o editor, Dr. Miguel, Wilka, Robervânia, Ayalla...
Em uma edição bastante movimentada o PB Notícias, noticioso apresentado por Ricardo Pereira e Norton Júnior, transmitido pela Rádio Pedra Bonita FM, promoveu nesta sexta-feira (19) uma mesa redonda para debater as avalanches de queixas e reclamações que a população tem feita com relação ao funcionamento preocupante do SAMU na região do Vale do Piancó, cujos problemas estruturais nas bases dos municípios e ocorrências com demora inaceitáveis tem custado a vida de pessoas inocentes. 
Para tanto, a produção do programa contactou e propôs a realização de um debate com as presenças das coordenações da Central de Regulação, sediada em Piancó, da Base de Itaporanga e de outros municípios, que participaram via telefone, da Direção Geral e do Diretor Clínico do Hospital Distrital de Itaporanga, dentre outros. A edição de hoje do programa teve três horas de duração, das 11h às 14h, devido a grande demanda de participação dos ouvintes e o interesse da comunidade sobre o assunto.
A mesa redonda foi necessária devido as ocorrências recentemente registradas em Itaporanga e demais municípios, que custaram vidas de pessoas, cuja responsabilidade por essa deficiência no funcionamento dos serviço tem sido debitada na conta da central de regulação que por sua vez relança a culpabilidade na falta de estrutura das bases nos municípios. Um verdadeiro "caos administrativo" é que se pode deduzir à respeito da situação atual em que vive o SAMU na região. São inúmeras queixas e reclamações que os ouvintes tem levantadas diariamente e esse "desleixo" à que chegou esse serviço público de saúde que é tão importante para a população.
Para profissionais da área de saúde [médicos, enfermeiros, etc] a atual Coordenação da Central de Regulação os têm tratado com "desrespeito" e "grosseria"; já para as autoridades [prefeitos, secretários municipais e diretores de hospitais] a relação não tem sido muito profícua entre ambos porque estes veem a atuação da atual coordenação como "mal educada" e "arrogante", por uma profissional que muitos afirmam "não ter o perfil adequado para exercer a função e estar à frente do cargo"; enquanto, para a população, que sofre com toda essa celeuma, a imagem que tem sido passada é a de que o SAMU na região está desestruturado e falta capacidade para enfrentar os problemas, muitos deles já levados ao conhecimento do Ministério Público, procurado para intervir no caso.
Pois bem, para dirimir as dúvidas e debater essa problemática a coordenadora regional do SAMU, Euda Ayalla, juntamente com sua equipe, incluída a coordenadora da Base de Piancó, Robervânia, esteve nos estúdios da emissora, assim como, o coordenador da Base de Itaporanga, Douglas Leite, a diretora geral e o diretor clínico do Hospital Distrital de Itaporanga, respectivamente, Wilka Rodrigues e Dr. Miguel Neves, além da participação das bases dos municípios vizinhos, via telefone. Tratou-se de um momento importante e inédito aonde a população teve a oportunidade de saber dos próprios responsáveis o que de fato está acontecendo para que o funcionamento do SAMU chegasse a essa "desordem". 
O foco principal do programa era apontar uma solução imediata pra tantos problemas causados por conta da demora no atendimento. Mas o que se viu durante boa parte do programa foi intensa troca de acusações entre as coordenações da central de regulação e a base de Itaporanga, embora, tanto Euda Ayalla como Douglas Leite externando respeito pelas pessoas de ambos. O que não arrefeceu disparo de balas cruzadas quanto às responsabilidades de ambos. Douglas, inclusive, colocou sua conta em risco ao reafirmar de público graves denúncias, feitas no dia anterior, quanto a conduta da coordenadora da central de regulação, para casos que merece investigação do Ministério Público. 
De sua parte, Euda Ayalla infomou estar documentada com registros de várias "infrações" cometidas pela coordenação da base local e que Douglas estava trabalhando de maneira "incorreta e irresponsável", que, segundo ela, tem causado este "caos por não ter uma escala efetiva de médicos situação que tem levado agente a suprir a demanda de Itaporanga", disse ela. Reconhecendo a falha, Douglas informou que a Prefeitura de Itaporanga já estava resolvendo a questão com a contratação de médicos: "Estamos, agora, com escala efetiva de médicos de segunda à sexta-feira", rebateu ao fazer mais uma denúncia: "E a central que passou, semanas atrás, 55 dias sem médicos, o que dizer?". Euda disse que ele irá responder se não comprovar oque relatara: "Você prova isso?", perguntou. "Claro que sim. Está tudo no livro de registros", respondeu. "No livro de registro agente coloca o que quer. Agora, lá na central temos um serviço de informatização que pode comprovar ou não a sua denúncia e caso seja falsa, você poderá responder...", replicou Euda.
Esse diálogo foi só a primeira rodada do debate. Casos muito mais escabrosos foram colocados na mesa. Você confere nas postagens a seguir... 

Douglas denuncia utilização de ambulância como "táxi particular" e Euda rebate dizendo que "o médico achou por bem fazer o procedimento"

Na segunda rodada do debate promovido pelo PB Notícias com relação aos "caos" no funcionamento do SAMU no Vale do Piancó, o coordenador da Base de Itaporanga colocou mais lenha na fogueira ao confirmar denúncia, feita por um ouvinte no dia anterior, de que ambulâncias do SAMU estão servindo de táxi particular para transportes de pacientes sem estado de emergência ou urgência.
A denúncia se referia a autorização dada semana passada pela central de regulação para que uma ambulância da Base de Itaporanga procedesse encaminhamento, mesmo sem consentimento da coordenação local, de um paciente do município de Pedra Branca para o Memorial São Francisco, em João Pessoa, à pedido do prefeito daquele município e com o aval da coordenadora da central. 
Douglas afirmou ter recebido a solicitação mas não a autorizou porque o paciente não se enquadrava em caso de emergência nem urgência e, pior, sem ter sido nem medicado pelo médico. No entanto, segundo ele, a central de regulação não quis conversa e determinou que a ambulância da Base de Itaporanga atendesse o pedido ficando a população itaporanguense desguarnecida do serviço. 
"Isso é um absurdo. Proceder com encaminhamento de um paciente que nem medicado estava quando a região sofre com a deficiência do serviço. Por isso, não concordei com a transferência, mas a central determinou que a ambulância assim procedesse, utilizando-a como táxi particular de paciente", denunciou Douglas. 
Por sua vez, Euda Ayalla disse ter sido contatada sobre a situação e orientou o prefeito a ligar pro 192. "Orientei que ligasse pro 192 e, então, o médico regulador achou por bem autorizar o encaminhamento. Inclusive, você [Douglas] foi grosseiro com o médico", esclareceu Euda. "Fui grosseiro do mesmo jeito que ele foi comigo", rebateu Douglas. "Só que agente não pode discutir com médico, não", treplicou Euda ao disparar: "Se você [Douglas] assumisse seu trabalho com responsabilidade casos deste tipo não ocorriam".
"Como posso aceitar uma transferência aonde um médico não fez qualquer medicação apenas pegou o paciente, que não apresentava qualquer quadro grave de saúde, colocou-o na ambulância e o levou pra João Pessoa, utilizando a ambulância como um táxi particular de paciente", devolveu Douglas confirmando a denúncia. 
Em todo caso, trata-se de um caso grave que merece investigação por parte do Ministério Público para se punir os responsáveis por brincar com uma coisa tão séria que é a saúde da população. Pois, uma ambulância foi tirada da Base de Itaporanga, semana passada, segundo denuncia seu próprio coordenador, para servir de táxio particular de paciente após autorização da central de regulação, enquanto, dezenas de pessoas aguardavam nos hospitais da região terem o mesmo privilégio no atendimento do serviço.

Coordenadora regional do SAMU tenta se justificar quanto a demora no atendimento e médicos a desmentem ao vivo relatando omissões...

