sábado, 4 de junho de 2011

Veja a Coluna Destaque Vale do Piancó, no JP de hoje

A seguir tópicos da coluna Destaque Vale do Piancó, publicada na edição deste sábado (04) do Jornal da Paraíba, sob comando de Quinca Remígio:
Festas Juninas - O Vale do Piancó iniciou suas festividades juninas na região. As comemorações de Santo Antonio, São João, São Pedro e João Pedro movimentam o Vale economicamente e culturalmente. A maioria das cidades da região vai investir nas festas juninas tentando atrair turistas.
Festas Juninas II - As cidades de Piancó, Itaporanga, Olho D´agua, Conceição, Pedra Branca, Nova Olinda, Santana de Mangueira, Boa Ventura, Diamante e Emas vão realizar suas tradicionais festas juninas. Na região as festividades começam por Piancó com a festa de Santo Antonio e termina com Pedra Branca com o João Pedro.
Piancó - A prefeita Flávia Galdino já garantiu três dias de festa em praça pública. Ela informou que este ano a prioridade será dada aos artistas da terra. Com isso, haverá uma valorização da cultura local. Mas, que também haverá atrações musicais que animarão a população nos dias 10, 11 e 12 de junho.
Remígio Júnior, Jamir Macena e José Geraldo no hasteamento das bandeiras nacional, estadual e municipal, durante abertura oficial da Festa do Leite, em Piancó
Festa do Leite - A Associaçao dos Produtores de Leite de Piancó está realizando a 5ª edição de sua festa. O evento foi aberto oficialmente na tarde de ontem e contou com a participação de vários produtores, agropecuaristas e agricultores da região, além de representantes de outros estados.
Festa do Leite II - O presidente da Associação dos Produtores de Leite de Piancó, José Geraldo, informou que o evento já superou a festa realizada no ano passado. Ele disse que das 120 baias existentes no Parque de Exposição mais de 100 foram negociadas. Além da maioria dos currais já reservados.
Festa do Leite III - Os produtores de leite estão animados com o crescimento do evento, que vai oferecer palestras, torneio leiteiro de vacas e cabras, leilões, cursos, tenda eletronica, desfile de animais, comercialização de derivados do agronegócio e a partipação de instituições bancárias.
Festa do Arroz Vermelho - Os produtores de arroz vermelho da região também fazem sua festa, que começou ontem na cidade de Satana dos Garrotes. Eles comemoram o aumento na produção de grãos colhidos nas cidade, maior produtora de arroz vermelho da região.
Festa do Arroz Vermelho II - Haverá seminários, palestras, festival de gastronomia, artesanato e concurso para a escolha da rainha e da princesa do arroz vermelho. O evento foi realizado no salão paroquial e no Clube Santana Show. Técnicos da Faepa, Emater, governo do federal, Ibama e Sudema estiveram na festa.
Festa do Arroz Vermelho III - A região do Vale do Piancó foi responsável por deixar este ano a Paraíba em 3º lugar na produção de grãos de arroz vermelho em todo o Brasil. Os produtores esperam que o evento traga mais investimentos para a região e acreditam que a região obtenha mais desenvolvimento com essa cultura.
Expo-Leite - A cidade de Piancó está realizando uma grande feira destinada ao agronegócio na região: os produtores de leite organizam a Expo-Leite no Parque de Exposição de Animais.
O jovem Newton Neto já milita nos passos da advocacia na região. Ele é filho do ex-prefeito de Boa Ventura Fábio Arruda e da promotora de Justiça Ivete Arruda
VENCEDORA - A estudante Jéssica Jennefer foi a ganhadora do concurso ‘Rainha do Bairro Mutirão’ de Piancó e foi escolhida entre as seis participantes 
BELEZA - aliada ao profissionalismo A simpática Paloma Vicente já conseguiu destaque na região trabalhando como contadora em seu próprio escritório

Pacto Social da PB já recebeu adesão de 136 prefeitos, dos quais 13 do Vale do Piancó

O Pacto pelo Desenvolvimento Social da Paraíba já recebeu a adesão de 136 prefeitos, em apenas uma semana. A iniciativa prevê investimentos estaduais com a contrapartida solidária dos municípios com objetivo de melhorar sues indicadores sociais. As inscrições estão disponíveis pelo site http://www.pacto.pb.gov.br/. O prazo para apresentar projetos segue até o dia 30 deste mês. As propostas selecionadas devem ser publicadas pelo Governo do Estado até do dia 10 de agosto. As assinaturas dos convênios devem ocorrer até o dia 31 de agosto.
Do Vale do Piancó já aderiram ao Pacto os prefeitos dos seguintes municípios: Aguiar, Boa Ventura, Catingueira, Conceição, Diamante, Igaracy, Itaporanga, Nova Olinda, Olho D'água, Piancó, Santana de Mangueira, Santana dos Garrotes e Serra Grande.
O Pacto pelo Desenvolvimento Social foi lançado pelo governador Ricardo Coutinho, no dia 27 deste mês, em Campina Grande, em uma solenidade que contou com a presença de 155 prefeitos e mais 31 representantes de municípios, no Garden Hotel. Nesta primeira etapa, o Governo está disponibilizando dois editais públicos no valor de R$ 50 milhões, sendo R$ 35 milhões para a educação e R$ 15 milhões para a saúde.
O governador espera que nos próximos cinco anos a Paraíba tenha uma taxa mais baixa de analfabetismo, com mais crianças alfabetizadas e com acesso a internet; uma incidência menor de câncer no colo do útero e mais beneficiários do Bolsa Família articulados com a produção local dos municípios. Os investimentos não param por aí. Em uma segunda etapa serão lançados editais específicos para a instalação de academias de ginásticas nas praças ou locais públicos nos municípios e de ginásios esportivos.

sexta-feira, 3 de junho de 2011

Renata Kelly vai representar o município de Itaporanga no Concurso de Rainha e Princesa do Arroz Vermelho

E na tarde de ontem a garota Renata Kelly Marinho Pereira se entregou às lentes do blog para um ensaio animado e cheio de beleza. Ela é a representante do município de Itaporanga no Concurso de Rainha e Princesa do Arroz Vermelho, que acontece logo mais à noite em Santana dos Garrotes aonde está sendo festejado nesta sexta-feira a 1ª Festa do Arroz Vermelho. Por isso, daqui a pouco estaremos lá em Santana para apresentar a nossa representante. Uma ótima escolha da Prefeitura Municipal de Itaporanga, por meio da Secretaria de Agricultura e Meio Ambiente.
Renata Klelly é filha do casal: Maria da Conceição Vierira Marinho e José Zuzú Pereira Leite. Tem 19 anos, já completados no último dia 14 de janeiro, do signo de caprincórnio, solteira e está cursando Administração na Universidade Estadual da Paraíba (UEPB). Ostenta 110 de quadril, 82 de cintura e 92 de busto, tudo distribuídos pelo corpão de 1.78 de altura. Ela já se encontra em Santana, junto com outras representantes dos demais municípios do Vale do Piancó, participando dos ensaios para a apresentação à noite.
Renata é católica praticante e faz parte do Encontro de Jovens com Cristo (EJC), do setor de finanças. Mostra-se exigente e organizada, o mesmo tempo em que torna-se caridosa e amorosa. Sobre a vaidade, a tem na medida certa. Ela ama a vida, a família e os amigos.
Sua frase predileta é da escritora Clarice Lispector:
" O que realmente faz valer a pena estar vivo, não há filmadora ou máquina fotográfica que registre. Surpresas, gargalhadas, lágrimas, enfim, o que eu sinto quem eu sou, você só vai perceber quando olhar nos meus olhos, ou melhor, além deles..."
Então, o blog presentei seus assíduos leitores com um trecho do ensaio que fizemos de Renata Kelly. Em instantes, iremos disponibilizar o ensaio completo. Confira: 

Secretário diz negociação pode reverter corte de ponto

Os professores da rede estadual de ensino decidiram ontem, durante assembleia geral, suspender a greve deflagrada há 31 dias antes. O secretário de Estado do Governo, Walter Aguiar, que manteve reunião com os professores na última segunda-feira (30), na Assembleia Legislativa, elogiou a decisão da categoria pelo fim do movimento. “O fim da greve é fundamental para que os alunos não percam o semestre letivo e para que se estabeleça o diálogo entre o Governo e os professores”, declarou.
Aguiar disse que uma vez obtidas as “condições normais para negociar” a partir do fim do movimento, questões como o corte dos pontos serão colocadas na mesa de negociação com o comando de greve. Além disso, o Governo há dias apresentou uma proposta aos professores que é 29,7% maior que o piso nacional para as 30 horas trabalhadas. O piso nacional é de R$ 890,97 para 30 horas, e a proposta do governo é de R$ 1.156,00, incluindo uma bolsa de R$ 230,00. Quanto às aulas perdidas, ele diz que seja imprescindível haver a reposição para não comprometer o ano letivo e nem prejudicar os alunos.
A suspensão do movimento, condição importante para se estabelecer o diálogo entre o Governo e os professores, veio depois de uma decisão do desembargador Romero Marcelo da Fonseca Oliveira estabeleceu um prazo de 72 horas para que os professores voltem ao trabalho, entendendo que mais de 400 mil alunos estavam sendo prejudicados pela greve, inclusive ficando sem acesso a merenda escolar.

