sábado, 24 de agosto de 2013

Aniversário de Nonato Bandeira reúne lideranças políticas em JP...

Nonato e demais autoridades
Luciano Cartaxo e Luciano Agra
Diversas autoridades das classes política, empresarial, jornalística e governamental passaram na tarde deste sábado (24), pelo aniversário do vice-prefeito de João Pessoa e jornalista, Nonato Bandeira. “É muito gratificante receber a visita de tantos amigos, colegas de profissão, familiares, representações políticas, colegas da Prefeitura, do meio cultural, entre outros. Fico feliz com o carinho de todos presentes”, ressaltou o vice-prefeito, que no último dia 20, completou 48 anos.
A comemoração teve início as 12h, na casa de eventos Jampa Ville, localizada no bairro Altiplano /Cabo Branco, e contou com a presença de personalidades, como o prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo, o ex-prefeito Luciano Agra, o deputado federal Manoel Júnior, a diretora executiva do Sistema Correio de Comunicação Beatriz Ribeiro, o deputados estadual Ricardo Marcelo, vereadores integrantes da Câmara Municipal de João Pessoa, como Helton Renê, Santino, Bosquinho e Fuba, além de secretários da PMJP e representantes dos meios cultural e publicitário.
Prestigiando a festividade, o prefeito Luciano Cartaxo falou ao Portal Correio, sobre a satisfação em participar deste momento com o vice-prefeito. “É um momento de alegria, Nonato é um companheiro que conheço a longas datas. É um momento de celebrar a vida, e ele, conseguiu cativar ao longo do tempo grandes amizades e eu me sinto incluído neste grupo”, concluiu Cartaxo.

Joaquim Salviano cobra recuperação das estradas vicinais, critica demora na realização de cirurgias e falta de medicamentos em Itaporanga...

Durante a sessão ordinária da Câmara Municipal de Itaporanga, na última quinta-feira (22), mereceu crítica contundente do vereador decano Joaquim Salviano (PSDB), que acumula dez mandatos legislativos, com relação, segundo denúncia apresentada por ele, a falta de manutenção das estradas vicinais do município, a demora pra realização de cirurgias de cataratas e a falta de medicamentos na farmácia básica do município.
"Temos que conversar com o prefeito pra agilizar a gestão de Itaporanga porque nós estamos vendo que a coisa não tá andando bem. E até as estradas da zona rural não estão sendo recuperadas. Agora, é falta de máquinas? Não. Porque o município tem várias, inclusive, novas. O homem do campo precisa do apoio da gente", disse da tribuna o parlamentar-mirim.
Joaquim comentou também sobre a situação da área de Saúde: "Temos que advertir o prefeito também com relação à Saúde que em Itaporanga está abandonada. Fui, por exemplo, lá na secretaria encaminhar uma cirurgia de catarata para uma pessoa carente que não tem obrigação, mas que é obrigação do município fazer. Isso já tá com cinco meses e até essa data não teve resposta. É um absurdo meus amigos...", lamentou.
O vereador decano ainda criticou quanto à falta de medicamentos na Farmácia Básica do município. "Fui na farmácia do município, no dia de ontem (quarta), e não vi medicação nenhuma. O povo tá de rua em rua, nas partas da gente, pedindo remédio. Faz tempo que agente viu situação como essa em Itaporanga", comentou Joaquim Salviano que sugeriu aos demais edis a realização de uma reunião com o prefeito para resolver questão como as que trazia ao plenário.
"Então, é impossível o prefeito continuar com um governo dessa marca. Oito meses não é brincadeira, não. É um absurdo. Vamos, meus amigos, procurar o prefeito pra ver se resolve alguma coisa. Temos que falar olho no olho porque não podemos ver a cidade continuar abandonada da forma que tá. Ele precisa dá uma satisfação ao povo de Itaporanga sobre isso que tá acontecendo...", frisou.
A área da Saúde em Itaporanga mereceu, inclusive, críticas até de vereadores da base de sustentação do prefeito Audiberg Alves (PTB), os quais revelaram situação sofríveis vividas pela população carente.  

Líder da oposição comemora anúncio de construção de casas populares em Itaporanga, cuja expectativa é de começar em setembro próximo...

A informação que de o prefeito Audiberg Alves (PTB) destravou obstáculos e dará início em setembro a construção de 50 casas populares em Itaporanga foi comemorada pelo vereador Ricardo Pinto (PSDB), durante a sessão da última quinta-feira (22), devido o próprio ter sido o responsável pelo cadastramento das famílias a serem beneficiadas com o projeto, que foi contratado pela gestão passada, dentro do PAC 2 - Minha Casa Minha Vida, através do Ministério das Cidades.
"Fiquei muito feliz esta semana ao ler a informação, através da imprensa local, de que o prefeito tinha conseguido derrubar alguns obstáculos e cerca de 50 casas populares, cujo projeto foi contratado pela gestão passada, serão construídas nos próximos dias através do PAC 2. É a informação do tipo que Itaporanga se envaidece e eu fico muito envaidecido também porque participei desse projeto cadastrando as famílias a ser beneficiadas. São pessoas humildes, pessoas que merecem como tantas outras que temos aqui no município e não tem nenhum teto pra morar. E, o mais importante, são pessoas que estão de acordo com as normas do ministério as quais nos foi pedido. Por isso que o projeto foi aprovado e saiu", comentou o líder da oposição na câmara.
A fala do vereador mostra discernimento e postura ética por parte da Liderança da Oposição na Casa, numa clara demonstração da riqueza no debate de ideias e propostas inerentes ao município.
Leia também: Prefeito Berguim consegue destravar obstáculos e construção de 50 casas populares deve começar agora em setembro...

Líder da oposição questiona contrato Prefeitura de Itaporanga com blog de Diamante, que já consumiu R$ 4 mil até abril: "situação incabível que Itaporanga não deve aceitar"; e líder da situação concorda...

Alguns contratos da Prefeitura Municipal de Itaporanga concernente à área de comunicação mereceram críticas tanto da bancada de oposição como de situação, durante a sessão da última quinta-feira (22), da Câmara Municipal. O assunto foi trazido ao plenário quando da tribuna o vereador Ricardo Pinto (PSDB), líder da oposição, questionou contratado da prefeitura com um blog do município de Diamante, que já consumiu dos cofres públicos itaporanguense até o mês de abril a quantia de R$ 4.000,00 mil.
O tucano lamentou e disse que o prefeito poderia fazer o que achasse ser certo, mas que os munícipes não seriam obrigados a concordar com isso. "Fiquei muito triste por ver nos balancetes do executivo que o município tem contrato com... nome Arliston Jerônimo Dantas Franco, com a importância de R$ 2.000 referente aos meses de janeiro e fevereiro, pagos no dia 12 de abril, e de mais R$ 2.000 referentes aos meses de março e abril, pagos nos dia 17 de maio, com a divulgação de atos da prefeitura num blog de Diamante... O que é lamentável. Isso até abril, pois ainda faltam os meses de maio, junho e julho...", questionou o parlamentar-mirim.
Ricardo disse perante o plenário que apesar do prefeito achar ser certo a população não aceita tal situação com os recursos públicos do município: "Itaporanga tem várias rádios, sites, blogs, uma imprensa pujante, etc, e a prefeitura vai fazer um contrato com um blog de Diamante. Devemos questionar esse tipo de coisa. Porque é uma situação incabível. Que Itaporanga não tem que aceitar isso... Itaporanga vende de carro novo à apartamento de luxo, dentre outros, aqui tem. Tudo bem se estiver licitado, o que não é o caso...", pontuou.
E alertou: "Por isso, vejam senhores vereadores o que está acontecendo porque são coisas que a cidade não deve aceitar e tolerar. Temos que chamar o prefeito e conversar sobre o assunto...", disse Ricardo Pinto. O líder da situação, vereador Ubiramar (PTB), ao usar a tribuna concordou com a ponderação colocada pelo líder da oposição e relatou situação semelhante que estaria ocorrendo na própria câmara. O que foi imediatamente justificada pelo presidente, vereador Jacklino Porcino (PMDB), de que são situação diferentes. 
"Eu concordo com o vereador Ricardo Pinto com o que ele disse sobre o contrato da prefeitura com um blog de Diamante, pois temos vários sites e blogs aqui na nossa cidade. E, acrescento, também que aqui na nossa Casa Legislativa quem é responsável pela manutenção do site da câmara é uma empresa de Patos: Roberto Kleber Messias Leitão Filho ME, que recebe R$ 600,00 por mês para isso. Então, aqui também cometemos a mesma falha e temos que buscar reparação em ambos os poderes", disse Ubiramar.
Imediatamente o presidente pediu um aparte e justificou: "Se o senhor conhecer alguma empresa que faça a manutenção do site aqui em Itaporanga é só me indicar...", disse. "Tudo bem, senhor presidente", concluiu Ubiramar.