Durante o debate promovido com relação aos "caos" no atendimento do SAMU na região do Vale do Piancó, promovido pelo PB Notícias, a produção teve que se desdobrar para limitar a participação dos ouvintes já que choveu de ligações de populares em geral e médicos, trazendo mais casos graves ocorridos por "desleixo" da coordenação da central de regulação. Um deles ocorreu no início da semana quando um paciente chegou ao Hospital Distrital de Itaporanga em estado grave de TCE [Traumatismo Craniano Encefálico] e precisava ser encaminhado com urgência para o Hospital de Traumas de Campina Grande, porém, a central desautorizou ambulância da Base de Itaporanga a fazer o procedimento. A família do paciente foi ao fórum local e o Promotor de Justiça teve que ir até o hospital para cientificar-se do ocorrido. 
A situação chegou a esse ponto porque a ambulância USA [Unidade de Suporte Avançado] da base de Itaporanga estava baixa [parada] e não havia médico plantonista, entretanto, o coordenador local levou a ambulância básica e com um médico cedido pelo H.D.I fez o encaminhamento. Mesmo a central determinando que retornasse. Em casos desse tipo, com viatura baixa, é obrigação da central enviar a USA da central, o que não aconteceu. Por conta disso a Promotoria de Justiça deve convocar uma reunião entre as autoridades para esmiuçar sobre essas fatos lamentáveis, que tem ocorrido costumeiramente no Vale do Piancó. "Jamais deixaria de salvar uma vida porque a central não cumpre com o seu dever", disse Douglas que recebeu mais uma das várias notificações da central. "Como a USA de Itaporanga estava baixa o procedimento não podia ser feito pela Básica", pontuou Robervânia, coordenadora da Base de Piancó.
O âncora do programa, então, tomou a palavra e perguntou-lhe porque é registrado tanta demora no atendimento do SAMU. "Temos que seguir regras", disse a coordenadora. "Como assim, regras? Minha pouca inteligência não me deixa entender essa situação. Quantas ambulâncias vocês tem em Piancó?", indagou Ricardo Pereira. "temos cinco Básicas e duas USA", respondeu a coordenadora. "Então, por que vocês não enviaram uma dessas USA's, já que é obrigação da central cobrir situações como a vivida por Itaporanga?", perguntou Ricardo não convencido.
"Na verdade, o que houve foi que a médica plantonista da USA, que é gente como agente, teve um problema de saúde na família e estava ausente do plantão...", informou Euda Ayalla. "E cadê o médico substituto? E se o paciente morresse, como já aconteceu em casos recentes, qual seria a justificativa diante de tanta demora e da falta de entrosamento de vocês?", comentou Ricardo Pereira deixando todos espantados. Na oportunidade foram colocados na mesa diversos casos ocorridos em Itaporanga., Conceição, Ibiara e demais, cujos transtornos foram causados por conta da demora no atendimento.
Um deles foi o de uma grávida que estava internada no H.D.I e esperou cerca de quatro horas para que a central de regulação autorizasse uma ambulância vir de Piancó para fazer o encaminhamento à Patos e depois a Campina Grande, vindo o bebê a óbito no dia seguinte. Além da falha da Base de Itaporanga por estar com ambulância baixa [parada] a central de regulação falhou por não agir com rapidez no atendimento. "Não se pode colocar a culpa somente na central. Como podemos atuar se a base de Itaporanga está com ambulância baixa e não tem escala efetiva de médicos?", disse Euda. "Sim, tudo bem que a culpa é tanto da central de regulação como da base local, mas o que não é aceitável que uma ambulância demore quatro horas de Piancó pra cá, num percurso que duraria cerca de vinte minutos, pra fazer um atendimento e no final das contas o resultado foi a morte de uma pessoa", comentou Ricardo.  

Médicos ligam para o programa e desmentem Euda ao vivo ao trazer mais denúncias
Dezenas de ouvintes participaram do programa trazendo mais denúncias e relatando casos de absurdo com relação ao atendimento que é disponibilizado pela central de regulação, através do 192. Muitos das ligações eram de médicos, inclusive de alguns que estavam de plantão, relatando situações de transtornos vividas no Hospital Distrital de Itaporanga que, segundo eles, causadas pela "incapacidade" da central de regulação em suprir as demandas e proceder com agilidade. Até médicos que atuam na própria regulação se queixaram que a atual coordenadora os "desrespeitam". 
"Não tenho nada contra a pessoa de Euda, mas quero informar que passei por sufoco aqui no hospital de Itaporanga com vários casos de traumatismo craniano grave e ao solicitar suporte da central para socorrer as vítimas, simplesmente as ambulâncias não eram liberadas e a central não tem a minha consideração com agente. Elas estão vivas graças ao pouco de estrutura que temos por aqui. Então, é muito difícil agente ver o sofrimento do povo por causa da incapacidade da central de agir com mais rapidez. Antes de ser médico sou cidadão e não posso concordar com essa situação lamentável que passa o SAMU em nossa região", relatou o Dr. Tarciano Carnaúba, que estava de plantão no H.D.I mas participou do programa para relatar quatro casos ocorridos recentemente em que a central se omitiu da cumprir com suas obrigações.
Por sua vez, Euda Ayalla tentou se justificar dizendo que a responsabilidade para se autorizar as ocorrências é do médico regulador: "O médico regulador é quem é o responsável por autorizar ou não a ocorrência". "Quantos médicos vocês têm na escala da central de regulação?", perguntou Ricardo Pereira. "Temos doze. Inclusive um dos plantonistas de hoje é daqui de Itaporanga - o Dr. Azif", respondeu Euda que ficou desconcertante ao saber ao vivo, pelo Dr. Tarciano, que o médico a que se referia estava, na verdade, de plantão no H.D.I ouvindo o programa junto com ele e que já havia pedido demissão da central de regulação.
Enfim, foram muitos casos relatados no ar que deixaram a impressão de certa incapacidade da atual coordenação regional do SAMU em sua gestão. A própria Euda retornou a dizer que os problemas tem se avolumado devida a Base de Itaporanga ter apresentado situação diversas e constantes de falta de médicos e que muitas vezes as ambulâncias estão baixas [paradas]. "Nós [da central] já cobrimos várias vezes as ocorrências de Itaporanga que tem apresentado casos lamentáveis com fala de escala médica e ambulâncias em situação complicada para trafegar", disse ao confirmar que tanto a central de regulação como a base local estão precisando se entender para que o serviço seja feito como se deve. 

Euda Ayalla diz que os prefeitos devem cumprir com suas obrigações e todos se comprometeram em se reunir pra buscar solução rápida pro caso