Prefeito Carlos Rafael já enfrenta crise no governo

Em pouco mais de 15 dias de governo, o novo prefeito de Cajazeiras Carlos Rafael (PTB),  já começa enfrentar as primeiras críticas e protestos da população. Os desfalques deixados pelo antecessor Léo Abreu estão se alargando a ponto de vários setores da sociedade já começarem a interrogar o novo gestor.
Um dos pontos mais criticados no governo anterior estava centrado na buraqueira e lixo que toma conta da cidade. O problema parece mesmo continuar também com a nova gestão. Carlos Rafael havia começado o trabalho de tapa-buracos nas ruas da cidade, mas sem nenhuma explicação os serviços foram parados parcialmente. Além disso, a nova reforma administrativa feita por ele em várias secretarias municipais tem gerado descontentamentos de aliados, e, parte da população e parece que a crise tende mesmo a aumentar.
Um exemplo da falta de controle e descontentamento encontrado por Carlos Rafael, é um levante promovido por artistas cajazeirenses nesta sexta-feira (3). Aristas prometem  durante o dia de hoje realizar um movimento em frente a câmara municipal com o objetivo de protestar contra a atitude do prefeito, que extinguiu a secretaria municipal de cultura.
O levante deve reunir artistas e simpatizantes da arte da terra do padre Rolim  para protestar contra a atitude do novo gestor cajazeirense. (RadarSertanejo)

Governador decreta situação de emergência no Trauma para justificar convocação dos médicos Militares

A edição desta sexta-feira (3) do Diário Oficial publicou um decreto de situação de emergência por 180 dias no Hospital de Emergência e Trauma, de João Pessoa. Durante o mês de maio a unidade foi alvo de denúncias de superlotação e foi cenário de uma crise com a paralisação dos plantões de 23 médicos cooperados, culminando na morte de um motoqueiro acidentado na porta do hospital, sem atendimento.
No decreto assinado pelo governador Ricardo Coutinho na quinta-feira (2), ele reconhece as carências no sistema de atendimento do hospital e a obrigação do Governo do Estado em oferecer saúde pública de qualidade à população. Levando em consideração a greve dos médicos prestadores de serviço, Ricardo determinou a contratação temporária de pessoal e realocação de profissionais de saúde do Estado para o Trauma. Ele também autorizou a aquisição de bens e serviços que possam agilizar os atendimentos.
Também foi oficializada a determinação para que o Comando Geral da Polícia Militar disponibilize médicos de seu quadro para atender em caráter de emergência no Trauma. A notícia havia sido divulgada esta semana pela imprensa antes do ato ser publicado, e até então não havia sido confirmada pelo Governo.
Apesar do governador autorizar a contratação temporária de pessoal para o Hospital, o Ministério Público Estadual recomendou que o Estado anuncie concurso público para a área de Saúde. O prazo dado é de 72 horas, que já está se esgotando. Por meio de nota, o secretário estadual de Saúde, Waldson de Sousa, assegurou que o atendimento não será mais interrompido e que está aguardando a definição da assembleia dos médicos para que o atendimento seja normalizado.
Em paralelo, o Tribunal Superior do Trabalho também considerou ilegais os contratos que o Governo mantém com as cooperativas médicas que prestam serviços aos hospitais estaduais. A vice-presidente do TST, ministra Maria Cristina Irigoyen Peduzzi, negou seguimento ao recurso extraordinário apresentado pela Cooperativa dos Cirurgiões da Paraíba (Coopecir), que pedia a continuidade dos contratos. Eles já haviam sido considerados ilegais pelo Ministério Público do Trabalho.

Prefeitura Municipal de Itaporanga convoca aprovados em concurso para tomarem posse em seus cargos

A Prefeitura Municipal de Itaporanga publica no Diário Oficial desta sexta-feira (3) o Edital de Convocação de Posse Nº 03/2011, assinado pelo prefeito Djaci Brasileiro nesta quarta-feira (1º), onde convoca os candidatos aprovados no Concurso Público realizado no dia 06 de junho de 2007 e homologado pelo Decreto nº 013/2007 e prorrogado pelo Decreto nº 006/2009, de 1º de junho, conforme descrição de nome e cargo, abaixo:
João Joélio Nunes de Sousa - Auxiliar de Serviços Gerais (45º)
Máguina Beijamim de Lima  - Auxiliar de Serviços Gerais (46º)
Wagner Irineu Medeiros de Souza - Fisioterapeuta (2º)
Teono Basílio Ramalho de Alencar - Fisioterapeuta (3º)
Jeysa Patrícia Simões da Silva - Agente Administrativo (17º)
Lígia Leite de Sousa - Agente Administrativo (18º)
Danielle Serafim Nunes - Agente Administrativo (19º)
Damião Araújo da Silva - Artífice/Bombeiro Encanador (1º)
Os nomes relacionados acima devem comparecer na sede da Prefeitura Municipal - Secretaria da Administração e Finanças, situada à Praça João Pessoa, nº 32, Centro, para apresentar os documentos e habilitações exigidas, conforme Capítulo VIII, do Edital 01/2007 e tomarem posse em seus respectivos cargos.

Vale festeja nesta 6ª-feira 1ª Festa do Arroz Vermelho

O Vale do Piancó celebra nesta sexta-feira (3) a I Festa do Arroz Vermelho, evento técnico cultural que será realizado na cidade de Santana dos Garrotes, sob coordenação do Sistema Faepa/Senar que promove também o 1º Seminário sobre o Arroz Vermelho na Paraíba. Além do Sistema Faepa/Senar, o evento é uma iniciativa do Sindicato dos Produtores Rurais do município de Santana dos Garrotes, com o apoio das Prefeituras municipais vizinhas e outras instituições.
O evento deve reunir cerca de 800 pessoas, envolvendo toda a região principalmente os municípios de Santana dos Garrotes, Nova Olinda, Piancó, Itaporanga e Pedra Branca. A programação inícia pela manhã, no Salão da Casa Paroquial com o seminário e palestras do Sistema Faepa/Senar, SFA, Ibama e Sudema, voltadas para os produtores rurais.
No período da tarde, os produtores poderão apresentar suas principais preocupações sobre o produto  levantar questões sobra a implantação da Indicação Geográfica (IG), selo de reconhecimento concedido a uma região ou produto, pela relevância histórica, social e econômica. À noite, acontece o evento cultural com shows, festival de gastronomia, artesanato e o concurso para escolha da Rainha e da Princesa do Arroz Vermelho, que reunirá pessoas de todas as cidades da região no Clube Santana Show.
Sobre o Arroz Vermelho - O Arros Vermelho constitui um dos principais ingredientes da culinária regional da Paraíba. É no Estado, mais especificamente no Vale do Piancó, onde se concetra a sua maior produção.
O arroz vermelho e o branco são variedade diferentes da mesma espécie e seus grãos são muito parecidos. Antes do beneficiamento nem dá para distinguir um do outro. A cor vermelha surge com a retirada da casca. Está na película que envolve o grão.
Desde 2008, o Senar-PB vem desenvolvendo ações voltadas para o fortalecimento e formação de empreendimentos rurais através do projeto "Arroz Vermelho do Vale do Piancó", trabalhando com capacitações específicas para o aprimoramento em Gestão, Produção e Comercialização.

quinta-feira, 2 de junho de 2011

Médica capota veículo na PB-400 na tarde de hoje

Uma pick-upToyota Hilux capotou na tarde desta quinta-feira (2) na rodovia PB-400, na altura da curva do Campestre, no município de São José de Piranhas. O acidente aconteceu por volta das 15h20 motivado por uma sobrada. O carro de placa MNQ2704, da cidade de Cajazeiras, era conduzido pela médica Viviane Caudas Fernandes de Carvalho, esposa do ortopedista Dr. Tiago, ambos da cidade de Sousa.
Apesar do susto, a vítima não sofreu ferimentos. Ela foi levada pelo SAMU para a policlínica Romeu Menandro Cruz, em São José de Piranhas, mas passa bem. Segundo informações, ela se deslocava de Bonito de Santa Fé, onde dava plantão médico. Segundo o Radar Sertanejo, minutos depois do acidente e ainda nervosa, Viviane recebeu a visita do colega de profissão Dr. Oscar Sobral, que confirmou que apesar do susto não houve gravidade.

Após 31 dias os professores decidem suspender a greve

Durante a assembleia-geral dos professores da rede estadual, que acontece na tarde desta quinta-feira (02), ficou decidido que a greve que já dura 31 dias será suspensa. A decisão foi tomada a partir do decreto da Justiça de interromper a paralisação das atividades e as aulas devem voltar na próxima segunda-feira. A diretoria do Sintep anunciou que a categoria deve entrar na Justiça ainda esta semana. Um dos processos é uma ação de tutela antecipada pedindo o retorno dos descontos aplicados no contracheque dos professores grevistas.
Durante a assembleia, também foi decidido que a diretoria do Sintep vai recorrer da decisão do desembargador Romero Marcelo da Fonseca Oliveira que deu um período de 72 horas para que os grevistas voltassem ao trabalho. O desembargador entendeu que mais de 400 mil alunos estavam sendo prejudicados pela greve e ponderou que, para muitos alunos a merenda escolar é uma refeição substancial e, no período de paralisação, muitos estudantes não têm acesso à merenda.
A classe exige a aplicação do piso salarial, sem a incorporação das gratificações, mas o Governo do Estado afirmava que só iria negociar quando as aulas retornassem.