Ex-senador Ivandro Cunha Lima faz mistério sobre candidatura em 2014 do sobrinho senador: ‘Cássio está calado’...

O ex-senador Ivandro Cunha Lima [um dos membros mais respeitado da Família Cunha Lima) fez mistério sobre uma possível candidatura do senador Cássio Cunha Lima ao Governo em 2014. Em entrevista ao repórter Carlos Sousa, da 98 FM, em Campina Grande, Ivandro deixou nas entrelinhas pistas que podem causar mais expectativas nos seguidores do sobrinho que anseiam em ver o ex-governador novamente no Palácio da Redenção.
Ivandro lembrou do compromisso com o governador Ricardo Coutinho (PSB), mas deixou no ar uma frase enigmática: "Cássio está calado". O tucano também acrescentou que Cássio traça planos para 2014 e discute sobre decisão que só será tomada no próximo ano. Para Ivandro essa decisão só depende de Cássio e do PSDB.

sexta-feira, 23 de agosto de 2013

Luís A. Guedes: "E se você fosse Ricardo, romperia logo com Cássio?"

Um grande ensinamento guardo comigo: não há nada mais barulhento que o silêncio. É no calar de nosso íntimo que escutamos a voz ensurdecedora daquela que inevitavelmente conhece o mais escondido de nossos pensamentos e pretensões: nossa consciência.
Ora, se nosso silêncio nos traz tanto tormento, o que dizer do poder do silêncio alheio? Como agir diante da não expressão desse alguém, quando o que mais queremos é o esboço do menor sinal para calcularmos nossa reação?
2014 se aproxima: será Cássio candidato? A resposta ainda não sei (talvez nem mesmo o senador), porém aposto que perturba menos o governador Ricardo pensar no confronto com o ex-governador, que viver a agonia de não poder agir com antecedência: “Devo cortar logo os espaços de Cássio, ou seria precipitado fazê-lo, perdendo o trunfo que hoje me garante folga à frente de meus certos rivais?”
Como se não bastasse a dúvida natural, ainda mais ‘fulminante’ foi para Ricardo a curta resposta de Ivandro Cunha Lima, ao ser impelido a dar fim ao mistério: “Cássio está calado”.
Então, Ricardo, o que fazer diante de um adversário de guardas abaixadas? Ou pior, como agir diante de um misterioso aliado tão necessário quanto perigoso? Quanta dúvida... Alguém discorda que seria menos doloroso para Coutinho um ‘soco’ de Cássio, que seu devastador silêncio? Pelo menos os ferimentos demorariam menos que a tão esperada decisão do senador.
Pelo que andei sabendo, enquanto o mistério não se desvenda, a estratégia preventiva é a do ‘alisar e soprar’. Para as mentes mais maquiavélicas do grupo, as coisas precisam funcionar assim: ficam bloqueados na administração novos espaços para o grupo cassista; é dado o gelo nos de mais baixo escalão do bloco; hostiliza-se os mais ‘exaltados’ defensores do senador; investe-se pesado nas bases eleitorais do ex-governador, enquanto é mantido tudo o que já foi dado, sem esquecer de evidenciar incansavelmente a bela foto dos dois líderes sempre sorrindo, lado a lado.
Sobre a manutenção dos cargos aos cassistas, digo que permanecer assim não se trata apenas do medo de uma precipitação ‘suicida’, mas por que tirá-los não surtiria o efeito desejado, a não ser o racha declarado. Realmente penalizaria Cássio deixá-lo sem nada? Lamento os que insistem que sim. Esquecem que na última (e curta) gestão de Maranhão, além de não ter mais nas mãos o Governo e a prefeitura de Campina Grande, Cássio passava a impressão de ter perdido até seu futuro? Quais cargos teve os ex-governador para abrigar os seus, depois daquele ‘baque’? E aí, ele ‘morreu’ por conta disso? O que testemunhamos depois, meus caros, foi vê-lo ‘achar petróleo’ no fundo do poço, não seu fim.
O que mais maltrata no silêncio de Cássio é a forma como é feito. Na verdade, pensando melhor, o que mais maltrata não é isso, mas sim o tempo. E ele está passando. Porque, pensem bem, onde há silêncio em Cássio, se todas as vezes que é questionado sobre sua pretensão de candidatura, ele nega? Ora, responder não é calar.
Na verdade, amigos, esse tão agoniante silêncio construímos dentro de nós, por que sabemos que a política é como as nuvens: o que se vê agora, pode não ser o mesmo daqui a poucos minutos.
Mas a dúvida existe, e incomoda. Não vou negar que fico imaginando o governador Ricardo Coutinho, incomodado por seu ‘silêncio’ na hora de dormir, a divagar sobre o futuro: “Será que devo logo cortar as asas de Cássio enquanto é tempo, ou estou jogando fora me maior trunfo eleitoral? E se Cássio realmente não sair candidato em 2014, não terei dado à oposição a chance de vencer?”. Francamente, não queria estar na pele dele...
E você, o que faria se estivesse em seu lugar? Romperia logo, daria chance ao incerto ou confiaria na palavra de Cássio e apostaria tudo na manutenção da aliança?

Por: Luís Alberto Guedes - Bacharel em Jornalismo pela UFPB. Atualmente é acadêmico da Faculdade de Direito e pós-graduado em gestão pública na Fundação Getúlio Vargas, em São Paulo.

Ex-vereador Erivaldo Rufino rebate declarações sobre desvio de canos de obra em Itaporanga e diz que apenas cedeu área pra prefeitura...

O ex-vereador Erivaldo Rufino (na foto) ligou hoje para o PB Notícias e rebateu as declarações do vereador Neném de Adahilton (PSB), feitas ontem durante a sessão da Câmara Municipal de Itaporanga, sobre suposto desvio dos canos destinados à construção de esgotamento no Loteamento Balduino de Carvalho, que até o início deste ano estava estocado num terreno vizinho a residência do ex-parlamentar-mirim. 
Erivaldo disse que não tinha qualquer responsabilidade sobre o material e que, por isso, vai processar o 'socialista' por calúnia e difamação para que este prove o que insinuou. "Apenas cedi à prefeitura, ano passado, uma área ao lado da minha residência para colocar esses canos, destinado ao esgotamento do loteamento, material este conseguido através de uma luta minha e do ex-prefeito Djaci. Então, a secretaria de obras era a responsável pelo material e não eu, por isso, estarei pedindo cópia da ata da sessão da câmara e confirmada a fala do nobre vereador estarei entrando com uma ação para que ele prove o que disse", afirmou Erivaldo.
Erivaldo disse que ficou surpreso com as declarações feitas pelo 'socialista' e revelou que se houve desvio não é de sua responsabilidade até porque apenas cedeu área para armazenar o material já que a prefeitura não possui depósito. "Quando o secretário Silvério [irmão do vereador Neném] foi recolher esses canos nem em Itaporanga eu estava. Pois se estivesse tinha contado um por um para registrar a quantidade recolhida e, agora, contabilizar com o montante doado pela Cagepa", disse o ex-vereador.
Ao final, Erivaldo reafirmou que sempre cobrará da atual gestão a continuidade das obras de esgotamento no Loteamento Balduíno, paralisadas desde a fim da gestão passada. "Estarei vigilante na cobrança dessa obra que está parada desde o fim da gestão passada. Vou cobrar até enquanto existir voz da minha parte porque àquela população, uma das mais carente do município, não pode ficar prejudicada porque a atual gestão não consegue executar a obra. Quando os canos estavam aqui os trabalhos seguia sem problema algum...", comentou.

Sete cidades do Vale do Piancó na lista para receber médicos cubanos, que começam a chegar neste fim de semana ao Brasil...