Ao final do debate promovido pelo PB Notícias ficou nítida entre as coordenações da central de regulação e da base de Itaporanga uma completa falta de sintonia, harmonia e trabalho em conjunto para que o serviço seja desenvolvido como se deve. "O que percebo é a completa falta de sintonia, comunicação e harmonia, entra a central de regulação, os hospitais e as base locais, situação essa vexatória que prejudica a população como um todo", disse Ricardo Pereira.
A coordenadora regional rebateu ainda as queixas dos prefeitos com relação à central de regulação afirmando que é de competência deles a contratação de profissionais e a manutenção da estrutura do serviço. "O governo federal entra com os equipamentos e envia verba mensal, fundo a fundo, para que eles cumpram com suas obrigações", disse. "Fui informado, agora à pouco por um prefeito, via telefone, de que seu município recebe cerca de R$ 40 mil do governo mas a manutenção custa cerca de R$ 150 mil. E, no final, eles se acham desrespeitado pela central regional que para eles não está tendo capacidade de gerir o serviço", observou o âncora do programa. 
"Infelizmente os prefeitos tem de compreender que a questão de contratação é de cada município. Se não tem médicos nos municípios a responsabilidade é dos prefeitos. A situação é fácil de se resolver, é só contratar médicos. É o caso de Itaporanga que infelizmente tem lacunas, como a falta de escala efetiva de médicos", esclareceu Euda. 
"Viemos aqui para esclarecer a população o que é o SAMU e não pra discutir esses assuntos", pontuou a coordenadora. "Só que o que está na mesa do debate não é a importância do SAMU, reconhecida e festejada por todos nós, mas sim a fragilidade na operacionalização que tem causado transtornos e mortes por conta da demora no atendimento e que a culpa tem sido jogada da base pra central e vice-versa. Enquanto isso, a população padece por causa da falta de comunicação e sintonia entre vocês o que tem custado, repito, vidas humanas...", comentou Ricardo Pereira.
"Mas não era pra agente estar aqui debatendo isso de público já que podemos fazer numa reunião. Como posso procurar uma solução se nunca recebi um convite para uma reunião aqui? Nunca Douglas chegou à mim e disse: 'olha a situação em Itaporanga e assim e assado'. Então fica difícil agir sem se saber a real situação das bases nos municípios", completou Euda.
"Estou constrangido em estar presenciando esse debate, haja vista, que as soluções não foram colocadas na mesa. Eu, como diretor clínico do H.D.I, tenho muitas queixas com relação ao atendimento do SAMU mas vejo que é preciso um entendimento para se chegar a uma solução. O que não posso aceitar é que o nosso esforço dentro do hospital, para salvar vidas, seja anulado por conta da ineficácia no pronto atendimento do serviço", disse o Dr. Miguel Neves.
"Vejo que não se pode ficar atirando pedras ao vento. Um jogando a culpa no outro. Quero dizer que o hospital está à disposição e entendo como necessária a realização de uma reunião urgente entre todos nós: diretores de hospitais, coordenadores das bases, coordenação da central e secretários, para a partir daí agente encontra uma solução e cumprir com o nosso dever que é destinar um bom serviço de saúde e salvar vidas. Portanto, o que precisamos é ter cautela, respeito um com o outro e que as pedras atiradas possam parar no meio do caminho sem atingir o alvo", pontuou Wilka.
"Não tenho nada contra Euda, até porque somos amigos, mas não posso deixar que a central de regulação continue dificultando o trabalho da base de Itaporanga, quando a sua obrigação é suprir a demanda surgido por conta dos problemas nos municípios", disse Douglas Leite.
"Bem, o debate foi produtivo sim. E esse tipo de discussão deve ser travado sim em uma rádio, quando a população se vê diante de um caos no funcionamento e na gestão de um serviço tão importante como é o SAMU. O que se foi colocado na mesa são casos que vem acontecendo e essa situação só chegou até aqui por que se extrapolou o limite da população. Que espera depois de saírem por àquele porta que vocês conversem, entrem num entendimento e busquem uma solução o mais rápido possível, para que outras vidas nãos sejam ceifadas por conta da ineficiência de gestão num serviço tão importante como é o SAMU. Enquanto isso, estaremos aqui de prontidão e à disposição da população e de vocês para cumprir com o nosso dever, que é informar os acontecimentos e fatos que mexem com a minha, a de vocês e com a vida dos cidadãos", concluiu Ricardo Pereira.
Ao final todos agradeceram pela mesa redonda e reconheceram que foi muito importante a oportunidade para que se busquem a solução do problema. Esse nada mais é do que a contribuição que um noticioso pode dar em uma situação conflitante como a colocada em questão para a comunidade.

UNIP abre inscrições disponibilizando 740 vagas para o vestibular...

A UNIP - Universidade Paulista, através do Pólo Presencial de Piancó-PB, acaba de abrir processo seletivo para o Vestibular de Inverno, cujas inscrições permanecerão abertas até 03 de agosto do corrente ano, com provas que poderão ser agendadas conforme a disponibilidade de tempo do candidato para a realização do exame que consta apenas de uma redação.
Os interessados poderão realizar suas inscrições diretamente no Pólo de Apoio Presencial que funcioná em Piancó, ao lado do restaurante CÉU ou no Escritório de Representação Regional, recentemente inaugurado em Itaporanga, na sala 02 do Edifício Crizanto Pereira, defronte ao Banco do Nordeste ou ainda pelo site www.unip.br/ead, mediante o pagamento de taxa de inscrição no valor de R$ 30,00 (trinta reais).
Para o referido processo seletivo, a UNIP está oferecendo 740 vagas, nos 14 (quatorze) cursos de graduação que abrangem as mais diversas áreas do conhecimento como: Ciências Sociais; Econômicas; Comerciais; Educacionais e Humanas (ver site). Maiores informações pelos fones: 83 3452-1203 / 9860-9422 / 9171-3756, em horário comercial.
Também encontram-se abertas as incrições para os 20 (vinte) cursos de Pós-Graduação Latu Sensu que abrangem as mais áreas do conhecimento como: Ciências Jurídicas, Sociais, Contábeis, Educacionais e Econômicas. Para estes cursos, o número de vagas é limitado.
Não perca mais seu tempo precioso e estude na maior e melhor do Brasil. (com Ascom)

Veneziano diz que "a repulsa esse governo vem da Paraíba inteira"...

venetv
Ex-prefeito do segundo maior colégio eleitoral (Campina Grande) do Estado, Veneziano Vital (PMDB), como se sabe, ainda não é candidato a governador. Concentra-se na estadualização do seu nome para o momento de lançar sua candidatura à sucessão em 2014. 
Participou hoje (19) de um programa de televisão. Jogou ao meio-fio informação dando conta que a repulsa do governo “socialista” Ricardo Coutinho não está concentrada apenas em Campina Grande. “Esse sentimento é da Paraíba inteira”, asseverou.
Veneziana acreditava que o sentimento de revanchismo do governador com a Rainha da Borborema “era porque apresentava-me como prefeito de oposição ao governo dele, mas não é bem assim. A repulsa vem de todos os municípios paraibanos…”. 
“… O governador promete a obra, anuncia a ordem de serviço e não executa. Campina é o maior exemplo disso porque já existe um voto de repúdio do vereador Alexandre do Sindicato, que representa a reação do povo campinense”.
A única obra que o governo “socialista” tem em Campina Grande é 300 metros de recapeamento. “Nada mais além do que isso”. Expôs, ainda, a fragilidade do governo que “não cuida da Segurança Pública, fechou 233 escolas estaduais, que tem problemas na saúde e que não cumpriu nenhum item dos compromissos assumidos na campanha”.
Sobre a segurança, o pré-candidato a governador disse que “as notícias do grande número de homicídios levam a Paraíba as manchetes da mídia nacional como sendo o terceiro estado mais violento do país; João Pessoa a décima cidade mais violenta do mundo. Isso nos incomoda paraibanos”.
Para Veneziano, “é preciso oferecer melhores condições de trabalho ao policial militar, equipar a segurança pública, chamar os concursados para reforçar a corporação e ter respeito, acima de tudo, aos homens que vão cuidar da proteção dos paraibanos”.
Sobre política, ele disse que as teses de união das oposições no primeiro turno é boa, como também candidaturas próprias dos partidos oposicionistas, “desde que no segundo turno todos estejam unidos, defendendo o mesmo discurso”.
Por isso, Veneziano já está incomodando. (com Marcone Ferreira)

Tendência de Cássio e do PSDB é seguir o povo na rejeição a Ricardo...