Mãe e filha são presas em Tavares, acusadas de trafico de drogas, homicídio e pistolagem

Policiais da 4ª Companhia de Polícia Militar, sediada em Princesa Isabel e da Delegacia Regional de Polícia Civil de Serra Talhada/PE, prenderam Ana Cristina Vieira de Melo, de 38 anos e Nicolly Dayanny de Melo, 19, respectivamente, mãe de filha.
As duas são acusadas de tráfico de droga, homicídio e pistolagem no vizinho estado de Pernambuco. A prisão foi em cumprimento a mandados de prisão expedidos pelas Comarcas de Jaboatão dos Guararapes e Serra Talhada, ambas em Pernanbuco.
A prisão de Ana Cristina e Nicolly aconteceu nesta quarta-feira (1º), no sítio Manoel do Mato, zona rural de Tavares (PB). Mãe e filha, segundo informações do cabo Bezerra, comandante da equipe da Paraíba, foram encaminhadas para a cidade de SerraTalhada-PE, onde permanecerão a disposição da justiça.

Em Bonito de Santa Fé: Hospital municipal passará por reforma e realizará cirurgias eletivas

O Hospital municipal de Bonito de Santa Fé, "Honorina Tavares de Albuquerque", irá passar por uma reforma estrutural nos blocos cirúrgicos afim de realizar as cirurgias eletivas nos próximos meses. Segundo seu diretor, Zé Paulino, um convênio firmado entre Estado e Prefeitura irá proporcionar condições de realizar cirurgias de média complexidade.
Atualmente o hospital, que é mantido com recursos próprios do município se destaca na atuação em saúde na microrregião, e atende pacientes, tanto do próprio Bonito de Santa Fé como de São José de Caiana,  Serra Grande, Conceição, Mauriti-CE e  Monte Horebe.
Vários profissionais de saúde se revezam no atendimento aos pacientes em plantões de 24  horas ininterruptas. Segundo o diretor, a unidade hospitalar atualmente  conta com  6 médicos plantonistas,  6 enfermeiras e 8 técnicos em enfermagem.
O hospital Honorina Tavares conta com 93 AIHS  que atendem  mensal uma média de 150 pacientes. O propósito da prefeita, Alderi Caju,  é investir no hospital municipal,  junto com o Estado para que a casa de saúde desafogue o HRC e passe a ter referência ainda maior na saúde do Sertão. (RadarSertanejo)

Vereador endividado põe restante do mandato a venda por R$ 30 mil, mas suplente acha caro: “Só pago 25!”.

De acordo com informações, um vereador da região de Sousa está muito endividado e quer vender os 18 meses restante do seu mandato para o suplente da vaga na câmara. Ele está prestes a renunciar o cargo. Há menos de dois anos para terminar o mandato eletivo, o parlamentar está tentando vendê-lo ao seu suplente.
A negociação não foi efetivada ainda porque o vereador pediu R$ 30 mil pelos 18 meses restantes do mandato, porém, o suplente afirmou que só daria R$ 25 mil. De acordo com a negociação, o comprador do título só entregaria o dinheiro após a renúncia do vereador.
O parlamentar estaria fazendo essa negociação porque está passando por uma crise financeira aguda. Há quem diga na cidade, que el já estaria devendo dinheiro referente a todo o seu mandato, pois teria pegado um “adiantamento” dos seus vencimentos com um agiota, por issor, está vendendo o mesmo “produto” a dois compradores. (DiáriodoSertão)

Juiz manda anular eleição na Câmara de Várzea

O juiz Perilo Rodrigues de Lucena anulou a eleição da mesa diretora da Câmara Municipal de Várzea, para o biênio 2011/2012 e determinou a posse imediata na presidência daquela casa do vereador mais idoso, que tem a obrigação de convocar novas eleições no prazo de 20 dias. A vereadora com maior idade é Maria José (DEM) .
O magistrado acatou o mandado de segurança impetrado pelos vereadores da oposição, Windson do Amaral Luna (PSDB), Antônio Simão de Medeiros (PMDB) e Othon Galvão Figueiredo (DEM). Eles alegaram que o artigo 20, da Lei Orgânica do Município de Várzea, veda a reeleição dos membros da mesa diretora. Diante disso, a reeleição da vereadora Mailde Verônica (DEM), contrariou a Lei Orgânica.
Mailde foi reeleita, no dia 10 de dezembro em 2010, para o biênio 2011/12. O promotor de Justiça Pedro Nóbrega, deu parecer pela anulação da eleição. “O artigo 20 da Lei Orgânica do Município  não consagra o direito de reconduzir os membros da mesa diretora da Câmara para os mesmos cargos”, explicou Windson Amaral.
A assessoria de Verônica informou que ela deve recorrer da decisão ao TJ para tentar se manter na presidência da Câmara.

quarta-feira, 1 de junho de 2011

Pacto pela Paraíba: em reunião Bancada Federal se dispõe a negociar fim da greve na educação e na saúde

A greve dos professores, a paralisação dos médicos do Hospital de Trauma, em João Pessoa, e o prazo para elaboração de emendas à Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO) foram temas da reunião de emergência do Pacto pela união da Paraíba nesta quarta-feira (1), no gabinete da 2ª Vice-Presidência do Senado. Os parlamentares da bancada Federal redigiram uma nota conjunta, onde externam preocupação com os últimos acontecimentos e se colocam à disposição para intermediar uma saída com diálogo e bom censo.
O deputado federal Ruy Carneiro (PSDB) fez uma avaliação positiva do encontro, ressaltou a responsabilidade dos parlamentares e o elevado espírito público que pauta as decisões do Pacto de união pela Paraíba. “O objetivo é contribuir com ações para o Estado, mas também contribuir com os problemas do Estado”, explicou. Ruy frisou que a reunião não ter caráter partidário. “É uma decisão madura da bancada e é importante colocar que ela é suprapartidária, aqui não vai crítica a grevista nem crítica ao Governo. Daqui sai nossa disposição para contribuir com diálogo”, adiantou.
De acordo com ele, existe um impasse que está trazendo transtorno à população nas áreas de educação e saúde, e a bancada se coloca à disposição dos grevistas e do Governo para contribuir na busca uma saída para essa situação. Reproduzir áudio

Confira a Nota:
BANCADA FEDERAL DA PARAÍBA

NOTA

Os parlamentares federais paraibanos no Senado Federal e na Câmara dos Deputados reuniram-se nesta quarta-feira, 01, na 2ª Vice-Presidência do Senado, para deliberar conjuntamente sobre as emendas em favor da Paraíba à Lei de Diretrizes Orçamentárias, em discussão na Comissão Mista de Orçamento.
Preocupados com os últimos acontecimentos na Paraíba, especialmente com relação à greve dos professores e médicos, senadores e deputados paraibanos colocam-se à disposição tanto do governo estadual quanto das entidades representativas dos setores em greve, contribuindo para o entendimento entre as partes, em favor da população do nosso estado.
Assinam o documento, pela ordem alfabética
Senador Cícero Lucena
Senador Vital Filho
Senador Wilson Santiago
Deputado federal Aguinaldo Ribeiro
Deputado federal Benjamin Maranhão
Deputado federal Efraim Filho
Deputado federal Hugo Motta
Deputado federal Manoel Junior
Deputada federal Nilda Gondim
Deputado federal Romero Rodrigues
Deputado federal Ruy Carneiro
Deputado Federal Wellington Roberto
Deputado federal Wilson Filho

Intervenção ética decretada pelo CRM impede médicos PMs de assumir postos no Trauma; Caos tende a piorar caso aconteça greve por tempo indeterminado

Sob “intervenção ética”, o governo do Estado não pode intervir no Hospital de Emergência e Trauma, a exemplo do que aconteceu na manhã desta terça-feira, 1, com o ato governamental determinando que os médicos da Polícia Militar assumam os postos em substituição ao médicos em greve.
A informação é que a “intervenção ética” no Hospital de Emergência e Trauma foi decretada pelo Conselho Regional de Medicina (CRM). “Assim, não pode sofrer intervenção, como deseja o governo do Estado”, disse um médico que pediu para não revelar o seu nome.
Se o governo não pagar os plantões com salário integral os médicos efetivos, comissionados, prestadores de serviço e da cooperativa médica entrarão em grave por tempo indeterminado. Isso significa dizer que o caos na área de saúde será ainda maior a partir da ameaça de greve por tempo indeterminado nesta sexta-feira. (com Marcone Ferreira)

Conceição FM 91.1 comemora em grande estilo seu 1º aniversário e sucesso da audiência no Vale do Piancó

No próximo dia nove, em plena via pública a partir das 20h, a Rádio Conceição FM 91.1 estará realizando uma mega festa para comemorar seu primeiro aniversário. Para celebrar a data a emissora traz para seus ouvintes de todo o Vale do Piancó grandes atrações: Banda Forró de Taipa, Banda Espora de Ouro, Banda Mulher Chorona e a Banda Cheiro de Menina.
Com expectativa de público de aproximadamente dez mil pessoas a organização colocará grande estrutura na Solon de Lucena, centro de Conceição, para recepcionar da melhor forma os ouvintes que são, em verdade, a mola propursora do sucesso da emissora que vem a cada dia liderando a audiência em toda a região. (com Ascom)    

Na AL: oposição esvazia plenário, protagoniza bate-boca e ameaça travar votações nas Comissões da Casa

A bancada de oposição pôs em ação o plano de boicotar a ordem do dia na Assembléia Legislativa da Paraíba e resolveu esvaziar o plenário para impedir as votações na Casa. Segundo o deputado Raniery Paulino (PMDB), a oposição não vai ceder até que o governador Ricardo Coutinho (PSB) decida negociar com as categorias grevistas.
Com a atitude da oposição, o embate no parlamento ficou caloroso, ao ponto do presidente em exercício, Edmilson Soares (PSB), bater boca com o peemedebista Raniery Paulino. Em dado momento dos ânimos exaltados, Raniery sugeriu que o governador tivesse problemas mentais, e necessitava de um tratamento psiquiátrico. A declaração chateou o presidente, que exigiu respeito e a retirada da declaração das notas taquigráficas da Casa. O clima literalmente pesou.
O deputado Gervásio Maia Filho adiantou que as votações na Comissão de Orçamento também deverão ser boicotadas. O peemedebista ameaçou travar as votações caso o Governo do Estado não dialogue com os professores e médicos em greve. “Vamos travar as votações e pela Comissão de Orçamento não passará nenhuma matéria. Isso tudo tem que ser resolvido o mais rápido possível”, disse o parlamentar na tribuna da Casa.
Gervásio disse ainda que a mesma medida deve ser adotada por outros deputados oposicionistas que respondem pela presidência de Comissões.