A Paraíba tem 27 cidades entre as que devem receber os médicos cubanos que atuarão no programa Mais Médicos. A informação foi divulgada ontem (22) pelo Ministério da Saúde. Nessa primeira etapa, 400 profissionais de Cuba serão distribuídos em 701 municípios que não despertaram interesse de nenhum brasileiro ou estrangeiro inscrito na seleção.
De acordo com o Ministério da Saúde dentre as cidades da Paraíba que podem ter médicos cubanos, nesta etapa estão as seguintes do Vale do Piancó: Aguiar, Boa Ventura, Nova Olinda, Olho D'água, Santana de Mangueira, Santana dos Garrotes e Serra Grande. Os médicos chegam ao Brasil já neste fim de semana e começam a atuar nas Unidades Básicas de Saúde em 16 de setembro.
Antes, eles passarão por avaliação de três semanas juntamente com os demais médicos do programa com diploma do exterior - entre 26 de agosto e 13 de setembro. A distribuição desses profissionais ainda será definida. A maioria das cidades que vão receber os cubanos, 68% deles, apresentam os piores índices de desenvolvimento humano do país.

Ainda não foi liberado nenhum centavo dos R$ 3 bilhões anunciado por Dilma como ajuda às prefeituras...

Dos R$ 3 bilhões anunciados pela presidente Dilma Rousseff a título de ajuda financeira para as prefeituras brasileiras, fruto da 16ª Marcha em Defesa dos Municípios em Brasília, no dia 10 de julho, ainda não foi liberado um único tostão. O reforço de caixa para as prefeituras é uma forma de compensar a queda na arrecadação que as administrações municipais enfrentam com as medidas de desoneração e incentivar a melhoria da qualidade dos serviços públicos dos municípios. Do total, R$ 97 milhões serão destinados aos cofres das 223 cidades da Paraíba em duas parcelas. A primeira, prevista para ter saído em 15 de agosto, agora está adiada para 15 de setembro. Já a segunda parcela, só em abril de 2014. Os recursos serão rateados entre as cidades, de acordo com os coeficientes individuais definidos no FPM.

Leite não chega a 163 municípios da Paraíba e FAC alega dificuldades...

Criado para atender os 223 municípios da Paraíba, o Programa do Leite não está sendo plenamente executado em pelo menos 163 cidades do Estado. O presidente da Fundação de Ação Comunitária (FAC), Lau Siqueira, informou que os problemas se devem à defasagem do preço pago pelo governo federal para os laticínios. Ele admite que o governo do Estado poderá devolver recursos pela dificuldade em adquirir o leite, principal produto do programa. “Pelas dificuldades que estamos tendo para a execução do programa, acredito sim que iremos devolver recursos, mas ainda é cedo para se falar em valores”.
Leia a matéria completa no Portal ASN

Área de lazer Estância de Diamante promove festa neste domingo...

A Área de Lazer Estância, localizada no município de Diamante, às margens da PB-386 na saída para Ibiara, promove neste domingo (25) mais uma grande festa com a animação de Elson Pagodão e Pagodão Sensuart. O evento tem início a partir das 22h, inclusive, com a piscina liberada... A organização espera e agradece desde já a presença da galera do Vale do Piancó.

Câmara de Itaporanga aprova requerimento do vereador Ricardo Pinto que pede conclusão de obra de esgotamento no Balduino de Carvalho

Aprovado à unanimidade, pela Câmara Municipal de Itaporanga, durante a sessão de ontem (22), requerimento apresentado pelo vereador Ricardo Pinto (PSDB) pede ao Executivo Municipal a conclusão das obras de implantação do esgotamento sanitário no Loteamento Balduino de Carvalho, que era tocado pela gestão passada. Ricardo revelou que o então prefeito Djaci Brasileiro (PSDB) conseguiu, junto à Cagepa, a doação de toda a tubulação necessária.
Como a prefeitura não tinha depósito o material ficou sendo guardado na casa do então vereador Erivaldio Rufino, por ser mais próxima do local aonde estava sendo executado os trabalhos. Porém, a atual gestão mandou recolher o material de onde estava e agora, segundo o vereador Pinto, está em local incerto e desconhecido pelo público.
"Peço à vocês [vereadores] da bancada de situação que conversem com o prefeito para concluir as obras, pois tem duas retroescavadeira e mão-de-obra disponível. O local já está todo topografado. Portanto, peço  que não votem apenas mas peçam ao prefeito para concluir a obra", declarou Ricardo Pinto.   

Neném de Adahilton denuncia desvio de canos da obra de esgotamento que estavam na casa do ex-vereador Erivaldo Rufino...

Dentro das discussões sobre o sumiço de canos e tubulações destinadas a implantação do esgotamento sanitário do Loteamento Balduino de Carvalho, cuja conclusão das obras foi sugerida através de requerimento apresentado pelo vereador Ricardo Pinto (PSDB), o vereador Neném de Adahilton (PSB) acusou suposto desvio de canos/tubulações à época em que estavam guardados na casa vereador Erivaldo Rufino.
"Logo que meu irmão [Silvério] assumiu a secretaria [Seinfra] houve várias denúncias de desvio de canos, que estavam na residência do vereador [Erivaldo]. Pois estavam usando os canos pra outra finalidade. Ninguém sabia nem por quê? Agente precisa saber é a quantidade de canos que a Cagepa doou e contabilizar quantos tinha lá. Aí agente terá a conta à limpo, né Ricardo...", questionou neném.
O vereador Ricardo Pinto imediatamente rebateu a questão colocada: "Vossa excelência {Neném] não estou aqui pra saber quem desviou. Se houve desviou é caso de polícia. Vossa excelência vá lá na Delegacia e preste queixa. O que estou pedindo é a conclusão do esgotamento sanitário. Por que quando os canos estavam lá, na casa de Erivaldo, a obra vinha sendo executada. Aqui nem eu nem Vossa Excelência irá resolver a questão e se houve desviou denuncie na Delegacia", declarou Ricardo.   

quinta-feira, 22 de agosto de 2013

Vereadores debateram propotas e denúncias mas sem ofensas pessoais durante sessão na Câmara Municipal de Itaporanga

Uma sessão "Zem" foi o que a Câmara Municipal de Itaporanga promoveu na noite desta quinta-feira (22). O clima de paz entre os parlamentares-mirins foi alcançado depois de uma reunião interna, onde os edis puderam enxergar que a rejeição popular era grande com relação as recentes discussões travadas ali, muitas das quais desaguando para ofensas pessoais e descontroles emocionais.
Devido o clima de 'descortesia' no plenário os vereadores decidiram parar com as ofensas pessoais, que não levam a nada, e se concentrarem no debate de ideais e defesa da desenvolvimento do município que é o que a população quer ver como produção positiva daquela Casa legislativa. E os debates ocorreram, inclusive, com graves denúncias levantadas pelos oposicionistas contra a atual gestão municipal.
Entretanto, o debate se manteve nas questões administrativas e políticas sem a necessidade de inversão de valores passando para as ofensas pessoais. Assim, os trabalhos rendem e a Casa produz. Portanto, a sessão desta noite se deu energizada por forças positivas num momento de paz, equilíbrio e respeito mútuo. Aguardemos as próximas...

Vereadores cobram incentivo da prefeitura ao esporte amador e criticam ausência de planejamento para a área em Itaporanga...

Foi aprovado à unanimidade, pela Câmara Municipal de Itaporanga, durante a sessão desta noite,  requerimento feito pelo vereador/presidente Jacklino Porcino (PMDB) que pede ao Executivo incentivo financeiro e apoio ao esporte no âmbito do município. A propositura se fez necessário diante da presença no plenário dos atletas e comissão técnica da equipe de handebol masculino do Colégio Diocesano 'Dom João da Mata', que sagrou-se bi-campeã da etapa estadual dos Jogos Escolares e que disputará a partir do próximo dia 04 de setembro a etapa nacional representando o Estado da Paraíba.
"A equipe foi bi-campeã paraibana e não recebeu qualquer incentivo do poder público, o que é uma vergonha. Pois esses jovens saem daqui pra João Pessoa e não tem nenhuma ajuda. Existe previsão orçamentária e a Lei Orgânica determina que a Secretaria Municipal de Esporte ajude o esporte amador do nosso município. Diferente do que acontece no futebol, que não tenho nada contra, onde o time do Cruzeiro sempre tem ajuda da prefeitura. Agora as outras categorias são esquecidas", declarou. Jacklino informou que o Executivo poderia enviar ao Legislativo um projeto de lei, se fosse o caso, que seria aprova por unanimidade para esse fim. 
O vereador situacionista Jailson de Zeca (PMDB) apoiou a fala do presidente e disse que falta planejamento para a área de esporte no município: "O esporte de Itaporanga precisa muito. Já cansei de cobrar isso. Quando é pra ajudar o Cruzeiro tem dinheiro agora para ajudar as demais categorias não tem. Só que agente tem de começar pelo esporte amador pra depois chegar ao profissional. Tudo tem que ter um planejamento e não há planejamento na secretaria de esporte. Ou seja, dinheiro tem agora temos que saber utilizar da forma correta", disse.