Senadores Vitalzinho e Cássio durante reunião em comissão do Senado
Perceberam que o senador Cássio Cunha Lima (PSDB) sumiu? Perceberam também que o governador re-eleitoral Ricardo Coutinho (PSB) mudou? Sabe por quê? Nos bastidores há uma movimentação para que tucanos passem todos para a oposição, um cenário em ebulição por causa dos índices de rejeição do virtual candidata a reeleição.
Como o governador não consegue se “limpar” perante o eleitorado que confiou nas promessas dele na campanha passada, então não é interessante para o senador Cássio e o partido dele seguirem juntos nas eleições de 2014. O DEM vai pra onde CCL for?  Em privado, o que se comenta é que sim.
Ouviu-se falar na possibilidade de uma aproximação de PSDB e PMDB. A deputada Olenka Maranhão chegou a aventar essa hipótese. “É possível que ocorra”. Nesta quinta (18), o deputado Raniery Paulino, líder do bloco do PMDB, também enveredou em defender a união: “Só depende do PSDB, porque o PMDB está pronto e quer ampliar o leque de alianças e o diálogo para as eleições do próximo ano”.
Cássio será bem vindo ao bloco de oposição, conforme adiantou o deputado Raniery, “inclusive não teríamos nenhum problema em recebê-lo como aliado, até porque o senador Cícero Lucena já votou conosco na eleição passada”. A julgar pela alta rejeição do “socialista” Ricardo em Campina, também em João Pessoa, o senador Cássio e o PSDB tendem a rejeitá-lo também. (com Marcone Ferreira)

Juíza da 33ª Zona Eleitoral de Itaporanga aguarda comunicação oficial pra declarar nulidade de diploma do vereador Clério Alves

A juíza da 33ª Zona Eleitoral de Itaporanga, Andrea Caminha da Silva, determinou o aguardo da publicação do acórdão pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que cassou o registro de candidatura do vereador de Boa Ventura, Clério Alves de Carvalho, para só então declarar a nulidade do diploma do parlamentar.
A decisão da juíza foi uma resposta a um requerimento do Democratas (DEM) que pediu a retotalização dos votos para o cargo de vereador no município. “Está comprovado que houve provimento do recurso para indeferir o registro de candidatura do vereador Clério Alves de Carvalho, entretanto, no próprio extrato da ata juntado pelo requerente, bem como na pesquisa de acompanhamento processual do sítio do TSE, verifica-se que ainda o acórdão está pendente de assinatura e posterior publicação. Destarte, aguarde-se o encaminhamento dos autos originais ou comunicação oficial para execução do acórdão”, despachou.
De acordo com o entendimento do TSE, Clério estaria inelegível devido a problemas com o repasse de contribuições previdenciárias. A Corte entendeu que "o não recolhimento de contribuição previdenciária configura irregularidade insanável", votando favoráveis os ministros Dias Toffoli, Nancy Andrighi, Laurita Vaz, Henrique Neves, Luciana Lóssio e Cármem Lúcia.
Com a decisão, Clério Alves [eleito numa coligação que apoiou o atual prefeito Miguelzinho] perde o mandato e em seu lugar assume o primeiro suplente da coligação formada pelo PP/PSDB/PDT/PMDB, Raimundo Celestino Marques (PSDB).

Em protesto contra medidas do governo federal, médicos 'cruzam os braços' durante três dias semana que vem na Paraíba

Durante três dias deste mês de julho, os médicos paraibanos irão suspender a prestação de seus serviços, tanto em unidades públicas de saúde, quanto nos consultórios e clínicas particulares. Portanto, nos dias 23, 30 e 31 deste mês, funcionarão apenas os serviços de urgência e emergência, além das cirurgias oncológicas de grande porte. Consultas e cirurgias eletivas (marcadas previamente) serão suspensas nesses dias. O movimento é nacional e coordenado pelas entidades médicas (Conselho Regional de Medicina, Sindicato dos Médicos e Associação Médica).
Os médicos protestam contra as últimas medidas do governo federal, como o programa Mais Médicos, e os vetos à Lei 12.842 (Ato Médico), que regulamenta a profissão. “O governo federal tenta transferir à classe médica a responsabilidade pelo caos instalado na saúde do país. Faltam investimento e gestão, e não médicos. A categoria está se mobilizando em todo país para mostrar que também somos vítimas, assim como os pacientes”, destacou o presidente do Conselho Regional de Medicina da Paraíba (CRM-PB), João Medeiros.
No dia 23 irá funcionar no CRM-PB um “núcleo de crise”, formado por uma comissão de médicos, para esclarecimentos de dúvidas da categoria. “Neste dia iremos também distribuir panfletos para que durante a semana os médicos possam entregar a seus pacientes e esclarecer os motivos da paralisação. Estamos sendo atacados pelo Ministério da Saúde e precisamos ser ouvidos”, afirmou o presidente do Sindicato dos Médicos da Paraíba, Tarcísio Campos.

SINASCOM conquista inslaubridade e quinquênios de ACS E ACE do município de Coremas, durante reunião com o prefeito e a categoria...

O Presidente do SINASCOM – Sindicato dos ACS e ACE do Vale do Piancó/PB, sindiclaista Manoel Miguel, esteve reunido na tarde de ontem (18) com todos os agentes comunitários de saúde e agentes de combate as endemias do município de Coremas, oportunidade em que foi discutido a questão salarial do adicional de insalubridade e os quinquênios dos ACS e ACE daquele município. O prefeito Antônio Carlos Cavalcante Lopes esteve presente, juntamente com o assessor jurídico Vilson Lacerda.
A reunião foi motivo de debate em torno da negociação da tão sonhada insalubridade a qual já tem uma ação de cobrança naquela comarca cobrando os referidos numerários. Depois de um bom debate chegou-se a um acordo com a negociação do Sindicato com a Prefeitura, que acordaram em pagar o adicional de 20% (vinte por cento) aos ACS e ACE como também implantação dos quinquênios. 
O Prefeito garantiu que vai fatiar os recursos do PMAQ com os trabalhadores da saúde do seu município bem como irá equipar as unidades de saúde e disse que já mandou confeccionar o fardamento para dos seus ACS e ACE. O Sindicalista Manoel Miguel tomou a palavra e disse que o sindicato vem atuando no Vale do Piancó para resgatar a dignidade e as perca que a categoria tiverem ao longo de 21 anos. 
Miguel disse que as conquistas vêm aos poucos e se depender do seu amor e força de luta irão conquistar cada vez mais.

MP vai pedir à Polícia Federal apuração de fraude em programa de casa própria na Prefeitura de Itaporanga

Prefeitura Municipal de Itaporanga
O Ministério Público da Paraíba (MPPB), através da Comarca de Itaporanga, abriu um inquérito civil nesta quinta-feira (18) para investigar uma possível fraude de um programa de aquisição da casa própria da Prefeitura de Itaporanga, no Vale do Piancó. O fato teria ocorrido em 2007, na administração do ex-prefeito Antônio Porcino. O ex-prefeito faleceu há dois meses.
De acordo com a promotora Jamille Lino, duas servidoras públicas municipais procuraram o Ministério Público para informar que foram vítimas do golpe da casa própria. O caso só foi descoberto porque elas foram se inscrever em um programa habitacional da Caixa Econômica Federal e constaram o crime.
“As servidoras públicas disseram que em 2007, elas se inscreveram no programa Habitacional Social do Ministério das Cidades, que se inscrevia através da Prefeitura de Itaporanga, mas que nunca receberam o imóvel. O tempo passou e anos depois, quando foram se inscrever no programa Minha Casa, Minha vida, ficou comprovado que elas já tinham sido beneficiadas com uma residência do Governo Federal ficando impossibilitadas de se inscreverem em outro programa habitacional. O nome delas foram incluídos em um cadastro negativo porque elas não pagaram o financiamento conforme previa o programa”, relatou a promotora, informando que outras pessoas poderão ter sido lesadas.
Jamille Lino adiantou que vai solicitar documentos junto a Prefeitura para iniciar as investigações. Caso seja constatado o crime, a promotora vai acionar a Polícia Federal e outras autoridades investigativas. “Tudo ainda é muito prematuro. Temo apenas o depoimento das mulheres. Vou juntar aos documentos. Mas, se ficar comprovada a fraude, vou acionar as policias Civil e Federal para aprofundar as investigações e punir os possíveis culpados”, frisou Jamille Lino. (com Correio)

Prefeitura de Catingueira paga R$ 33 mil por reforma de mata-burro, quando seria necessário apenas R$ 2 mil...