PV realiza Encontro Estadual nesta sexta-feira na AL

O ex-deputado e atual secretário executivo estadual da Articulação Municipal, sargento Denis (foto), informou nesta quarta-feira (01) que o Partido Verde realizará encontro estadual do partido com cerca de 200 diretores da legenda espalhados pelo Estado. O evento será nesta sexta-feira (03), no auditório da Assembleia Legislativa, às 13 horas.
Serão discutidas na reunião as pretensões do PV para compor alianças, lançar candidaturas próprias, metas para filiações e eleição de vereadores por todo o Estado. A prefeita de Natal, Micarla de Souza participará dando seu depoimento de gestão a frente da Capital potiguar.
“Acredito que teremos em João Pessoa três vereadores eleitos, em Patos, no mínimo dois, e em Campina Grande um parlamentar; para prefeitura estamos articulando candidatura própria em Bayeux, Santa Rita, Lagoa, Juripiranga, Mamanguape e Cabedelo. Temos 25 anos de partido, mas só agora resgatamos notoriedade por conquistarmos uma candidatura a presidência da república. Nossa meta é chegar a 150 representações municipais e fortalecer e legenda na Paraíba”.

Cansados de esperar por providências do Governo do Estado carroceiros decidem fazer tapa-buraco artesanal em rodovia entre Boa Ventura e Itaporanga

Cansados de esperar por providências do Governo do Estado, carroceiros das cidades de Boa Ventura e de Itaporanga tomaram a iniciativa de tapar, eles próprios, muitos dos enormes buracos que se espalham ao longo da rodovia que ligam as duas cidades. Várias lideranças políticas da região, a exemplo do deputado estadual e ex-governador Wilson Braga (PMDB), já solicitaram providências, ao Departamento Estadual de Estradas de Rodagem (DER), para o problema, mas, até agora, nem mesmo o roço dos acostamentos da rodovia foi realizado.
Para o ex-prefeito de Boa Ventura, Fábio Arruda (PMDB), o problema tem causado séria preocupação à população, não só das duas cidades, mas de todo o Sertão paraibano, que permanentemente trafega pela região. Ele acentua que a situação inspira ainda mais cuidados nesta fase do ano, em virtude da proximidade dos festejos juninos, quando o fluxo de automóveis aumenta, consideravelmente, também aumentando, consequentemente, a probabilidade de acidentes. (Ascom)

API condena repressão à Imprensa e enfatiza liberdade de expressão

A presidente da Associação Paraibana de Imprenda (API), Marcela Sintônio (foto), divulgou uma nota homenageando os profissionais da imprensa pelo seu dia, que é comemorado nesta quarta-feira (1º). A nota  fala sobre o papel dos profissionais que formam opinião e representam a opinião de muitas pessoas. Marcela cita Karl Marx ao falar sobre liberdade de falar e de ter opinião contrária às atitudes de governantes autoritários. A nota traz ainda crítica aos governantes que desrespeitam a imprensa e aos profissionais que falam somente as beneces feitas pelos governantes esquecendo o seu papel de informar e críticar, servindo por vezes, de assessoria disfarçada.
Confira abaixo a nota da API na íntegra
ASSOCIAÇÃO PARAIBANA DE IMPRENSA – API NOTA

Dia da Imprensa – 01 de junho
Segundo Karl Marx, “A imprensa livre é o olhar onipotente do povo”. Há indivíduos que não são povo, transformaram-se numa classe social apartada e elitista ou em dirigentes políticos, representantes do poder que sempre tenta obstaculizar a visão deste povo.
Temos observado, no quotidiano, grande parte da imprensa, lamentavelmente, pressionada pelas necessidades de recursos oficiais, dedicar-se exclusivamente a serviço de governantes que não admitem a existência, tampouco a divulgação, de ideias contrárias às suas, praticando até intolerantes perseguições.
Neutralizar as vozes discordantes é criar um monólogo estéril, com sérios prejuízos para a coletividade que precisa exercer, de forma espontânea, a livre manifestação de pensamento.
Muito mais do que de comemoração, o momento é especialmente de
reflexão sobre o papel democrático da mídia. Vigilantes e atentos, diuturnamente e com consciência, haveremos de lutar contra qualquer ato que conspire a diminuição do livre exercício da liberdade de imprensa. Informação pode ter preço, mas a dignidade de quem informa jamais deve ser negociável.
Quiséramos nós, jornalistas e colaboradores da Imprensa Paraibana, comemorar, com altivez, o Dia da Imprensa, enquanto conscientes de que somos pupilas e, muitas vezes, olhos ou materialmente a livre palavra sobre o que vê o independente “olhar onipotente do povo”.
Marcela Sitônio
Presidente da API

MP dá 48 horas para o Governo anunciar proposta de concurso para Saúde

O promotor da Saúde, João Geraldo, entregou um ofício ao secretário de Saúde da Paraíba, Waldson Dias de Souza, cobrando uma resposta sobre a abertura de um concurso público para suprir a falta de médicos efetivos na rede estadual. O documento, enviado em caráter de urgência, deve ser respondido até esta quinta-feira (2) e serve de base para que, caso necessário, o Ministério Público entre com uma ação civil pública.
“O secretário diz que concorda com o MP, mas que no momento a Lei de Responsabilidade não permite realizar todas as mudanças necessárias. Para firmar o compromisso com o secretário, foi enviado o ofício que vai oficializar a posição de Waldson Souza. A perspectiva do MP é que o edital seja publicado no começo do segundo semestre”, disse o promotor.
Pelo ofício, o secretário tem 48 horas para detalhar a data do concurso, os valores das remunerações e a quantidade de vagas. Como o documento foi entregue ontem (31), a resposta deve ser dada até manhã. O problema, segundo o Ministério Público, é que faltam médicos efetivos nos hospitais da rede estadual.

Justiça decreta ilegal a greve dos professores estaduais

O Tribunal de Justiça decretou hoje a ilegalidade da greve dos professores da rede estadual de ensino. Com isso, os docentes ficam obrigados a suspender o movimeto e voltar ao trabalho em até 72 horas. Apesar do decreto, os docentes também planejam entrar na Justiça contra o Governo do Estado questionando os salários descontados durante a greve. O comando de greve já avisou que não foi notificado da decisão e que nesta quinta-feira (2) se reúnem para definir os rumos do movimento.
No caso da ilegalidade, o desembargador Romero Marcelo da Fonseca Oliveira também determinou multa diária de R$ 20 mil para o Sintep em caso de descumprimento. O desembargador entendeu que mais de 400 mil alunos estão sendo prejudicados pela greve e ponderou que  para muitos alunos a merenda escolar é uma refeição substancial. No período , muitos estudantes não têm acesso à merenda. A decisão leva em consideração o tempo que os alunos estão sem aulas e o impacto na reposição dos conteúdos.
Reivindicações
Os docentes reivindicam a implantação do piso salarial nacional na Paraíba. Na proposta, o Estado oferece R$ 926,17 e uma bolsa desempenho de R$ 230. A remuneração proposta, então, soma R$ 1.156,17, sendo 29,77% superior ao piso nacional, segundo o secretário-chefe. Os professores, no entanto, argumentam que no salário estão agregadas as gratificações de Estímulo à Docência (GED) e Especial de Atividades Pedagógicas (Geap), que já era direito da categoria.
Salários descontados
Na última segunda-feira (30), os professores fizeram assembleia geral e decidiram dar continuidade à paralisação. Após a reunião, eles seguiram em passeata até a Praça João Pessoa e invadiram o Palácio do Governo reivindicando serem atendidos por Ricardo Coutinho. O governador, por sua vez, declarou que só iria negociar com os grevistas quando eles voltassem aos trabalhos. Por causa da greve, que já dura mais de um mês, os professores tiveram descontos em seus contracheques relativos aos dias não trabalhados. O comando de greve decidiu entrar com um pedido de tutela antecipada contra o Governo do Estado para recuperar o salário perdido.
Sindicato
Paulo Tavares, um dos diretores do Sindicato dos Trabalhadores em Educação da Paraíba (Sintep), informou que o órgão ainda não foi comunicado oficialmente sobre a decisão da Justiça e que as próximas diretrizes do movimento grevista serão tomadas na assembleia geral que acontece na quinta-feira (2), às 15h, no colégio Lyceu Paraibano, no Centro de João Pessoa. Ele disse ainda que o governo está tomando medidas para intimar os professores “Ele cortou os pontos e descontou nosso salário, mas os professores continuam firmes na greve em luta de melhores condições de trabalho”.