Os demais vereadores, a exemplo de Nel (PSDB) e João Guimarães (PSC), também usaram da palavra e parabenizaram os atletas, a comissão técnica o colégio pela conquista. No final, coube a Ismael Fernandes falar em nome da equipe: "É de grande valia o apoio de cada um de vocês [vereadores]. Lembramos as lições do padre Zé, fundador do educandário, hoje dirigido pela professores Petronila e pelo professor Raimundo, e para quem já passou pelo Diocesano ou acompanha os desfiles do 7 de setembro começamos com uma estrofe do nosso hino que sempre declamamos: 'Itaporanga espera a vitória / Dos teus bons filhos / Na vida lutar / Pra elevar o teu nome / E tua glória / Eis teu Ginásio / Fiel a marchar'; e marchamos. E continuamos a marchar. Levando esse alunos pra vitória", disse Ismael.
Ele finalizou sua fala dizendo que "vamos representar Itaporanga numa etapa nacional contra equipes de São Paulo, do Rio de Janeiro, Espírito Santo, dentre outras, ou seja, nosso esporte, de uma maneira geral, precisa de incentivo e apoio. E nós podemos fazer mais mesmo que nada seja feito [pelo poder público]. Representamos Itaporanga acima de qualquer instituição de ensino e isso é um orgulho pra nós. Isso nos motiva a continuar na luta porque Itaporanga é uma cidade de guerreiros. E assim o faremos com fé em deus e as bençãos de padre Zé, retornaremos mais orgulhosos ainda dessa nossa jornada", concluiu.

Professora faz desabafo contra atraso de salários em São José de Caiana...

A professora Maria da Glória Lopes, da rede municipal de ensino do município de São José de Caiana, enviou ao Blog, nesta quinta-feira (22), uma carta aonde expande desabafo e indignação com o prefeito José Walter (PMDB) devido ao atraso no pagamento de salário do magistério municipal. Segundo ela, o gestor tem massacrado os professores com essa situação. Confira o texto:
"Mais uma vez, o prefeito Walter vem massacrando os professores da Rede Municipal de São José de Caiana. Desta vez não falamos da falta de compromisso com o município, mas do pagamento atrasados dos professores.
No dia 30 de agosto completa dois meses de atraso no pagamento de alguns professores, digo alguns porque ontem tivemos uma surpresa inusitada, soubemos que houve um sorteio, pois é, o Prefeito Walter mandou sua tesoureira pagar aos professores, por ordem alfabética pois na conta da prefeitura só tinha 70 mil (segundo o seu assessor), não entendemos, ou seja, se dia 10, 20 e 30 a cota da prefeitura é depositada onde foi parar o dinheiro do FUNDEB que é destinado para nos pagar?
Porque em julho entrou 176.499,72 mil e a Receita Total foi de 540.305,22 isso no mês de julho e em agosto foi: 107.799,48 do FUNDEB e a Receita Total foi de 303.688.48 mil e, por incrível que pareça, só tinha esse dinheiro na conta? Faça-nos rir Senhor Walter, pois bem, na contagem só deu para pagar até a letra J. Nos poupe Senhor Prefeito, estamos em pleno século XXI, onde através da era digital podemos ter acesso a tudo, inclusive informações das cotas que entra através do Demostrativo de Distribuição de Arrecadação, do Sagres e do Portal Transparência.
Estamos indignados, com a falta de consideração e de respeito que o Senhor Prefeito tem com a classe de funcionários, digo funcionários, pois estou englobando todos, porque essa não é a primeira vez que ele faz isto, no mês passado ele pagou aos outros funcionários através do sorteio, tirando-nos a dignidade, exigindo que depois sejamos "pacíficos" e que esperemos uma cota extra entrar porque as cotas que entraram não deram para pagar as mordomias do Senhor Prefeito, querendo assim retirar dos professores e demais funcionários o direito de se manifestarem e alcançar posições sociais dignas e isso começa com a forma pela qual são tratados os funcionários públicos municipais de São José de Caiana e mais deprimente e que ele encontra quem ainda o defenda. Sinceramente…  
Eu creio que isso só vai mudar com luta e denúncias. Me orgulho de ser professora e gostaria que os professores do Caiana se orgulhassem e se sentissem valorizados pelo que representam, ou deveriam representar para nossa sociedade que seria o mais digno e alto grau de valor e a personificação daquilo que temos de melhor. enquanto isso, o prefeito continua enganando a população oferecendo kits escolares e entretenimento “emburrecedor” para manipular a real situação da educação caianense.
Esse desabafo é em nome de todas as MARIAS e demais letras que foram injustiçados com essa forma desrespeitosa e esse pagamento imoral que atinge a classe de funcionários". (foto ilustrativa)

Piancó: Justiça suspende ato e homem ganha direito entrar na Câmara...

A Justiça garantiu o acesso do cidadão Antônio de Pádua à Câmara de Vereadores de Piancó, o qual havia sido proibido por ato do presidente da Câmara Municipal, José Bráulio de Souza Júnior. A ação foi proposta pelo Ministério Público Estadual. A decisão judicial determinou que fosse suspenso o ato da Presidência nº 004/2013, datado de 15 de agosto, que proibiu no período de 15 dias úteis, que o cidadão frequentasse à Câmera, segundo o documento, “em razão de comportamento hostil aos parlamentares nas sessões ordinárias anteriormente realizadas”. 
Para o Ministério Público, a imposição de proibição de determinado indivíduo ou grupo de ingressar em prédio público e participar dos trabalhos abertos dos vereadores, além de não se embasar em nenhum ato normativo, ferindo o princípio da legalidade, constitui verdadeira imposição de penalidade sem previsão legal. Este tipo de ato também não assegura ampla defesa, por isso não respeita o devido processo legal. O Ministério Público da Paraíba (MPPB) ainda apontou que o ato ofende o direito de livre locomoção, de manifestação pacífica do pensamento e de reunião, todos de matriz constitucional.
Segundo a decisão, foi constatado dano irreparável ao cidadão decorrente de sanção aplicada sem o devido processo legal, contrariando a legislação, e tolhendo direitos fundamentais assegurados pela Constituição Federal, ainda mais quando é sabido que inúmeras reuniões e votações podem ocorrer neste intervalo de tempo, prejudicando a atuação direta do povo, titular do poder, que tem o direito e interesse de fiscalizar a atuação de seus representantes eleitos. (com Ascom/MPPB)

MP aciona justiça para que prefeito de Piancó pague salários atrasados...

O Ministério Público, através da promotora Geovana Patrícia Rêgo de Queiroz, entrou com uma ação Civil Pública contra a Prefeitura de Piancó, representada pelo prefeito Francisco Sales de Lima. A ação foi protocolada pelos vereadores Antônia Regina (Peta), Francisca de Paula, Cristiane Remígio e Neguinho Marinheiro. Ela foi motivada devido ao não pagamento dos salários referente ao mês de dezembro de 2012, dos funcionários municipais.
Segundo o MP, houve algumas tentativas para resolver o problema de forma consensual mas a prefeitura não demonstrou sinais de solucionar o caso. Diante da demora a promotora moveu a Ação que ainda pede ao judiciário prioridade no julgamento para que os salários atrasados possam ser pagos a todos os servidores municipais de Piancó.
A Ação foi encaminhada pelo MP ao Juiz da Comarca local para que dentro da Lei e do prazo legal a prefeitura possa responder as acusações e caso não exista contestação. O município ser condenado a pagar os servidores que ficaram com seus salários em atraso. Inclusive, com multas, juros e correção salarial. E não cumprida a decisao, outras medidas deverão ser tomadas pela justiça a fim de solucionar o caso. (com valenewspb)