A Prefeitura Municipal de Catingueira realizou a reforma de um mata-burro na zona rural e o fato está causando maior polêmica na cidade.
O empenho assinado pelo prefeito da cidade, Albino Félix (PR), para a obra foi no valor de R$ 33 mil, porém, estima-se que para a construção de um mata-burro seriam necessários apenas aproximadamente R$ 2 mil.
A referida obra foi realizada no Sítio Riacho Fundo, estrada da Mina do Ouro. Confira cópias dos documentos postados no site Catingueira Notícias.

  
 
Mata-burros são mecanismos que impedem a fuga do gado em propriedades rurais. Este dispositivos são estradas que funcionam como pontes, normalmente de madeira, concreto ou aço. Estes estrados são instalados em cima de valas, que permite desencorajar os animais a atravessar a porteira e consequentemente fugir da propriedade. (com catingueiranotícias)

2º Salão da Agricultura será realizado semana que vem em Itaporanga dentro da programação da Semana da Agricultura promovida pela Sedap

A Secretaria Estadual de Desenvolvimento da Agropecuária e da Pesca e suas empresas e órgãos vinculados Emepa, Emater, Empasa e Interpa, estará promovendo o 2º Salão da Agricultura, dentro da programação da Semana da Agricultura do Estado. O evento acontecerá entre os dias 22 e 28. Na cidade de Itaporanga, no dia 23, a partir das 9h da manhã, haverá standes montados na Avenida Getúlio Vargas, coordenado pela Emepa, aonde será incentivada a comercialização e produtos da agricultura familiar e do artesanato regional, por meio da feira da agricultura familiar, estimulando a interação entre a sociedade e os artistas do campo. 

quinta-feira, 18 de julho de 2013

Coordenadora da Central de Regulação do SAMU/Vale do Piancó estará amanhã no PB Notícias esclarecendo casos reclamados pela população

Durante a entrevista de Douglas Leite, ao PB Notícias desta quinta-feira (18), a coordenadora regional do SAMU/Vale do Piancó, Drª Euda Ayalla , que estava em Piancó ouvindo o programa ligou para o noticioso e se comprometeu a comparecer nesta sexta-feira (19) ao estúdios da Pedra Bonita, em Itaporanga, e esclarecer todos esses problemas recentemente à população local.
Antes dela, já havia ligado também direto de Piancó o vereador Neguinho Marinheiro, enfermeiro e ex-coordenador regional do SAMU, que falou sobre a situação vivida pelo serviço atualmente na região. Um ouvinte de Pedra Branca, que também participou do programa, relatou que a central de Piancó liberou uma ambulância para atendimento particular solicitado pelo prefeito de Pedra Branca, mas se negara a fazer o mesmo com uma outra ocorrência.
Portanto, estes e outros casos serão esclarecidos amanhã (19) pela Drª Euda Ayalla, no PB Notícias.

Coordenador do SAMU/Itaporanga esclarece no PB Notícias ocorrências e diz que apesar de ser limitado pela Central de Regulação em Piancó prefere ser notificado a se negar em salvar a vida de um paciente

Os problemas enfrentados com relação ao trabalho desempenhado pelo Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (SAMU) na região do Vale do Piancó foram temas de debate na edição desta quinta-feira (18) do PB Notícia, noticioso apresentado por Ricardo Pereira e Norton Júnior, e levado ao ar pela Rádio Pedra Bonita FM. No particular, serviu para discussão as reclamações da população com as recentes ocorrências registradas em Itaporanga.
Do mês passado pra cá foram várias as ocorrências que resultaram em indignação por parte da população. Bem verdade que a grande maioria das reclamações são debitadas pela base local em Itaporanga sobre a responsabilidade da Central de Regulação sediada na cidade de Piancó. Há casos de mortes causadas por conta da demora no atendimento da falha na condução do processo.
Dentre as quais, podemos exemplificar uma em que o Central de Regulação demorou cerca de quatro horas para autorizar o envio de uma ambulância de Piancó para proceder encaminhamento de uma grávida, que estava em trabalho de parto, para Patos e depois Campina Grande, vindo o bebê à óbito no outro dia. E o caso estopim da crise se deu ontem (17) quando da demora ao atendimento à um homem em Itaporanga.
O homem havia caído de uma escada e teve traumatismo craniano grave. Socorrido pelo SAMU local e após atendimento no Hospital Distrital de Itaporanga, procedeu-se então seu encaminhamento para o Hospital de Trauma de Campina Grande, no entanto, de acordo com a coordenação local do SAMU, a Central de Piancó desautorizou o encaminhamento e a família teve que se dirigir até o fórum e o promotor de justiça chegou a ir até o hospital cientificar-se do ocorrido.
Aí o encaminhamento foi feito. Só que como não havia médico plantonista no SAMU de Itaporanga foi necessário que a diretora do H.D.I liberasse um médico daquele nosocômio para acompanhar o paciente até o Trauma de Campina Grande, cujo estado de saúde ainda é grave. Para fechar, o encaminhamento só foi possível porque a coordenação do SAMU em Itaporanga, mesmo desautorizada pela Central de Piancó, procedeu com o atendimento e o seu coordenador recebeu mais uma notificação.
Essa situação foi narrada na edição de hoje do PB Notícias pelo próprio enfermeiro Douglas Leite, que é o coordenador local do SAMU. "Fui junto com a ocorrência até Patos e de lá o Dr. Nilson seguiu até Campina Grande. Apesar de ser notificado pela Central de Piancó, autorizei o encaminhamento porque o que importava naquele momento era salvar a vida do paciente e não a boa vontade da coordenação de Piancó", disse Douglas.
Durante o programa,que recebeu cerca de 55 ligações telefônicas, o enfermeiro foi bastante elogiado pelos ouvintes. Falando sobre os problemas enfrentados pelo SAMU ele disse que a população de Itaporanga está colhendo os frutos de um acordo feito por prefeitos, na gestão passada, que aceitaram a instalação da Central de Regulação no município de Piancó. "Na ocasião a população não se manifestou e agora se vê diante dos problemas, restando reclamar. Pois pra desmanchar esse acordo é muito difícil", disse.
Um dos maiores desejos externados pelos ouvintes e pelo programa é quanto a possibilidade de se descentralizar a Central de Regulação, com a instalação de uma segunda em Itaporanga para atender os municípios na direção de Conceição. Atualmente, o SAMU de Itaporanga atende os municípios de Boa Ventura, Diamante, Curral Velho, Pedra Branca, São José de Caiana e Serra Grande. Para a população falta à coordenação da Central de Regulação certa 'harmonia' com as base para o bom funcionamento do SAMU na região.
Douglas revelou que a coordenadora do Ministério da Saúde estará no dia 26 de agosto próximo realizando uma reunião com os coordenadores do SAMU da região metropolitana de João Pessoa e, provavelmente, na mesma semana ela estará se deslocando para o Vale do Piancó para conduzir uma reunião com os coordenadores das Central de Regulação e das base nos municípios. Até lá o Ministério Público deve promover reunião com direções dos hospitais, com os secretários municipais de Saúde e os coordenadores da Central e das bases municipais, para tentar uma solução imediata para sanar problemas ocorridos recentemente.
Ainda falando sobre o sistema de saúde da região, Douglas disse que nem Itaporanga nem o Vale são pobres em saúde, porém, falta organograma para bem desenvolver os serviços. "Uma de nossas lutas deve ser a busca pela regionalização do hospital de Itaporanga, haja vista, que atende quase o triplo do que é registrado no Hospital Regional de Piancó. E, a partir daí, voltar as atenções para a instalação de uma central de regulação em Itaporanga, quando os municípios circunvizinhos passarem a disponibilizar do SAMU", concluiu.