Caos na saúde: governador determina que médicos militares assumam postos no Hospital deTrauma

Com o caos instalado na saúde da Paraíba, devido o pedido de demisão coletiva feita pelos médicos do Hospital de Traumas, em João Pessoa, o governador Ricardo Coutinho determinou a convocação de médicos da Polícia Militar para desempenharem suas funções no HTSHL. O ato foi publicado no BOL PM nº 0099 de 31 de maio. A convocação dos policiais deve acontecer dentro do prazo de 24 horas. O AG nº 3.275, ainda determina que sejam apuradas faltas ou omissões dos profissionais de sáude do hospital.

Substituição na escola Zuza Lacerda em Curral Velho

A edição desta quarta-feira (1º/06) do Diário Oficial traz substituição na escola Coronel Zuza Lacerda, no município de Curral Velho. O AG 3.376 e o 3.378 tornam sem efeito nomeações de Izabel Estrela de Lacerda Bezerra e Patrícia Henrique Raimundo, respectivamente, dos cargos de vice-diretora e secretária; Com substitutas foram nomeadas Giselda Pereira da Silva Nicolau e Maria das Graças da Silva Vicente, respectivamente como vice-diretora e secretária, por meio do AG nº 3.377 e o 3.379.

Sai nomeação de diretoras das escolas da zona rural do município de Itaporanga

A edição de hoje (1º/06) traz publicação do AG nº 3.356, assinado pelo governador, nomeando vários diretores em escolas da zona rural do município de Itaporanga. São elas:
Maria Vicente dos Santos - Diretora da EEEF Luis de Araújo Madeiro
Maria Cláudia dos Santos - Diretora da EEEF Sítio Cravoeiro
Jucilene Gerônimo Ricarte - Diretora da EEEF Jardim do Baião
Maria Magdala Francelino de Sousa - Diretora da EEEF de Belo Horizonte
Maria Alzenir Lemos Ildefonso - Diretora da EEEF Sítio Cardoso
Raimunda Pereira de Queiroz - Diretora da EEEF Sítio Barrocão

Nelsinho Henrique novo gerente regional do Cooperar

Igual àquele provérbio popular: "Água mole em pedra dura tanto bate até que fura", Nelsinho Henrique, filho do ex-prefeito de Boa Ventura, Antônio Henrique, conseguiu furar o bloqueio e chegar aonde queria. Após ser nomeado Agente de Programas Governamentais, em março passado, Francisco Henrique Nelson Neto foi nomeado através do AG nº 3.335, publicado na edição de hoje do Diário Oficial, como novo Gerente Regional do Cooperar, com sede em Itaporanga. Ponto para Chico Lopes que bancou a indicação e a briga!

Professor Jucivan Araújo é nomeado como Articulador Cultural da 7ª Região do Vale do Piancó

A edição desta quarta-feira (1º/06) traz a publicação do AG nº 3.288, assinado pelo governador, em que nomea o professor Jucivan Araújo (foto) para ocupar o cargo de Articulador Cultural da 7ª Região, do Vale do Piancó, com sede em Itaporanga. Cargo ligado a Secretaria de Cultura, a indicação de Jucivan foi feita pelo deputado federal Luiz Couto (PT), de quem o professor é assessor.

Reviravolta no Paraibano: TJD anula titulo do Treze ao dar ganho causa ao Bota por 4X1; haverá nova decisão

O Tribunal de Justiça Desportiva da Federação Paraibana de Futebol decidiu na noite desta terça-feira dar ganho de causa ao recurso do Botafogo, por 4 votos a 1, contra o Treze por ter deixado o jogo decisivo do segundo turno sem a quantidade de jogadores suficientes em campo deferindo a perda dos pontos pelo time trezeano. Comisso, o time campinense perde o titulo e a FPF terá de marcar novo jogo entre Botafogo e Campinense.
Segundo o advogado Frederich Diniz Tomé de Lima, agora a FPF vai ser comunicada ainda nesta quarta-feira e marcar o jogo entre Botafogo e Campinense para saber o campeão da segunda fase quem vai decidir com o Treze, pois perda de pontos do Treze e que marque jogo da segunda fase. Conforme explicou, o TJD anulou os pontos do Treze e mandou marcar nova partida.
O primeiro jogo será em João Pessoa e o segundo em Campina Grande. Advogados do Treze disseram que vao recorrer ao Superior Tribunal de Justiça. Em Joáo Pessoa, o resultado gerou carnaval fora de época dos torcedores botafoguenses.

Conselho Regional de Educação Física faz campanha para renovação da Cédula de Identidade Profissional

Os profissionais de Educação Física da Paraíba e do Rio Grande do Norte, que estiverem com a Cédula de Identidade Profissional vencida, precisam se regularizar junto ao CREF10/PB-RN, o mais rápido possível. “A validade da CIP é de cinco anos. Muitos profissionais atrasam essa renovação e ficam irregulares para exercer a profissão. O educador físico regular é bem visto e colabora para o controle da qualidade dos educadores que estão no mercado, atualmente” ressalta Zuleneide Formiga, gestora do CREF10.
A renovação da cédula está mais fácil. Caso o profissional não possa se deslocar até a sede em João Pessoa, ou seccional do CREF10 em Natal, ele poderá enviar pelos Correios a Cédula antiga junto com uma foto 3X4, além de uma solicitação de renovação. Todo processo será feito na sede do Conselho, e o profissional será avisado, por telefone, quando e onde poderá buscar a nova carteira. Conselheiros no interior dos dois estados simplificam essa entrega, evitando que o educador físico precise se deslocar até a capital. “O profissional irregular ainda perde benefícios, como descontos em cursos e outras atividades promovidas pelo Conselho junto com os nossos parceiros. Se regularizando, o educador físico ainda evita possíveis prejuízos a empresa em que trabalha” lembra a gestora.
-Endereços para renovação da Carteira de Identificação Profissional:
Conselho Regional de Educação Física - CREF 10/PB-RN
Rua Professor Álvaro de Carvalho, 56, Térreo
Tambauzinho – João Pessoa – PB
CEP: 58.042-010
Contato: (83) 3244-3964

Seccional do Rio Grande do Norte
Avenida Hermes da Fonseca, 1596, sala 20, Tirol Shopping
Bairro do Tirol – Natal – RN
CEP: 59.020-650
Contato: (84) 3201-2254

terça-feira, 31 de maio de 2011

Caos na saúde: Depois de demissão coletiva pedida por cirurgiões que prestam serviços agora são os “Médicos Efetivos” que comunicam afastamento dos plantões

Os médicos do quadro efetivo do Hospital de Emergência e Trauma decidiram aderir ao movimento de paralisação iniciado última na sexta (27), por cirugiões que prestam serviços a HT. Nesta manhã os representantes do quadro efetivo entregaram ao Secretário Estadual de Saúde Waldson Dias, um documento reivindicando uma equiparação com os cirugiões que prestam serviços aquele hospital, que recebem R$ 1.000,00 por cada plantão. O médicos efetivos reclamam falta de isonomia, já que por serem efetivos, percebem hoje apenas R$ 640,00 por plantão trabalhado. (clickpb)Veja documento

Professores recorrem a Justiça contra corte de ponto e redução dos salários de maio

O comando de greve dos professores da rede estadual de ensino decidiu, durante reunião na tarde desta terça-feira (31), que irá recorrer a Justiça, com um pedido de tutela antecipada, para que o Governo do Estado reponha o dinheiro descontado dos seus contracheques.

Cícero Lucena lamenta caos na saúde e apresenta Voto de Pesar pelo falecimento de jovem que ficou sem atendimento no Trauma

O senador Cícero Lucena (PSDB) ocupou a tribuna do Senado, nesta terça-feira (31), para protestar contra a situação caótica da educação, saúde e segurança na Paraíba. O parlamentar manifestou pesar aos familiares do jovem, Cristiano Alves Correia, 25, vítima fatal após a paralisação dos médicos do Hospital de Trauma, “em razão da falta de diálogo entre o Governo do Estado e o trabalhador paraibano”.
O senador sugeriu o engajamento dos parlamentares da bancada Federal, que constituem o Pacto pela União da Paraíba, na busca de alternativas que minimizem a dor dos paraibanos. Lucena iniciou fazendo um relato do sofrimento vivido por Cristiano e da dor dos seus familiares. "O jovem teve fraturas, traumatismo craniano e sofreu por mais de duas horas, em busca de um atendimento, até morrer. O caso foi destaque no Jornal Hoje e no Jornal Nacional da TV Globo de ontem".
Para o senador tucano a situação na Paraíba é de emergência. “O Governo da Paraíba deve ter humildade para reconhecer isso! O Governo precisa dialogar com as categorias, enfrentar os problemas com coragem e respeito à sociedade e ao povo, a fim de evitar consequências drásticas, como o falecimento desse jovem”, lamentou. "Dói a alma, quando o direito do cidadão é cerceado. Dói o espírito, quando impotentes observamos um familiar perder a vida por falta de atendimento médico, um direito que se diz garantido na Constituição Federal que este Congresso elaborou e aprovou em 1998".
O senador também abordou a greve dos professores da rede estadual, que ontem como forma de protesto ocuparam o Palácio da Redenção. “Os professores da rede estadual de ensino estão em greve há trinta dias. Ontem a situação chegou ao extremo. Imaginem seus filhos sem condições de frequentar a escola, em greve, há cerca de trinta dias?”, prosseguiu. "Quantos precisarão perder a vida para que o Governo negocie com os cirurgiões? Por quantos meses nossos professores permanecerão em greve em busca do cumprimento da Lei do piso nacional salarial? Por quantos dias nossas crianças e jovens continuarão sem aulas e comprometendo o seu futuro?".
O senador concluiu fazendo um apelo a bancada Federal, que estabeleceu a criação do Pacto pela União da Paraíba. “Vamos intermediar uma alternativa que retire a Paraíba desse fosso negro de intolerância, incerteza, desprezo e falta de sensibilidade”, finalizou.