"Cenário político muda com candidatura de Cássio", diz Luciano Cartaxo

Com exclusividade, o repórter Fernando Braz, do Sistema Arapuan de Comunicação, conversou na manhã desta quinta (22) com o prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PT), que nesta semana se encontrou com o senador Cássio Cunha Lima (PSDB), provável candidato ao governo nas eleições de 2014. Cartaxo, inicialmente, garantiu que “não tratamos de política, mas não resta dúvida que o cenário político paraibano muda completamente na hipótese dele (Cássio) confirmar a candidatura”.
Veja alguns trechos da conversa:
O deputado Vituriano Abreu,  PSC, partido que integra o “Blocão”, disse que não tem problema apoiar a candidatura Cássio e que a oposições poderiam se unir. O PT apoiaria o PSDB?
R – Respeito à opinião de Vituriano, que foi  deputado comigo na Assembleia; tem seu direito sagrado de posicionamento político. Agora, como não tratei de política com o senador Cássio não vou ficar fazendo especulação. Meu foco foi trazer recursos para João Pessoa. Agora, logicamente, uma possível candidatura dele (Cássio) ao governo do Estado em 2014 muda o cenário e temos que trabalhar com essa perspectiva.
Não teria problema do PT e as oposições apoiaram Cássio?
R – Não estou fazendo juízo de valor. Estou dizendo que Cássio, caso o senador coloque seu nome a disposição do eleitorado da Paraíba, isso muda muito o cenário e temos que enxergar isso. Agora, o que o PT vai fazer, o PP vai fazer, o PSC vai fazer e o PTB, com quem temos conversado e dialogado é uma coisa que será decidida por esses partidos.  Isso não é o prefeito que vai dizer. Nós conversamos e construímos juntas nossas alternativas. Se Cássio vai ser candidato ou não, essa é uma posição particular de Cássio. Nós respeitamos a posição que ele tomar.
Em política não se descarta nada, não é prefeito?
R- Não é questão de descartar ou não descartar.  A questão é de analisar claramente o cenário e isso nós temos que fazer. Se os fatos políticos estão acontecendo e vão mudando o cenário, nos temos que enxergar. Só quem não enxerga é aqueles que não querem ver, mas a prefeitura tem um mutirão de cirurgias de catarata e ai você tem a possibilidade enxerga bem, ter clareza do cenário político e erra menos.
CLIQUE PARA OUVIR

Micôca esclarece confusão na Câmara de Boa Ventura e diz que ela foi criada pelo presidente ao quebrar 'ordem de falas' pra que outro vereador pudesse rebater denúncias de descaso com a saúde pública no município

O vereador Cícero Jacinto (PCdoB), do município de Boa Ventura, manteve contato no final da manhã desta quinta-feira (22) com o editor para esclarecer os reais motivos que resultou na confusão registrada durante a sessão ordinária da Câmara Municipal de Boa Ventura, realizada semana passada, que levou o presidente da Casa, vereador Antônio Madalena (PSDB) a buscar a presença da Polícia Militar para retirar o vereador 'comunista' do plenário sob a acusação de que este estaria tumultuando os trabalhos.
Micôca, como é mais conhecido o vereador, afirma que a confusão foi gerada não por ele mas pelo próprio presidente da Casa ao quebrar a ordem da sessão,depois de inscrição realizada, para conceder a palavra ao vereador Júnior Guimarães (PTdoB), anteriormente inscrito como primeiro a usar da palavra. Dr. Júnior pretendia rebater graves denúncias levantadas por Micôca [quando usou a palavra dentro da ordem regimental] que mostrava 'descaso' com o sistema de saúde do município provocada pela falta de assistência à população.
De acordo com Micôca a ordem estabelecida após inscrição para os vereadores usarem da palavra, era a seguinte: Júnior Guimarães [que não usou da palavra], João Carlos Moura, Clério Alves, Antônio Neto, Júnior de Gato, o próprio Micôca e, por último, Talles. Restando apenas Zé Gordo e o presidente, caso usasse. Porém, segundo Micôca o presidente quebrou a ordem, após todos terem usado da palavra, ao conceder espaço para o vereador situacionista Dr. Júnior rebater as denúncias feitas minutos antes por Micôca que protestou.
Segundo Micôca, o presidente mandou que ele "calasse a boca" e, depois, acionou a Polícia Militar para retirá-lo da Câmara. "Numa demonstração cabal de desrespeito e desequilibro", frisa. O vereador protestou ainda contra a Polícia Militar por "despreparo ao invadir o legislativo e ameaçar prender caso não se retirasse, ferindo mortalmente a Constituição que assegura o pleno exercício parlamentar". "Como não houve agressão física nem destruição do patrimônio público não havia necessidade da polícia intervir em assuntos internos da Câmara", lamentou Micôca que revelou estar processando o 1º tenente Joseph Alves de Lucena, oficial CPU do 13º BPM que fez a diligência, assim, como o presidente Antônio Madalena.
Com relação à presença da Polícia Civill, Micôca, que é agente de investigação, esclarece que foi ele próprio que solicitou o comparecimento da polícia judiciária ao local "por ser uma instituição policial preparada para esse tipo de crise". "Lamentou o que aconteceu e o maior prejudicado fo eu porque fui impedido de exercer o papel me delegado pelo povo e tive que me retirar para não sofrer um constrangimento ainda maior dentro da minha própria casa legislativa", protestou.
Dentre os documentos entregues ao Blog pelo vereador, para esclarecer a situação, está o ofício nº 601/13 [de 20/08/13] do major Jurandy Pereira, comandante do 13º BPM, encaminhado ao Delegado Regional Dr. Glêberson Fernando, plantonista da 17ª DSPC, contento o Relatório Policial Militar nº 086/13 [de 15/08/13] assinado pelo 1º tenente Joseph sobre o caso. Dr. Glêberson, através do oficio nº 268-GR/13 [de 21/08/13], encaminhado ao comandante do 13º BPM, atestou não ter vislumbrado "crime algum por parte do vereador, não existindo uma situação de tipicidade, antijuridicidade e culpabilidade, mas sim uma situação política a ser resolvida no âmbito interno" da Câmara.
Nesta sexta-feira (23) o vereador Micôca concederá entrevista no PB Notícias, noticioso que é levado ao ar pela Pedra Bonita FM, quando abordará este e outros assuntos inerentes à situação política e administrativa de Boa Ventura.

Julgamento dos acusados da morte de vereadora em Aguiar é adiado...

Atendendo a solicitação do advogado Boris Trindade, foi adiado para o dia 9 de setembro o julgamento do policial militar Alexandre Magno Feliciano de Oliveira, 42 anos, acusado de participação no homicídio ocorrido em 2003 no município de Aguiar, que teve como vítima a então vereadora Aila Maria de Lacerda dos Santos. O julgamento estava marcado para ocorrer ontem no 2º Tribunal do Júri em Campina Grande, mas foi adiado em razão de problemas de saúde alegados pelo advogado do réu.
Além de Alexandre Magno, também seria julgado ontem o professor José Alberto Leite Ramalho, 49 anos, que segundo a promotoria participou do crime. No caso de José Alberto, a defesa alega que ele não foi intimado e por isso não poderia ser julgado. Foi solicitado então o desmembramento do processo, não havendo nova data para o julgamento dele.
Leia a matéria completa no Portal ASN

TCE aprova contas de Zé Queiroz, que renunciou presidência da Câmara de Itaporanga em 2010 pra não ser cassado após investigação de CPI...

O Tribunal de Contas do Estado (TCE) aprovou com ressalvas, durante sessão de ontem, a prestação de contas referente ao exercício de 2009 do então presidente da Câmara Municipal de Itaporanga, vereador José Serafim de Queiroz Filho (foto), cuja passagem pelo comando da Casa foi bastante conturbada e que resultou em sua renúncia da Mesa Diretora.
Devido a uma disputa política foi instalada uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que apontou em seu relatório irregularidades em contratos, superfaturamento, contratações de serviços sem a devida execução, entre outras acusações, contra a gestão de Zé Queiroz. O então vereador Francisco Saulo assumiu a presidência para cumprir menos de dois meses de gestão com a renúncia de Zé Queiroz.
Dentre as denúncias levantadas pela CPI estava a locação de um veículo Eco Sport, à Câmara, e um aluguel de máquina copiadora no valor de R$ 4,7 mil. "O veículo foi comprado por ele, mas estava no nome de um laranja, e só servia, unicamente, para transportar a família dele. Já a máquina de xérox, apesar do contrato, ela nunca apareceu na Câmara e nenhuma cópia foi tirada por ela", disse na época o então presidente da Casa, vereador Francisco Saulo.
A CPI foi instalada no dia 16 de julho daquele ano e tinha como integrantes os vereadores José Valeriano [hoje procurador-geral do município], Luiz Alberto Tolentino e Duvan [pai do atual vereador Nel]. Zé Queiroz foi até afastado da presidência durante o começo dos trabalhos da comissão, mas retornou por decisão do Tribunal de Justiça. Os dois, Zé Queiroz e Francisco Saulo, não conseguiram se reeleger em 2012. Zé Queiroz obteve 543 votos, ficando na segunda suplência, enquanto Francisco Saulo obteve 67 votos... A prestação das contas de 2010 ainda será analisada pelo TCE.