PF desarticula esquema internacional de lavagem de dinheiro na Paraíba

A Polícia Federal cumpre na manhã desta quinta-feira (18) mandados de busca e apreensão e sequestro de bens para desarticular esquema internacional de lavagem de dinheiro com ramificação na Paraíba. O esquema é capitaneado por um cidadão italiano, que tem residência na Paraíba e aqui constituiu empresa de fachada no ramo de mineração. Essa empresa simulava a venda de minérios para o exterior, sobretudo para uma empresa situada na Suíça.
De acordo com informações obtidas em colaboração com a INTERPOL e com as investigações realizadas no Inquérito Policial, a empresa suíça é comandada também por italianos, que remeteram grandes quantias em dinheiro para o Brasil em decorrência da compra fictícia de minério. O dinheiro foi internalizado no Brasil através Paraíba, mediante de contratos de câmbio ideologicamente falsos. Em território nacional, o dinheiro foi investido em nome de laranjas em empreendimentos na Paraíba, no Mato Grosso do Sul, em Brasília e no Rio de Janeiro.
Em todos esses locais, a Polícia Federal cumpre mandados expedidos pela Justiça Federal na Paraíba. Aproximadamente R$ 10.000.000,00 devem ser sequestrados na data de hoje entre bens móveis e imóveis.

Padre Albenir Galdino esteve no hospital dando força a Wilson Braga

Por falar em celebrações, nesta quinta-feira (18) será celebrada missa em ação de graças pelo aniversário do ex-governador e ex-deputado federal Wilson Braga. Atualmente exercendo seu último cargo público - o de deputado estadual estadual, ele está se recuperando em sua residência na Capital de um mau subido acometido ontem. Seus amigos imediatamente correram ao hospital para visitá-lo e dar força, a exemplo do comunicador Padre Albenir Galdino. 

Tribunal de Justiça declara inconstitucional benefício salarial de R$ 14 mil para profissionais do PSF em Santa Terezinha

O Tribunal de Justiça da Paraíba declarou inconstitucional, ontem (17), a Lei Municipal 414/2013, do município de Santa Terezinha, que estendia benefício salarial de R$ 14 mil, pago a médicos do Programa Saúde da Família, a outros profissionais da saúde do município.
Conforme a denúncia do procurador do município, Vilson Lacerda Brasileiro, o Projeto de Lei enviado pelo Executivo à Câmara garantia salário bruto no valor de R$ 14.025,00 ao médico do PSF com jornada de 40 horas semanais, mas foi alterado pela bancada de oposição, maioria na Casa, estendendo o benefício às demais categorias da saúde, incluindo odontólogos, enfermeiros e auxiliares de consultórios dentários.
A Câmara aprovou emenda à lei municipal, que foi vetada pelo prefeito. O veto, entretanto, foi derrubado pelos vereadores. A Prefeitura de Santa Terezinha interpôs Ação Direta de Inconstitucionalidade, com pedido de liminar. A relatora, desembargadora Maria das Graças Morais Guedes, deu razão ao Município, considerando que a Câmara não tem competência para discorrer sobre demandas salariais a serem pagas pelo Executivo aos servidores, e concedeu liminar com efeitos retroativos, fazendo prevalecer a lei original.

Famílias Procópio/Rodrigues convidam para celebrações de 1 ano em memória de dona Maroquinha



As Famílias Procópio/Rodrigues convidam familiares, parentes e amigos para as celebrações em homenagem à memória de dona Maria Maroquinha Leite Procópio, que nos deixou há 1 ano atrás. Dona Maroquinha faleceu aos 98 anos de idade e era mãe da ex-primeira-dama de Itaporanga dona Marisa Procópio Rodrigues, esposa do ex-prefeito Will Rodrigues, por duas oportunidades. 
Filha do Major Abdon Leite Guimarães, foi a primeira comerciante de Itaporanga, época em que montou o primeiro Armarinho da antiga Misericórdia, posteriormente Itaporanga, aonde atualmente funciona a Itafarma - na Avenida Getúlio Vargas, no centro da cidade. Ela era casada com seu Josa. Do enlace da filha Marisa com o ex-prefeito Will, dona Maroquinha pode conviver ao seu redor momentos de muita felicidade com seis netos, oito bisnetos e quatro trinetos.
As celebrações acontecerão neste sábado (20) nos seguintes locais: 
Em João Pessoa, às 16h na Igreja Santuário - próximo ao Espaço Cultural no Bairro de Tambauzinho.
Em Itaporanga, às 9h na Igreja de Nossa Senhora do Rosário e às 19h na Igreja Matriz de Nossa Senhora da Conceição. 

A professora Valmira Herculano é nomeada hoje para mais um mandato na direção do Adalgisa Teódulo, em Itaporanga...

A Escola Estadual de Ensino Fundamental e Médio Adalgisa Teódulo da Fonseca, um das mais tradicionais de Itaporanga, teve nesta quinta-feira (18) renovado o mandato de sua diretora Valmira Herculano Caiana, bem como da atual vice-diretora Alfrânia Ananias de Sousa, através de ato assinado pelo governador Ricardo Coutinho (PSB). Em verdade, o educandário vivia expectativa quanto a eleição para a escolha de nova direção. Valmira já está há mais de uma década no cargo. Os atos foram publicados na edição de hoje do Diário Oficial. Primeiro o governador exonerou as duas, através do AG nº 7.344, para, logo depois, renomeá-las, através do AG nº 7.345. Ambos foram assinados ontem.

quarta-feira, 17 de julho de 2013

Aliado de Dilma e Lula, Santiago se afasta do governador e pode migrar de vez para o “Blocão”...

O ex-senador Wilson Santiago (PTB), ao que parece, abandonou a ideia de disputar o Senado na chapa de reeleição do governador Ricardo Coutinho (PSB). Talvez por ter concluído que a vaga já estaria reservada a um aliado do senador Cássio Cunha Lima (PSDB). Mas, outro fator também estaria contribuindo para a mudança de postura do ex-senador em relação a Ricardo: sua ligação com a presidente Dilma e com o ex-presidente Lula.
Isso o teria levado a migrar definitivamente para o chamado "Blocão", composto por PT, PP e PSC. Com a influência que tem junto a Dilma e Lula, somando-se a isso a força do PTB, o ex-parlamentar esperar alcançar seu objetivo e garantir, a reeleição do filho, também Wilson, que não pode ainda deixar o PMDB.
Santiago, o pai, diz que a hora é de conversar com todo os partidos, mas as principais lideranças da aliança que elegeu o prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PT), ano passado, já dão o caso com fato consumado. De qualquer forma, até o ano que vem muitas mudanças virão antes das decisões finais. (com Verderlan Farias)

Drª Wilka Rodrigues anuncia no PB Notícia que Itaporanga recebe na próxima segunda-feira a Caravana do Coração