Rádio Difusora de Cajazeiras festeja seus 47 anos no ar

A Rádio Difusora de Cajazeiras AM 1070 está comemorando aniversário nesta terça-feira, 31 de maio.  Considerada uma das principais rádios do Nordeste,  a emissora completa  47 anos em operação desde 31 de maio de 1964. A Rádio Difusora durante toda a programação de hoje recebeu inúmeras homenagens de com depoimentos de ouvintes e profissionais que fizeram e fazem parte da história da emissora.
De serviço de Alto-Falantes à Emissora de Rádio. Em 5 de agosto de 1938, nasce na cidade de Cajazeiras a Difusora Rádio Cajazeiras. Um sistema de linhas físicas com alto-falantes instalados nas principais ruas, avenidas e praças, fixados em postes de iluminação pública e frentões de prédios, de propriedade da firma Carvalho & Dutra.
Esse serviço de alto-falantes, em 19 de março de 1964, inicia a fase experimental, como estação de rádio e em 31 de maio do mesmo ano passa a funcionar oficialmente, na atividade de rádio. Difusora Rádio Cajazeiras Ltda é a sua razão social e seus principais cotistas fundadores são: Antonio Carvalho, Antonio Dutra, Mozart de Sousa Assis, Jessé de Sousa Assis entre outros.
Atualmente a emissora conta com uma programação à frente de todas as concorrentes, principalmente em seu jornalismo. Atualmente sob a direção do Advogado a radialista Adjamilton Pereira, a Difusora segue na dianteira e atinge um índice de audiência difícil de ser alcançada, a exemplo do programa Boca Quente comandado pelos radialistas Adjamilton Pereira, Paulo Feitosa e Jota França.
Durante o programa Boca Quente dessa de hoje o proprietário da emissora, José Cavalcanti, falou da importância da emissora e destacou o trabalho dos profisionais da rádio e a preferência dos ouvintes. (Radar Sertanejo)

Cássio Cunha Lima comenta números do IPEA sobre avanços na época que foi governador

A pobreza extrema na Paraíba caiu 38% entre 2004 e 2009. Os dados foram apresentados pelo técnico do Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (Ipea), Rafael Guerreiro Osório, durante o terceiro seminário sobre a medição e dimensão da pobreza extrema, organizado pelo Instituto em João Pessoa. No período de 2004 a 2009, o número de analfabetos absolutos também caiu entre os mais pobres do estado (35% para 27%), assim como o de desempregados (13% para 11%).
Para o senador eleito Cássio Cunha Lima (PSDB), que comandou o estado no período da pesquisa, “os números comprovam que a Paraíba esteve seguindo o caminho correto para a erradicação total da extrema pobreza”. Os extremamente pobres são famílias com renda per capita mensal menor que R$ 70 e são 10% da população paraibana, enquanto que no resto do país eles representam cerca de 5%. No estado da Paraíba, 73% dessas famílias recebem benefícios do programa Bolsa Família, recursos que representam, em média, 38% da renda familiar.
Segundo Cássio, ações como as desenvolvidas pelo projeto Cooperar também foram importantes para a Paraíba reduzir os índices de extrema pobreza na zona rural. Ele lembrou ainda o programa Leite da Paraíba que distribuía até 2003 cerca de 20 mil litros por dia e que a partir de 2004 chegou aos 120 mil litros distribuídos diariamente para famílias carentes em todos os municípios do estado.
Outra importante ação desenvolvida durante o governo Cássio foi a universalização do ensino médio para todos os municípios paraibanos, “não se pode pensar em erradicação de pobreza tendo 57 municípios sem que os seus jovens tenham acesso ao ensino médio”, lembrou. O IPEA considerou na pesquisa a importância do aumento da escolaridade como um fator que influencia na erradicação da pobreza.
Ainda foram lembradas pelo ex-governador ações na área de saneamento básico, que através do Programa Boa Nova praticamente dobrou o atendimento de esgotamento sanitário do estado e ainda a parceria para o Programa Luz para Todos cujo resultado ultrapassou todas as metas estabelecidas pelo governo federal.
Cássio precisou fazer um rigoroso ajuste fiscal na Paraíba pois as finanças estaduais estavam absolutamente comprometidas com o alto endividamento. Para se ter uma idéia das dificuldades financeiras herdadas, em 2003 a Paraíba pagava de dívidas, R$ 1,35 para cada R$1,00 arrecadado e ao final de 2008 esse proporção se inverteu quando o estado pagava R$0,60 para cada R$1,00 arrecadado.
Estes dados do IPEA comprovam que é preciso um sério ajuste das finanças públicas para que ações que resultem na melhoria da qualidade de vida da população ocorram e foi esse caminho trilhado que permitiu que milhares de pessoas fossem beneficiadas diretamente pela ação do governo, finalizou o senador eleito.

Presidiárias da cadeia pública de Cajazeiras participam de cursos profissionalizantes

As detentas da Cadeia Pública de Cajazeiras estão participando a partir deste mês de março, de cursos de formação profissionais. De acordo com a diretora da cadeia, Maria das Graças Abreu, o primeiro curso que está sendo desenvolvido para as presidiárias é de bordado, que será desenvolvido até o mês de julho. Graça disse que 12 presas estão participando da formação. Segundo ela, serão desenvolvidos ainda, os cursos de cabeleireira e maquiadora. "Nós tabalhamos para oferecer melhorias as detentas e para que elas saiam do presídio com novas perspectivas de vida", disse Graça. (diáriodosertao)

Greve ou Caso de Polícia? - Por Misael Nóbrega

Por Misael Nóbrega de Sousa
“Professores grevistas da rede estadual de ensino invadiram o Palácio da Redenção, sede do governo do Estado”. Com quais armas? Com o poder da palavra ou com a força bruta? Greve ou caso de policia? “Eles estão em greve desde o dia 2 de maio, mas a reação de ontem foi motivada por cortes no salário referente ao mês de abril”. Mas, como assim? Decidiu cortar por decidir? O sindicato não tem departamento jurídico? Para que serve a justiça nesse país? É sabido fazer valer os nossos direitos com as próprias mãos? Greve ou caso de policia? “O governo disse que só iniciaria o diálogo com a categoria após a desocupação do Palácio”. E antes? Não houve diálogo? Porque se apontou para uma proposta decente? Greve ou caso de polícia? “O Sindicato dos Trabalhadores em Educação disse que não desocuparia sem uma proposta”. Não sai por quê? É para chamar a atenção? Greve ou caso de policia? Entre as reivindicações do sindicato estão a elevação salarial de modo a equipará-lo com o piso nacional e um reajuste de 13,73%. Justo. Muito justo. Greve ou caso de policia? Atualmente, o piso nacional é de R$ 1.187,00 para uma carga horária de 40 horas. Como a carga horária da Paraíba é de 30 horas, os professores deveriam receber R$ 891,00 ao invés dos R$ 671,00 pagos atualmente. Injusto. Muito injusto. Greve ou caso de policia? O sindicato calcula que cerca de 22 mil trabalhadores tenham aderido à greve e que mais de 450 mil alunos estejam sem aulas no Estado. Culpa de quem?? O governo contesta afirmando que a Greve é um fiasco e que nem todo mundo aderiu ao movimento. O que é uma verdade. Greve ou caso de policia? O governo diz que tem razão! O sindicato diz que tem razão! E os alunos, coitados....Eu não sou a favor da violência. Mas, quem em sã consciência o é?? Agora, invadir a sede do governo? Uma categoria de gente educada e civilizada?? Gritando palavras de ordem e xingamentos?? Os professores queriam o quê?? Queriam ser recebidos?? Qual deveria ser a postura dos seguranças?? O que faríamos nós se um monte de gente invadisse a nossa casa?? Não vamos confundir democracia com anarquia. Por outro lado, o governo deveria ter tido mais habilidade nas negociações, para não deixar o movimento virar um campo de batalha; os técnicos da secretaria de educação não podem agir com empáfia; teriam que ter identificado os focos do movimento, conversado com os grevistas – nesse instante mais critico; o governador também não poderia ignorar a categoria, imaginar uma queda de braço- são 4 mil e quinhentos alunos. Por que não ter negociado de fato? Sensibilidade, senhor governador. Nessa guerra, quem menos ganha: 1 A sociedade; 2. Os estudantes; 3 Os professores; 4 O governo e 5 O sindicato.Sou a favor da greve, muito embora exercida com mobilização, argumentação e criterios; sou a favor da greve, muito embora pacífica e conciliadora; sou a favor da greve, muito embora um dispositivo democrático e não usada como fins politicos ou instrumento de chantagem; sou a favor da greve como ultima instância de uma negociação, onde se prevaleça o bom senso. Observem o que diz o artigo 9º da Constituição federal Brasileira de 1988. “É assegurado o direito de greve, competindo aos trabalhadores decidir sobre a oportunidade de exercê-lo e sobre os interesses que devam por meio dele defender. § 1º A lei definirá os serviços ou atividades essenciais e disporá sobre o atendimento das necessidades inadiáveis da comunidade. § 2º Os abusos cometidos sujeitam os responsáveis às penas da lei."Greve ou caso de policia? Com a palavra a sociedade.
Jornalista

vereador de Cajazeiras acusa ex-prefeito Léo Abreu de se apropriar do dinheiro dos servidores municipais