Até tu Batinga: ele defende nome de Cássio se terceira via não vingar...

"Se Cássio for candidato, a chapa [da oposição] seria desfeita", essa foi a observação feita ontem (21) pelo deputado estadual Carlos Batinga (PSC). Ela surgiu depois de seu colega oposicionista Vituriano de Abreu (PSC) ter defendido uma ampla aliança da oposição com o senador Cássio, na eventualidade de uma candidatura do tucano ao Governo em 2014. 
"Não há como ignorar a força de Cássio, assim como não dá para ignorar a força do mar. Se é assim, temos que nos unir, fazer um conchavo e seguir com a candidatura dele, caso ele possa ser candidato ao Governo", disse o deputado cajazeirense, que é aliado do PMDB de Veneziano Vital do Rêgo, lançado como pré-candidato à chefia do Executivo Estadual.
No entanto, caso Cássio não seja candidato ao Governo, a tese do parlamentar é que o candidato seja o atual presidente da Assembleia Legislativa, deputado Ricardo Marcelo (PEN), tendo Daniella Ribeiro (PP) como vice e o ex-senador Wilson Santiago (PTB), postulando o Senado.
"Reitero a necessidade de uma terceira via, mas se não prosperar e o ex-governador e senador Cássio Cunha Lima for candidato, a chapa seria desfeita e passaríamos a apoiá-lo", disse Carlos Batinga (na foto com o editor). O presidente estadual do PSC, ex-senador Marcondes Gadelha, também insiste na tese de uma terceira via.

Prefeito Berguim consegue destravar obstáculos e construção de 50 casas populares deve começar agora em setembro...

As 50 casas serão construídas ao lado dessas que estão na foto acima
O prefeito Audiberg Alves (PTB) conseguiu derrubar os últimos obstáculos que existiam para dá início a construção de 50 casas populares em Itaporanga, através do Banco Famíla Paulista. O valor do investimento é da ordem de R$ 1.250.000,00 milhão e já estava empenhado desde o ano passado, porém, a burocracia estava emperrando o começo das obras. O prefeito esteve em reuniões semana passada, quando conseguiu destravar os últimos obstáculos que ainda persistiam.
Inclusive, o prefeito já havia revelado ao Blog, meses atrás, sobre a aquisição de um outro terreno para a construção das casas, haja vistas, ter reprovado o que estava destinado para este fim, anteriormente, cuja localização fica por trás da fábrica de propriedade de Zé Campos, na saída para Boa Ventura. A dificuldade, segundo o gestor, se deu pela falta de sistema de distribuição de água na localidade. A construção dessas 50 casas deve começar já em setembro próximo.
O novo terreno aonde serão construídas as 50 casas fica ao lado aonde estão sendo construídas outras 30 casas [Foto - através da Cehap, cuja construção já demora mais de cinco anos], no entroncamento do loteamento Balduíno de Carvalho com a Vila Mocó, periferia do município. Berguim também conseguiu derrubar os últimos obstáculos que emperravam a continuidade para construção de 09 casas populares na Vila Mocó, quatro das quais já foram construídas, que faz parte de uma emenda individual do deputado federal  Efraim Filho (DEM), no valor de 257 mil. 
Ainda durante seu périplo pela Capital, o prefeito externou todo seu descontentamento junto ao presidente da Cagepa, Deusdete Queiroga, durante uma reunião, com relação a bagunça deixada pela empresa que toca as obras de implantação do sistema de distribuição de água na cidade. Cerca de 30 ruas ficaram esburacadas e completamente intransitável, causados sérios transtornos e prejuízos à população. Como noticiado aqui no Blog, o prefeito notificou e entrou com uma ação na Justiça contra a empresa.

Deputado da base governista diz que secretária de Educação faz parte de uma quadrilha que "está assaltando os cofres púbicos"...

O deputado estadual João Henrique (DEM), que faz parte da base governista, há tempos que vem mantendo um confronto com a secretária estadual da Educação, Márcia Lucena, por conta de nomeações na região do Cariri, seu reduto eleitoral. Mas nos últimos dias o embate entre os dois passou do limite institucional e partiu para ataques pessoal. João acusou a secretária de ser  conivente com desmandos na Secretaria de educação do Estado e chegou a compará-la com 'santo em quarta de rapariga, que tudo vê e nada faz'.
Márcia Lucena respondeu ao deputado negando que ele tenha feito qualquer denúncia a Secretaria e pedindo que ele cumprisse seu papel como deputado, que é buscas recursos na Pasta para sua região. Márcia disse ainda que o deputado era dotado de pouca inteligência. A declaração da secretária tirou de vez o deputado dos eixos. Ele concedeu uma entrevista em Monteiro, chamando a deputada de gangster, criminosa e prometeu acionar a Justiça e o Ministério Público para apurar as supostas irregularidades.
Ele disse que vai usar a tribuna da Assembléia para reafirmar as denúncias e declarações que fez contra a secretária. "Agora vou mais além, vou fazer um pronunciamento da tribuna da Assembléia e vou levar essa secretária, inconsequente, irresponsável, que já deveria estar era na cadeia, por que ela faz parte de uma gangue, de uma quadrilha organizada, por que ela está ciente e está dando cobertura, é por que integra o mesmo comportamento dos que aí estão", declarou.


João Henrique acusa o Governo de contratar a Editora Ática para desviar verbas num verdadeiro assalto. Diz que Márcia tem que pedir demissão: "Ela está envolvida com roubo e imoralidade", que está "associada a esta gente" e "faz parte desta quadrilha que está assaltando os cofres públicos". Pra fecha, o deputado afirma que a secretá conta com a "conivência de dois agentes políticos do Estado". Ouça o áudio acima: 

quarta-feira, 21 de agosto de 2013

Cássio Cunha Lima recebe Luciano Cartaxo e elogia administração de JP

O senador Cássio Cunha Lima (PSDB) recebeu, nesta terça-feira, em seu gabinete em Brasília o prefeito de João Pessoa, Luciano Cartaxo (PT). Pode ser o primeiro encontro de um série prevista para acontecer até 2014 e não deve passar apenas de um aperto de mãos.
Hoje Luciano Cartaxo é tido como grande adversário do governador Ricardo Coutinho (PSB) que ficou furioso, ontem, com a imprensa ao ser perguntado sobre possível candidatura de Cássio ao Governo do Estado, em 2014.
Como podemos ver o senador está se movimentando mais do que nunca. Só que mineiramente... 

Jacklino Porcino diz esperar aprovação do concurso público e que dever dos vereadores é produzir e não ficar com picuinhas...

O presidente da Câmara Municipal de Itaporanga, vereador Jacklino Porcino (PMDB), durante entrevista ao PB Notícia desta terça-feira (20) falou sobre os recentes fatos ocorridos no Poder Legislativo-Mirim, por ocasião, de embates lamentáveis entre alguns edis que tem extrapolado o bom senso do bom exercício do mandato. À exemplo da recente querela entre o líder da bancada de situação e a Mesa Diretora concernente ao tempo destinado ao tema livre que, na semana passada, descambou para o impedimento daquele em fazer uso da palavra.
Perguntado se seria necessário a realização de uma reunião interna para resolver tratativas como estas o presidente foi enfático em reafirmar que as consequências pelo comportamento de cada parlamentar-mirim são de inteira responsabilidade do próprio, que deve sempre buscar um comportamento adequado no exercício do mandato respeitando sempre o regimento interno, a autoridade da Mesa Diretora e os demais colegas. "Não tem necessidade de reunião interna pra resolver isso, não. Todos os vereadores são adultos para agir e atuar com um comportamento adequado. Vou sempre usar do regimento pra punir quem estiver atrapalhando os trabalhos. Agente tem mais é que produzir e não ficar com picuinhas políticas", comentou Jacklino.   
Sobre a proposta, apresentada semana passada, para realização de concurso público para preenchimento de cargos na Casa,mas que foi retirada de pauta após questionamentos de membros da situação, Jacklino afirmou que vai reapresentá-lo na sessão desta quinta-feira (21) e espera que seja aprovado. "Não existe nenhum servidor efetivo no âmbito do Poder Legislativo-Mirim. Esse será, se for aprovado, o primeiro concurso público. Para acabar de uma vez por todas com a politicagem no apadrinhamento para os cargos que hoje são comissionados. Por tanto, espero que os vereadores aprovem a realização de concurso com a mesma vontade que estão tendo pra antecipação a eleição da mesa", ponderou.
Jacklino ainda falou sobre um projeto de reformulação da estrutura física interna da Câmara Municipal no que diz respeito ao plenário, para a implantação de uma bancada de imprensa. E pediu mais vez para que a câmara produza mais em vez de protagonizar picuinhas políticas: "A população que vai à câmara quer ver o debate de idéias. Agora é ruim quando há alguns vereadores que não querem respeitar o regimento e a mesa que é quem conduz os trabalhos. Não vamos permitir que alguém queira passar por cima do comando da mesa", disse Jacklino.
O presidente concluiu enfatizando que a situação deveria ajudar a própria administração municipal levando os problemas, por ventura, ali levantados para que sejam solucionados. "O que acontece é que alguns estão preocupados em rebater os colegas ao invés de ajudar a própria gestão municipal na busca de solução para os problemas ali apontados. Mas, não, fica essa picuinha besta de um esperando o outro pra falar aí quando perdem o tempo querem dizer que estão sendo impedidos de falar", disse. 

terça-feira, 20 de agosto de 2013

Comissão técnica do Colégio Diocesano fala sobre conquistas dos atletas do educandário e dificuldades encontradas...