Itaporanga recebe na noite da próxima segunda-feira (22) a Caravana do Coração. Uma importante ação que na Paraíba é realizada pelo Governo do Estado em parceria com o Círculo do Coração de Pernambuco, através da Rede de Cardiologia Pediátrica Pernambuco-Paraíba. Trata-se de um programa itinerante que promove de forma gratuita exames cardiológicos para crianças e gestantes.
A novidade foi informada à população pela Drª Wilka Rodrigues, diretora do Hospital Distrital de Itaporanga, que esteve nesta quarta-feira (17) concedendo entrevista ao PB Notícias, noticioso levado ar pela Rádio Pedra Bonita FM. Uma equipe com cerca de 30 profissionais estará realizando atendimentos na terça-feira (23). A estrutura necessária para tanto será instalada nas dependências da Escola Modelo, cujo apoio e suporte foi assegurado pela Prefeitura Municipal.
"Esta é uma ação que me deixa muito feliz em poder anunciá-la por que iremos desenvolver um importante trabalho detectando e diagnosticando doenças cardiopatas, para poder proceder o seu tratamento de maneira eficaz. Ação esta que será possível diante da preocupação tanto do governador Ricardo Coutinho como do secretário Waldson de Souza", disse a diretora do H. D. I. 
O público-alvo são crianças de 0 a 12 anos e gestantes com idade gestacional de 22 a 28 semanas que apresentem algum tipo de cardiopatia ou problemas oriundos de cardiopatas, a exemplo de febre reumática, sopro, cianose, taquicardia e desmaios em crianças; e nas mulheres, problemas como diabetes clínica, ultrassonografia com suspeita, outro(s) filho(s) com cardiologia, má formação fetal, entre outros.
De acordo com a diretora, a Caravana do Coração conta também com o apoio e suporte da Secretaria Municipal da Saúde de Itaporanga: "Queremos agradecer o apoio logístico e suporte disponibilizado pelo prefeito Berguim e pela secretária Aparecida, que são parceiros neste importante evento", pontou. Inclusive, segundo ela, as unidades de saúde do município estão cadastrando até esta quinta-feira (18) as pessoas que queiram ser atendidas pelo programa.
Em Itaporanga serão atendidas 50 crianças e 30 gestantes vagas, inclusive, disponibilizadas para todo o Vale do Piancó. Entretanto, de acordo com a diretora a demanda surgida acima dessa quantidade será cadastrada e haverá uma nova chamada. Para este trabalho a Caravana conta com uma equipe formada por médicos, enfermeiras, arte terapeutas, nutricionista, psicólogos, assistentes sociais e outros agentes de apoio. 
Portanto, com iniciativas e ações deste tipo, o objetivo é modificar o perfil dos cardiopatas, através do diagnóstico precoce, tratamento especializado e programas de prevenção e apoio psicossocial. Só para se ter uma ideia, segundo a diretora do H.D.I, já foram detectados quatro casos de crianças cardiopatas em Itaporanga, duas das quais foram à óbito e as outras duas receberam tratamento e suporte, inclusive, pós operatório. 
Na Paraíba, a Caravana do Coração irão passar pelas seguintes cidades: Cajazeiras, Sousa, Itaporanga, Patos, Monteiro, Esperança, Picuí e Guarabira.

Comerciantes mostram quadro de limpeza no açougue e mercado público de Itaporanga, alvo de reclamações dos ouvintes no PB Notícias...

Oito dias atrás chegou à redação do Portal ASN denúncia dando conta da falta de higiene no açougue público de Itaporanga, conferida pela equipe de reportagem que fez matéria, na ocasião. O assunto foi trazido no início desta semana ao programa PB Notícias através de várias ligações dos ouvintes, desta vez relatando que a situação era encontrada também nos boxes de comercialização.
Pois bem, nesta quarta (17) fomos convidados pelos comerciantes para retornar ao açougue público local, bem como ao marcado público, e verificar as condições em que se encontra os dois locais e nos deparamos com a situação já contornada. O açougue estava com o piso limpo e os boxes em condições de higiene necessária para a comercialização de carnes, inclusive todos lavados e com balcões higienizados, etc.
"Pedimos que vocês viessem ao açougue para vê pessoalmente a situação de limpeza que há tanto no açougue como no mercado. Pode perguntar aos feirantes se aqui tudo não é lavado todos os dias. Pode olhar o interior dos boxes pra ver se não estão todos limpos", disse Naldo, um dos coordenadores do local. Inclusive, ele confirmou já ter levado o assunto ao prefeito Audiberg Alves (PTB) quanto a solução dos problemas encontrados semana passada.
"O prefeito tomou conhecimento do ocorrido semana passada e já autorizou que seja colocada tela de proteção nos portões do açougue para que os gatos não entrem, bem como, que fosse reparado qualquer problema que surgisse tanto aqui como no mercado", completou Naldo que se referia à uma conversa tida com o gestor aonde apontou as correções que deveriam ser feitas no local. 
Quanto ao mercado público, o coordenador do local, Zé Bidô, enfatizou que os banheiros estavam todos limpos, assim como, as "ruelas" da parte central do mercado. "Os comerciantes daqui sabem que há limpeza diariamente em todos os locais do mercado e os banheiros, estes em perfeitas condições de higiene para serem utilizados pela população", disse.
Então, esta foi a situação encontrada pela reportagem do Portal ASN, quando esteve no local nesta quarta-feira, e você pode conferir mais detalhes nas imagens abaixo: [para ampliar a foto é só clicar em cima dela]
Interior dos boxes e piso do açougue limpo...

 Limpeza também encontrada no interior do banheiro masculino, no mercado público...
 "ruelas" da parte central do mercado público e, abaixo, interior dos banheiros feminino...

Acima, "ruela" da parte central do mercado e interior do açougue, ala esquerda...

Ministro da Integração Nacional revelou durante reunião com deputados inclusão do Vale do Piancó no projeto de Transposição

foto
Ainda durante a reunião de ontem entre deputados estaduais e o ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra, para discutir a retomada das obras do projeto de Transposição de águas do Rio São Francisco, revitalização de perímetros irrigados do Estado e a inclusão de municípios da Paraíba no sistema adutor do Rio Pajeú, que vai beneficiar oito municípios paraibanos, o ministro revelou benefício para o Vale do Piancó.
Fernando Bezerra revelou que estão praticamente concluídos estudos técnicos que vão permitir a inclusão de uma tomada de água do Eixo Norte do projeto, que entra na Paraíba pelo estado do Ceará, no Rio Piancó. "Isto é uma reivindicação antiga minha, inclusive objeto de debate de uma audiência pública que realizei no Vale do Piancó no meu mandato passado, que agora felizmente está sendo atendida", enfatizou o ministro. Confira matéria completa no Portal ASN

Wilson Braga sofre problema de saúde, foi internado em hospital de João Pessoa e já se recupera em sua residência na Capital.

O deputado estadual e ex-governador, Wilson Braga (PEN) foi vítima de um mau súbito na noite de ontem. A informação foi dada pelo vice-presidente da Assembleia Legislativa, Edmilson Soares (PEN), que não revelou qual foi o problema de saúde do colega. Braga completou 75 anos no último domingo, e participaria de uma missa em ação de graças nesta quarta-feira (18), na igreja Nossa Senhora de Fátima, no bairro de Miramar. No momento em que passou mal, a família do deputado o levou para um hospital da Capital. No momento, Braga se recupera do problema de saúde em casa e passa bem.

Daniela Ribeiro admite analisar pré-candidatura ao Governo "se houve maior volume de lideranças assumindo a construção do processo"

Editor ladeado pelos irmãos deputado/ministro Aguinaldo e deputada Daniela.
Se depender do desejo da presidente Dilma Rousseff o candidato apoiado pelo governo federal ao governo do estado em 2014 seria o ministro das Cidades, o deputado federal licenciado Aguinaldo Ribeiro (PP). Entretanto, o mesmo tem saído à francesa desse tema. Mesmo que o convite seja tentador e tenha suporte necessário, através de uma aliança PT/PP/PSC/PTB e PEN, para disputar de igual pra igual com o governador Ricardo Coutinho (PSB), candidato à reeleição.
O ministro já declinou da ideia mas sua irmã - a deputada estadual Daniela Ribeiro (PP) - torna-se o alvo pra essa empreitada. É que o recesso parlamentar, no Congresso Nacional e na Assembléia Legislativa, começa  com uma articulação em crescimento nos bastidores dos partidos de Oposição ao Governo RC para fazer a deputada candidata em 2014. 
Daniela Ribeiro já foi contatada por setores estrategistas, no entanto, já observou que para assumir a candidatura precisará existir um movimento mais consistente, embora ela não esteja interessada em fomentar este assunto como iniciativa pessoal. "Quando houver um volume maior de lideranças políticas assumindo a construção desse processo, ela admitiu que aceita analisar e assumir a pré-candidatura ao Governo", revelou uma alta fonte do PT ao jornalista Walter Santos.
O deputado estadual Frei Anastácio, por exemplo, é um dos petistas se distanciando da candidatura do ex-prefeito Veneziano (Campina Grande) ao Governo por conta da posição do PMDB nacional nas relações com o Governo Dilma abrindo espaços para fomentar a candidatura de Daniela Ribeiro. É mais uma mexida nas peças do tabuleiro político visando as eleições de 2014.