O vereador oposicionista da cidade de Cajazeiras, Moacir Menezes (DEM), acusou o ex-prefeito Léo Abreu (PSB) de se apropiar do dinheiro dos servidores públicos, que era descontado em folha para pagar a previdência . Segundo ele, a prefeitura recebia o dinheiro dos funcionários municipais, mas não repassava para o Instituto de Previdência e Assistência do Município (IPAM).
De acordo com o parlamentar, o ex-prefeito Léo fazia apropriação indébita do dinheiro do servidor e por isso o fato foi denunciado ao Tribunal de Contas do Estado da Paraíba (TCE). “Receber o dinheiro do funcionário e não repassar, isso é apropriação indébita do dinheiro público e o ex-prefeito tem que ser denunciado”, disse o vereador Moacir.

segunda-feira, 30 de maio de 2011

Ruy comenta mal início de governo de Ricardo e diz que o PSDB pode ir de Cássio em 2014

O deputado federal Ruy Carneiro (PSDB) comentou hoje à tarde as duas crises existentes no âmbito do Governo do Estado em relação aos professores e médicos, que lutam por melhores salários. O tucano considerou que tem faltado capacidade de diálogo ao governador Ricardo Coutinho (PSB), a quem atribuiu um período inicial de "mal governo".
"Não posso falar em nome do PSDB, mas considero que Ricardo Coutinho está fazendo um mau início de Governo. Não tem sido um bom governo. Se isso vai levar a um distanciamento do partido, eu não posso dizer. Mas, posso deduzir que, se em 2014, Ricardo estiver bem, o partido segue a tendência de apoiá-lo. Se estiver como está agora, haverá uma grande pressão para que Cássio Cunha Lima seja o candidato do PSDB ao Governo", disse.
O parlamentar também emitiu opinião sobre a crise da Educação no dia em que os professores não apenas decidiram permanecer em greve como também invadiram o Palácio da Redenção. O tucano disse nunca ter visto um governador descontar o salário de professores grevistas: "Isso prejudica os alunos porque eles ficarão sem a reposição destas aulas. Isso é muito grave! Será que tudo isso estaria acontecendo se o governador tivesse dialogado com as categorias?", pontuou.

Governo acaba refeições nos quartéis e implanta ‘vale alimentação’

Como publicamos semana passada, para completar o calvário administrativo, o Governo do Estado suspendeu todas as refeições realizadas nos quartéis da Paraíba. Em substituição, implantou uma gratificação para subsidiar a alimentação, já configurada nos contracheques deste mês. A gratificação para alimentação atinge também servidores do quadro da Polícia Civil – agentes e delegados. Na Civil, como também na Polícia Civil os valores foram implatadas de forma linear para todas as patentes. De acordo com fontes da PM, nos quartéis não será servido qualquer tipo de refeição. “O rancho acabou em definitivo”, disse.
Veja valores das gratificações:
Agentes civis – R$ 150
Delegado – R$ 150
PM soldado a coronel – R$ 150

Após fracasso nas negociações professores pretendem dormir na AL, aguardam nova proposta do Governo e decidem 5ª-feira sobre fim da greve; Situação se parece cada vez mais com os tempos do Governo Maranhão II

Na época do Zé Maranhão II profissionais da educação chegaram a fazer greve de fome e dormir na Assembléia Legislativa em busca de uma audiência com o então governador.
Depois de quase 4h de audiência na Assembleia Legislativa na tarde de hoje (30), as negociações dos professores e do Governo não avançaram. Enquanto o secretário-chefe de Governo, Walter Aguiar, pede que a categoria volte ao trabalho para dar continuidade à negociação, os professores são irredutíveis e prometem dormir na AL até serem atendidos. Com o término da audiência, os representantes do Sintep se dirigiram ao gabinete do deputado estadual Janduhy Carneiro (PPS) para elaborar um documento com as condições para que a categoria volte ao trabalho.
Os professores apresentaram uma ata com reivindicações da categoria que deve ser levada ao governador ainda hoje. No documento eles pedem que o governo reponha imediatamente a subtração na remuneração do mês de maio e a não punição dos grevistas. Além disso, eles pedem o retorno das gratificações GED (Gratificação de Estímulo a Docência) e a GEAP (Gratificação de Estímulo as Atividades Pedagógicas) até dezembro e o retorno da tabela de pagamento linear mediante as classes e os níveis do magistério de diferenciação.
Para os funcionários de apoio foi pedido o retorno do expediente único. “Estamos mostrando que os trabalhadores não são radicais. O governo só não negocia se não tiver vontade”, ponderou o presidente do Sintep, Antônio Arruda, após a reunião. Os professores chegaram a afirmar que se o que foi descontado do salário no contracheque de abril em relação aos dias parados for pago, eles aceitariam negociar trabalhando.
Walter Aguiar afirmou que espera o bom senso dos professores, já que a greve, que já dura 29 dias, não é boa nem para os alunos, nem para os professores e nem para a Paraíba como um todo. Ele lembrou, ainda, que o Governo está oferecendo um salário maior que o piso nacional, de R$ 830,97 para uma carga horária de 30h. Na proposta, é oferecido R$ 926,17 e uma bolsa desempenho de R$ 230. A remuneração proposta, então, soma R$ 1.156,17, sendo 29,77% superior ao piso nacional, segundo secretário.
Os professores, no entanto, argumentam que no salário estão agregadas as gratificações de Estímulo à Docência (GED) e Especial de Atividades Pedagógicas (Geap), que já era direito da categoria.

Veja momento que professores invadiram o Palácio; a Professora Lourdes Malaquias, líder do Sintep na 7ª Regional de Itaporanga, estava na linha de frente...

Uma das líderes da manifestação dos professores que estava na linha de frente na invasão ao Palácio da Redenção, nesta segunda-feira (30), era a professora Lourdes Malaquias (no destaque abaixo), líder da categoria na 7ª Regional do Vale do Piancó. Esta guerreira é merecida de parabéns porque mesmo tendo votado no atual governador, nas eleições de 2010, não se omitiu quando seus companheiros entraram na luta e precisaram de sua guarra e bravura. Lourdes mostra assim que não abandona seus princípios por poder... 

Ricardo avisa que só negocia após volta ao trabalho

O governador Ricardo Coutinho disse hoje (30) que só vai negociar com os professores grevistas quando eles retornarem às salas de aula. Ele afirmou que o Governo cumpriu todas as reivindicações da categoria e que o comando de greve descumpriu o acordo que havia sido feito. Sobre o corte de ponto, Ricardo afirmou que os profissionais já haviam sido avisados que isso aconteceria. O chefe do Executivo classificou o movimento de "brincadeira".
Ricardo disse que já foram concedidos benefícios aos professores que fazem com que os alário da Paraíba seja 29, 7 % acima do piso nacional. “Se a reivindicação desde o começo era o piso e o Governo está pagando 30% acima, como é que possível deixar os alunos sem aula. Atendemos tudo e demos algo mais e mesmo assim eles se furtam a trabalhar”, disse. “Eu peço que eles tenham bom senso e retomem as aulas. Essa é a única forma de recuperar o diálogo, pois os dois acordos que foram feitos acabaram quebrados pelo comando de greve”, acrescentou Coutinho.
Com relação ao desconto no salário dos grevistas, o governador disse que existia um limite para negociação e que os profissionais sabiam que isso poderia acontecer. Ele ainda comparou a categoria ao comércio e disse que, como os professores não trabalharam, não poderiam receber. Ricardo também classificou a greve como um movimento político. “Eles não podem negar o direito das pessoas assistirem às aulas e ao mesmo tempo fazer uma disputa política com o Governo. Tá na hora de parar de brincadeira”, completou.

Professores desocupam o Palácio da Redenção e Governo do Estado promete apresentar proposta

Os professores da rede estadual de ensino, que ocuparam o Palácio da Redenção, deixaram o local há poucos instantes, após três horas de negociação. Os professores estão em greve há 28 dias e radicalizaram o movimento, após receberem seus salários com descontos neste final de semana, invadindo o prédio oficial do Governo. A situação ficou muito tensa no local e depois de muita negociação, o secretário chefe do governo, Walter Aguiar, conseguiu convencer os grevistas de que a melhor opção seria desocupar o palácio para depois o governo apresentar uma proposta.
“A condição preliminar para começarmos a negociar era a desocupação do Palácio, por que o governo não aceita conversar, iniciar qualquer diálogo desta forma. Esse governo é do diálogo, agora não admite negociar fora da realidade”, disse. De acordo com Aguiar, após a desocupação, os professores seguiram para a assembléia Legislativa e a partir das 15h00 o governo vai se reunir, na AL, com o comando de greve e “iniciar o processo de conversas”. “A partir das 15h00 vou me reunir com o comando de greve para começar o processo de conversação”, disse.