O PB Notícias desta terça-feira (20), noticioso levado ao ar pela Pedra Bonita FM, recebeu também em sua bancada o professor Pedro Antero e o auxiliar técnico Ismael Fernandes que falaram sobre a conquista da etapa estadual dos Jogos Escolares 2013, vencida pela equipe de handebol masculino do Colégio Diocesano 'Dom João da Mata', semana passada. Os dois tiveram seu trabalho elogiado pelo público ouvinte que ficou feliz com a participação da equipe, mais uma vez, na etapa nacional dos jogos, desta feita na cidade de Natal (RN) no próximo dia 04 de setembro.
"O grande segredo é, sem dúvidas, a dedicação dos nossos atletas. Pois, não temos muito material. São apenas duas bolas oficiais, por exemplo, para jogo e treino, enquanto, as equipes com as quais disputamos o campeonato dispõe de cerca de 15 bolas, número bem superior ao nosso. Imagina se tivéssemos estrutura?", explicou Ismael sobre as dificuldades enfrentadas pelas equipes nas diversas modalidades do esporte em Itaporanga. Fato que rendeu uma crítica e ao mesmo tempo uma cobrança por participação do poder público e da iniciativa privada.
"Coisas simples fazem a diferença. Por exemplo, quantas autoridades do município estiveram presentes prestigiando a equipe? Nenhuma. Outro dia vi o secretário municipal de esporte falando sobre apoio ao Cruzeiro [time de futebol]. Mas, e quanto as equipes de outras modalidades? Ou seja, é preciso sim mais apoio as diversas modalidades do esporte. Gente nós estamos representando Itaporanga à nível nacional...", comenta Ismael sobre a falta de incentivo ao esporte no município, em particular, as modalidades variadas que não seja o futebol. 
Já o professor Pedro Antero fez uma análise do filme que passa pela cabeça ao enumerar as conquistas em mais de três décadas, treinando equipes vencedoras do educandário. "São noites e noites sem dormir pensando no que vamos fazer... É muito difícil se chegar à esse momento, quando tivemos que percorrer uma longa caminhada. Por isso, parabenizo mais uma vez os atletas do Diocesano que dão o suor para defender a nossa bandeira", disse o professor que resume a conquista numa frase: "É a graça de Deus, com ajuda de padre Zé que lá de cima tem nos guiado".
Portanto, a equipe agora vai defender a Paraíba na etapa nacional dos Jogos Escolares, que começam dia 04 de setembro na cidade de Natal, capital do Rio Grande do Norte. Pedro Antero, inclusive, relembrou mais uma fala do saudoso monsenhor José Sinfrônio, falecido diretor do educandário, quando era pra convencer os pais a deixarem seus filhos viajar para disputar campeonatos fora do município e até do estado: "Deixe seus filhos viajar porque vocês devem criá-los pro mundo...". E assim, até hoje as equipes estão aí se destacando Brasil à fora nos campeonatos em que disputa. 

Juízes da Paraíba pedem assessor para todas as Varas do Estado

Juízes da Paraíba pedem assessor para todas as Varas do Estado
A Associação dos Magistrados da Paraíba (AMPB) pediu ao Tribunal de Justiça a concessão de um assessor de gabinete para cada uma das Varas das Comarcas do Estado. Segundo a entidade, o número de processos movimentados onde existe assessoria é superior ao dos locais que não possuem os auxiliares. A entidade diz que o número reflete diretamente nos indicativos de produtividade dos magistrados paraibanos, de modo que sempre será observado um melhor desempenho dos juízes que possuem assessoria, quebrando a isonomia dentro do mesmo Poder.
Leia a matéria completa no  Portal ASN

Sai lista de classificados para Projovem Urbano em Conceição, Coremas, Diamante, Igaracy, Itaporanga, Piancó e Santana dos Garrotes.

A Secretaria Estadual da Educação publicou na edição desta terça-feira (20) do Diário Oficial a relação dos candidatos classificados para a 2ª e 3ª etapas do processo seletivo simplificado do Projovem urbano - 2013 2ª chama. No Vale do Piancó, os municípios contemplados são: Conceição, Coremas, Diamante, Igaracy, Itaporanga e Piancó, cujos classificados devem se dirigir nos dias 26 e 27 do corrente mês à 7ª Gerência Regional de Educação, em Itaporanga, para entrega de títulos e realização da entrevista escrita. Os classificados são os seguintes:
Conceição: 
Ciências da Natureza - Maria de Lourdes Bezerra Leite (11 pontos) e Jozinaldo Soares Pereira (11 pontos)
Língua Portuguesa - Necy Rodrigues Procópio (11 pontos)
Participação Cidadã - Maria Vilma de Oliveira (11 pontos), Maria Aparecida Pereira Valões (10 pontos), Sineide Xavier Leite (10 pontos), Maria do Socorro de Souza Ramalho (10 pontos) e Maria Edivânia Severo (10 pontos)
Qualificação Profissional - Genilda Soares Costa Lustosa (05 pontos), Airton Júnior Furtado de Lima (05 pontos) e Alexandre Faustino Leite (04 pontos).

Coremas
Ciências Humanas - Martha Rejane de Souza Leite (10 pontos), Jozelma Martins de Sousa (10 pontos) e Francisca Edna Campos (10 pontos)
Ciências da Natureza - Josefa Pereira Soares (6 pontos)
Participação Cidadã - Maria do Ceu Félix de Araújo Abílio (11 pontos), Rita de Cássia Soares Moura (10 pontos), Lindenora Missias Vieira (10 pontos) e Claudiana Abílio Soares (10 pontos)
Qualificação Profissional - Rannyery de Sousa Almeida (04 pontos), Jocerlan Leite da Silva (04 pontos), Lucieudo Silva Souza (04 pontos), Francisleide da Silva Gomes (04 pontos) e Missilene do Nascimento Chaves (04 pontos)

Diamante
Ciências da Natureza - Carlos José da Silva Pinto (05 pontos) e Ana Maria Inácio Lopes (05 pontos)
Matemática - Lucy Leite de Sousa (03 pontos) e Francisco de Assis Juvito (03 pontos)
Participação Cidadã - Alcimária Furtado Leite de Lacerda (10 pontos), Maria Albaneide Barros (10 pontos) e Marculina Maria de Araújo Pegado (10 pontos)

Igaracy
Ciências Humanas - Carlos Gean Luiz da Silva (07 pontos), Maria do Socorro Cavalcante Gomes Duarte (06 pontos) e Ariuska Soares Brasileiro da Silva (06 pontos)
Língua Portuguesa - Daniela Lopes Dias (07 pontos) e Geralda Maria de Araújo Silva (06 pontos)

Itaporanga
Ciências Humanas - Joseane Gonçalves de Brito (08 pontos), Jossana Maria de Oliveira Pinto (08 pontos), Rubênia Pereira da Silva (08 pontos) e Damião Járes de Araújo (08 pontos)
Ciências da Natureza - Luciana Alves de Lima (08 pontos), Josias Tolentino (07 pontos), Flávio Tomaz de Lima (07 pontos) e Josicléia Estrela Diniz (07 pontos)
Língua Portuguesa - Shermênia Liene da Silva Ferreira (10 pontos), Francineide Brandão Guimarães (09 pontos), Charles Teixeira de Sousa (09 pontos) e Joelma Nitão Diniz (09 pontos)
Matemática - José Gutemberg de Sousa (06 pontos), Vanessa Lemos Roque (05 pontos) e José Pereira da Silva (05 pontos)
Participação Cidadão - Ana Paula de Lima Alves (10 pontos) e Maria do Socorro Silva (10 pontos)
Qualificação Profissional - Ana Cláudia Cruz da Silva (03 pontos) e Danilo Roberto de Sousa Leandro (03 pontos)

Piancó
Ciências Humanas - Maria Adijuto Leite (08 pontos)
Língua Portuguesa - Isabelly dos Santos Queiroz (07 pontos) e Adilma Marçal de Lima (07 pontos)
Qualificação Profissional - Francisco Anderson Mariana da Silva (03 pontos)

Santana dos Garrotes 
Matemática - Maria de Fátima Florentino de Souza (03 pontos)

1.200 famílias de Itaporanga, Diamante e Piancó, foram beneficiadas no encerramento da Campanha 'Corrente Contra a Seca'...