TCE-PB emite alerta para dois secretários do governo estadual

O conselheiro Nominando Diniz emitiu dois alertas para serem cumpridos pelos secretários Waldson de Souza, da Saúde, e Estelizabel Bezerra (foto), da Comunicação. Os alertas foram publicados no diário eletrônico do Tribunal de Contas do Estado. O primeiro é destinado ao secretário Waldson de Souza. Ele terá, de no prazo de 60 dias, disponibilizar os relatórios técnicos referentes ao contrato de gestão firmado com as Organizações Sociais. Já a secretária de Comunicação, Estelizabel Bezerra, terá de, no prazo de 60 dias, cumprir a Resolução Normativa do Tribunal de Contas que obriga o governo do Estado e as prefeituras a divulgarem de forma transparente as despesas com publicidade. (com Lenilson Guedes)

Deputados da PB debatem obras contra seca com ministro da Integração

Os deputados da Comissão Suprapartidária da Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB) participaram, nesta terça-feira (16), de uma audiência com o ministro da Integração Nacional, Fernando Bezerra, para debater a situação da seca e o abastecimento de água no Estado . Desde ontem, os parlamentares se encontram em Brasília para uma rodada de audiências com o Governo Federal.
No Ministério da Integração, os deputados Gervásio Maia (PMDB), Carlos Batinga (PSC), Assis Quintans (Democratas) e João Gonçalves (PEN), discutiram sobre o projeto de ampliação do Sistema Adutor do Pajeú, em benefício de regiões do Estado, a retomada das obras da Transposição do Rio São Francisco e a revitalização dos perímetros irrigados no Estado, pertencentes ao Departamento Nacional de Obras Contra a Seca (Dnocs), a exemplo de Sumé, Sousa (São Gonçalo) e Condado.
Na reunião, o ministro garantiu uma nova licitação do Projeto da Adutora para a inclusão dos municípios de Maturéia e Mãe D'água no Sistema Adutor do Pajéu, sendo agora 10 cidades beneficiadas. Ele também assumiu o compromisso de emitir a Ordem de Serviço para retomada das obras da transposição na Paraíba, na região que vai de Monteiro à Pernambuco, até o mês de setembro.
Sistema Pajeú - O Sistema Adutor do Pajeú já está em execução em Pernambuco e com a construção da nova etapa também vai beneficiar a Paraíba. O projeto pretende solucionar o problema da falta de água nos municípios de Princesa Isabel, Imaculada, Desterro, Livramento, São José dos Cordeiros, Taperoá, Teixeira, Maturéia, Mãe D'água e Cacimbas.

terça-feira, 16 de julho de 2013

Bancada da Paraíba se reúne para discutir prioridades da LDO 2014

Por falar nisso, a bancada de parlamentares da Paraíba em Brasília, se reúne nesta terça-feira (16), no auditório Nereu ramos, na Câmara dos Deputados, para discutir sobre a apresentação de emendas ao Projeto de Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) para o Orçamento de 2014. A informação foi postada pelo deputado federal Manoel Júnior (PMDB), na sua página pessoal do twitter.
"Nesta terça, os deputados federais e senadores da Paraíba se reúnem para discutir as prioridades da LDO 2014", postou o parlamentar. "A reunião acontece no auditório Nereu Ramos, na Câmara, a partir das 17h".
A LDO define as metas e as prioridades para o próximo orçamento federal. Os coordenadores da bancada, o deputado Manoel Júnior (PMDB) e o senador Cássio Cunha Lima (PSDB) coordenam a reunião que deve contar com a participação dos 12 deputados e dos três senadores paraibanos.

Abatedouro público a ser utilizado em consórcio por Itaporanga, Aguiar, Igaracy e Piancó, dentre outos projetos para o Vale do Piancó estão entre os selecionados na 2ª edição do Pacto Social, apresentado ontem por RC.

Foi assinado nesta segunda-feira (15) pelo governador Ricardo Coutinho, em solenidade no Hotel Ouro Branco, a homologação dos projetos aprovados na segunda edição do Pacto pelo Desenvolvimento Social da Paraíba. São 318 projetos selecionados para execução em 2016 municípios, que juntos receberão R$ 100 milhões para áreas de educação, saúde, infraestrutura, ação social e igualdade de gênero. Um total de 190 prefeitos, vice-prefeitos ou representantes participaram do evento.
Dos 318 projetos selecionados, 170 são na área de educação, 95 na saúde, 28 na infraestrutura, 24 na ação social e um para igualdade de gênero. Exatamente 102 reformas e ampliação de escolas municipais, construção de outras 20 novas, aquisição de 35 ambulâncias, 25 veículos utilitários, construção de 5 centros de fisioterapia, construção de três abatedouros públicos regionais [um dos quais no Vale do Piancó] e 15 centros de comercialização.
Para a Educação o Estado disponibiliza R$ 41,5 milhões. Na Saúde os recursos assegurados somam R$ 20,9 milhões. Para obras de infraestrutura, ação social e igualdade de gênero estão reservados R$ 37,6 milhões, totalizando os R$ 100 milhões. Os prefeitos que ainda não finalizaram seus projetos têm um prazo de 30 dias, a partir de hoje, para apresentá-los à Secretaria de Articulação e Desenvolvimento Municipal (sedam). 
Confira a seguir os projetos aprovados para os municípios do Vale do Piancó:

Município                                                                   Projeto Aprovado
Aguiar                                 - Aquisição de uma Ambulância
Boa Ventura                        - Aquisição de Equipamentos para Escolas Municipais
Catingueira                         - Adequação de Prédios Públicos e Aquisição de Equipamentos de Usina de                                                                         Beneficiamento do Leite
Conceição                          - Pavimentação em paralelepípedos nas ruas: Unias Ramalho, Jaime Pinto e                                                      Capitão João Pedro. Reforma e Ampliação da Escola Raimunda L Sobrinha
Coremas                            - Equipamentos para Especialidade em Oftalmologia. Reforma e Ampliação                                                              da Escola Antônia Maria da Conceição
Curral Velho                       - Reforma e Ampliação da Escola Antônio Gomes de Carvalho
Diamante                            - Reforma e Ampliação de escolas municipais
Emas                                  - Aquisição de Veículos Utilitários
Ibiara                                  - Aquisição de Equipamentos para escolas municipais
Igaracy                               - Construção da sede do Centro de Referências da Assistência Social CRAS
Itaporanga                          - Construção do Abatedouro Público que será utilizado em regime de                                                                    consórcio pelos municípios de Aguiar, Igaracy e Piancó.
Nova Olinda                       - Aquisição de Veículo Utilitário
Olho D'água                      - Aquisição de Equipamento médico-hospitalar (ultrasson) e Construção de UBS
Pedra Branca                    - Construção de um Centro de Tecelagem
Piancó                              - Construção da Unidade de Pronto Atendimento UPA
Santa Inês                         - Construção do Centro de Referência da Assistência Social CRAS
Santana de Mangueira       - Reforma de escolas municipais
Santana dos Garrotes        - Reforma de escolas municipais
São José de Caiana           - Aquisição de uma Ambulância
Serra Grande                     - Reforma da Escola Municipal Vidal de Moura