Caos na saúde: fim de semana com greve de médicos e suspeita de uma morte por negligência no Trauma

já na área de saúde, várias pessoas que foram ao Hospital de Trauma neste fim de semana encontram uma situação de caos, com greve dos cirurgiões os pacientes eram orientados a buscaram o Ortotrauma de Valentina. As reclamações eram muitas. Há suspeita de pelo menos um caso de morte por negligência. Um homem teria chegado por volta das 19h30 com politraumatismo. O homem teria sido encaminhado ao Ortotrauma, chegando lá, por se tratar de atendimento de alta complexidade a vítima foi mandada de volta. Os médicos consideraram que apenas o Trauma poderia realizar os procedimentos. Na retorno ao Trauma teria sido mantido o não atendimento. O homem morreu dentro da ambulância. Ricardo Coutinho tem enfrentado muitas dificuldades por conta de sua postura dura diante do funcionalismo público, o que tem gerado greve por cima de greve em diversas categorias.

Professores em greve ocupam o Palácio da Redenção; Movimento qualifica a postura de RC de ditatorial

O posicionamento do Governo do Estado com relação à greve dos professores, que já chegou ao seu vigésimo oitavo dia, causou uma ação enérgica da categoria. Na manhã de hoje, após assembleia, os professores saíram em caminhada do Colégio Lyceu Paraibano até o Palácio da Redenção, e invadiram as dependências do prédio oficial do Governo do Estado. Utilizando um carro de som, que está estacionado na Praça dos Três Poderes, membros do Sindicato dos Trabalhadores e Trabalhadores em Educação do Estado da Paraíba (Sintep-PB), representantes dos estudantes e alguns políticos da oposição, estão discursando e acusando o governador Ricardo Coutinho de agir de forma ditatorial.
Segundo o secretário de administração do Sintep-PB, Antônio Arruda, durante a assembleia foi definido que a greve só será finalizada depois que o Estado devolver os descontos e aceitar as propostas encaminhadas pelo sindicato. “Tivemos a informação que o governador Ricardo Coutinho estava no Palácio da Redenção, assim como o secretário de Educação, Afonso Scocuglia, e da Casa Civil, Walter Aguiar, e todos teriam ido embora quando souberam que iríamos ocupar o Palácio da Redenção. Só sairemos daqui depois que os descontos aplicados nos salários forem retirados”, revelou.
Durante a entrada no prédio estadual, uma professora foi ferida por dois seguranças que barravam a porta de entrada. Eliete Oliveira, que apresentava hematomas no queixo, disse que foi empurrada ao tentar segurar a porta, e irá se submeter ao exame de Corpo de Delito. Participando da manifestação, o deputado estadual Frei Anastácio (PT) declarou que o acontece no Estado “é uma vergonha”: “Há quase um mês os professores estão em greve, e o Governo não dialoga. É uma ditadura”.
O parlamentar revelou que na semana passada deu entrada na Assembleia Legislativa para que fosse realizada uma sessão especial com a presença do secretário de educação do Estado, Afonso Scocuglia, mas que uma manobra da situação impediu a realização dessa sessão: “A pedido do governador Ricardo Coutinho, o líder do governo na Assembleia, deputado Lindolfo Pires, teria organizado os parlamentares da situação para votarem contra o requerimento. Já vi a postura de outros governadores com relação às reivindicações de diversas categorias, mas nada como o que está acontecendo na gestão de Ricardo Coutinho”.
Após algum tempo de manifestação, uma comissão de professores foi recebida pelo secretário-chefe de Governo, Walter Aguiar. De acordo com o professor Sizenando Leal, representante do Sintep, cerca de mil professores estão participando da manifestação. Os professores tomaram várias alas do Palácio e também ocuparam a frente do prédio. Eles prometem acampar no lugar até que alguém do Governo reveja a situação da categoria .
Em entrevista à Imprensa, o secretário de Administração, Gilberto Carneiro, disse que o Governo já fez tudo que podia pela categoria. Ele explicou que o governador já concedeu uma bolsa-auxílio de R$ 230 pelo desempenho profissional e que também incorporou a Gratificação de Estímulo à Docência (GED) ao piso salarial anterior. Segundo Gilberto, com essas medidas, o piso salarial do docente no Estado chega a R$ 925, acrescido da bolsa salarial, quando o piso salarial nacional é de R$ 890,97 para 30 horas trabalhadas.

Secretário de Educação chama greve de "radicalização política" e diz que corte dos salários não é ilegal

Os professores da rede estadual de ensino vão realizar, daqui a pouco, às 8h desta segunda-feira (30), uma assembleia geral, no Ginásio do Lyceu Paraibano, em João Pessoa, para decidir sobre os rumos da greve da categoria. Sobre a assembleia geral dos professores, o Secretário de Educação, Afonso Celso, disse em nota, que o ponto está cortado e se os professores não voltarem ao trabalho outros serão contratados para repor as aulas.
Agora a pouco, o Secretário disse, em entrevista ao programa Paraíba Agora, que o corte dos salários dos professores grevistas não é ilegal, Afonso Celso chamou a greve de radicalização política e disse que apenas 15% dos professores estão parados. Ele disse que o piso salarial dos professores da Paraíba estão recebeno salário acima do piso e ainda foi aumentado em 30% acima do piso salarial.
Segundo o Secretário, houve um desvirtualização da greve, e a "a greve tem intenções extra educaçao e extra escola", Afonso Celso chamou a continuidade da greve de manipulação grosseira. Sobre as palavras do Secretário, Antonio Arruda, presidente do Sindicato dos Trabalhadores em Educação da Paraíba (Sintep), disse que não houve mudanças no salário, o que o Estado fez foi incorporar as gratificações aos salários.
De acordo com Antônio Arruda, os aposentados não foram contemplados com a bolsa e disse que esta havendo "desinformação" e disse que o Secretário "tem que ler mais para passar a informação certa".

Itaporanga vive hoje grande momento de valorização da cultura local com posse dos membros da Alcaita

Mais uma grande festa de valorização da cultura local foi realizada na noite deste domingo (29) em Itaporanga, oportunidade em que aconteceu uma "sessão solene" para posse de membros/efetivos da Academia Literária, Cultural e Artística de Itaporanga - ALCAITA. Presidida pelo escritor e advogado Demir Cabral, a entidade já conta com mais de trinta membros que tem dado cara as manifestações culturais antes escondida em nossa cidade. Desde às 16h os salões do Atlântida Esporte Clube já abrigava uma bela exposição dos trabalhos artísticos dos talentos e valores locais.
Na sessão, brilhantemente conduzida pelo presidente Demir Cabral, todos os membros/efetivos da ALCAITA receberam certificados e medalhas, em seguida, a plateia foi presenteada com a apresentação de várias matizes culturais. Dentre as autoridades que compuseram a mesa dos trabalhos estavam, representando o prefeito Djaci Brasileiro, o secretário Chefe de Gabinete Ricardo Rangel Pinto, o vereador Zeca da Encarnação, presidente da Câmara, e o vereador Zé Valeriano.
Na oportunidade, houve ainda uma justa homenagem a memória do músico Radegundis Feitosa, morto ano passado num acidente de carro, Na mesa dos trabalhos, dona Joanita Feitosa (mãe de Radegundis) e Simone (viúva) se viram num momento repleto de emoção quando Zacarias Feitosa, um dos irmãos do músico, recebeu das mãos de dona Joanita a homenagem. "Radegundis é a razão de estarmos hoje aqui celebrando a cultura e os valores de nossa terra", disse Demir Cabral, durante sua fala.
A Academia é uma entidade cultural, sem fins lucrativos, de caráter predominantemente literário, criada com o objetivo de congregar pessoas amantes das letras e intelectuais de todas as vertentes, bem como, propugnar por todos os meios ao seu alcance pela difusão, promoção e conservação evolutiva da cultura, incentivando sempre a criação literária. E os itaporanguenses estão de parabéns por esse momento.
Sem dúvidas um grande avanço em Itaporanga haja vista não ser obrigação do poder público produzir cultura – isso cabe aos próprios produtores culturais. Pois o que precisa ser feito pela parte governamental é criar mecanismos de fomento e de valorização de nossos talentos culturais. Um  passo importante é a existência de secretaria relacionada ao tema, mas é preciso criar condições para se desenvolver um bom trabalho nesse sentido.
Confira, abaixo, alguns momentos do evento:
 Escritores: Nicário Palmeira, Dr. Lisboa, Dr. Demir Cabral, Maria Correia e CB Moisés
 Zacarias recebe de sua mãe, dona Joanita, homenagem em memória de Radegundis
 Membros/efetivos da ALCAITA
 Vereador Zeca da Encarnação tocando fole de oito baixos
 Os poetas Moisés (acima) e J Souza (abaixo) declamando seus versos
Compositor e cantor Nilton Mendes, mais antigo carteiro de Itaporanga, canta suas canções