A entrega de 800 cestas básicas, 1.500 quilos de leite em pó e 1.500 quilos de pêssego em calda a 1.200 famílias dos municípios de Itaporanga, Diamante e Piancó, marcou o encerramento da campanha 'Corrente Contra a Seca', apoiada pela Rede Paraíba de Comunicação juntamente com entidades e organizações civis. Ao longo de um mês e meio de entrega de donativos, a campanha passou por 14 cidades e atendeu mais de seis mil famílias, amenizando o sofrimento de milhares de pessoas que enfrentam diariamente os problemas de falta de água. 
Foram arrecadados ao todo 120 toneladas de alimentos, entre elas 1,5 tonelada de alimento que foi doada pelo Grupo São Braz, 62 mil litros de água mineral e 400 quilos de roupas, além de R$ 5,2 mil que foram depositados por várias pessoas na conta da campanha.
Leia a matéria completa no Portal ASN

TCU condena ex-prefeito Gildivan Lopes, de São José de Caiana...



O ex-prefeito de São José de Caiana Gildivan Lopes da Silva (foto) foi condenado pelo Tribunal de Contas da União (TCU) por irregularidades na execução do convênio nº 435, celebrado, em 31/12/2001, com a União, por intermédio do Ministério da Integração Nacional, para a construção de duas passagens molhadas na zona rural do município. Dos R$ 82.920,44 previstos para a execução do convênio, a prefeitura recebeu R$ 80.000,00, em uma única parcela.
Em 28/6/2002, o então presidente da Câmara Municipal denunciou ao ministro da Integração Nacional, dentre outras irregularidades, a não realização da obra e o superfaturamento de preços. Por determinação do ministério, essa denúncia motivou a realização, pela Caixa Econômica Federal, de duas fiscalizações in loco, em 30/8/2002 e 29/1/2004. Os relatórios de avaliação final e de tomada de contas especial concluíram que o percentual físico de execução das obras foi de 0,00% e que a prestação de contas apresentada pelo ex-prefeito Gildivan Lopes da Silva foi incompleta.
Leia a matéria completa no  Portal ASN

Equipe de handebol do Colégio Diocesano dá show e é campeã mais uma vez nos Jogos Escolares da Paraíba; agora vai disputar a etapa nacional...

A equipe masculina de handebol do Colégio Diocesano 'Dom João da Mata', do município de Itaporanga, deu mais um show nas quadras ao passar pela etapa estadual dos Jogos Escolares da Paraíba - 2013, vencendo as melhores do Estado. O tradicional educandário, referência no interior paraibano, inscreve de vez seu nome no esporte da Paraíba e mantém-se celeiro e exportador de grandes talentos na músicas, nas artes, na educação, no esporte, etc.
Agora, a equipe comandada pelo competente professor Pedro Antero, auxiliado por Ismael Fernandes, irá representar a Paraíba na etapa nacional da competição. Para orgulho dos itaporanguenses que veem o nome da cidade, da região e do Estado, sendo defendido por jovens guerreiros que fazem jus ao sangue e a garra de um 'diocesano'. A bandeira do Diocesano, por sinal, impõe muito respeito aonde quer que esteja.
A garotada foi recebida com muita festa, na noite de ontem, e desfilou em carro aberto pelas principais avenidas da cidade. Esse é o resultado de muita disciplina, esforço e dedicação, que pais-mestres-alunos tem sempre alcançado quando o nome do educandário está em jogo. Ser diocesano é mais do que uma tradição, é uma energia que corre nas veias e segue em direção à missão de bem educar e bem saber. Com fé e ciência!
Parabéns a todos os atletas e comissão técnica pela brilhante conquista para nosso município.

segunda-feira, 19 de agosto de 2013

Capa de Veja faz suposta referência negativa a bandeira da Paraíba

Opine: capa de Veja faz referência negativa a bandeira da Paraíba?
Ainda não se sabe se os editores da revista Veja sequer sabiam se a foto da garota com a com o rosto coberto era de fato a bandeira da Paraíba, mas a verdade é que na edição do periódico nesta semana o síbolo dos paraibanos foi utilizado para simbolizar os manifestantes que promovem os quebra-quebras.
Na matéria que ilustra a capa de Veja a revista chama de manifestantes "black bloc", os que cobrem o rosto para depredar o patrimônio.
Par o internauta, Rogério Macedo, que procurou nossa equipe indignado com a capa da revista: "A população Nordestina e em especial da Paraiba deve mostrar a sua revolta com o tratamento dispensado pela editora Abril". Já para o também internauta, Carlos Rogério, a capa não ofende a Paraíba: "Nossa bandeira é uma bandeira de luta e por isto foi usada nas manifestações. (com clickpb)

Presidente da Câmara cobra respeito ao Poder Legislativo e requer que o prefeito Audiberg Alves responda requerimentos enviados pela Casa...

A Câmara Municipal de Itaporanga aprovou por unanimidade, durante a sessão da última quinta-feira (15), requerimento verbal protocolado pelo presidente da Casa, vereador Jacklino Porcino (PMDB), quando do uso da tribuna, que pede ao Executivo Municipal resposta com satisfação sobre os requerimentos aprovadas pelo Poder Legislativo e enviados àquele Poder.
De acordo com o presidente da Casa cerca de 67 requerimentos já foram enviados ao Executivo, no entanto, sem nenhuma resposta por parte do prefeito Audiberg Alves ou de seu secretariado. Jacklino afirmou que o gestor poderá responder por crime de responsabilidade, caso continua desrespeitando o que manda a Lei Orgâniza do município. "Pedimos apenas que seja respondido, dentro do prazo, como manda a Lei Orgânica, se vai fazer ou não o que se pede", disse.
O presidente concluiu sua fala dizendo que "tá na hora das coisas começar a funcionar nesse município..."

Jacklino pede controle ao líder da situação que ficou irritado ao ser impedido de usar da palavra no tema livre após encerrada a inscrição...

E mais um lamentável embate entre a Mesa Diretora e a Liderança da Situação foi registrada durante a sessão de quinta-feira (15) na Câmara Municipal de Itaporanga, motivado por picuinha política. É que ao abrir do tempo para inscrição dos oradores para o tema livre edis situacionistas ficaram esperando movimentação dos oposicionistas e acabaram não incluídos na relação dos que iriam usar da palavra. Apenas um [Neném de Adahiton] teve o direito do uso da palavra porque não estava preocupado com a movimentação de nenhum outro colega.
O presidente Jacklino Porcino (PMDB) ao encerrar as inscrições foi imediatamente criticado pelo líder da situação, vereador Ubiramar (PTB) que exigiu usar a palavra mesmo sem ter sido inscrito. "Foi encerrado o tempo. Ninguém quis [se inscrever]. Apenas Neném levantou a mão", disse Jacklino. "Autoritarismo, não", criticou Ubiramar. "Todas as vezes, no tema livre, fica essa briga. Um querendo se inscrever e esperando o outro. E acham que agente está aqui de moleque, pra servir pra eles...", devolveu Jacklino.
A partir daí, ânimo exaltado e descontrole foi o que o plenário presenciou mais uma vez. 
"Eu falo! Peço pra vocês [plateia] não sair enquanto eu não falar" - exclamou Ubiramar.
"Só que os trabalho são conduzidos pela mesa" - lembrou Jacklino.
"Vamos acabar com essa ditadura!" - vociferou  em voz alta Ubiramar.
"Se controle, por gentileza. Porque qual motivo o senhor está alterado. Se controle...", aconselhou Jacklino.
"Queria pedir aos companheiros que mantenha a calma. A plateia não merece", disse Neném da tribuna.